Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Ministério da Saúde aprova protocolo clínico de diretrizes terapêuticas da Retocolite Ulcerativa

O protocolo reúne conceitos gerais sobre a doença, critérios de diagnósticos para inclusão e exclusão, tratamento, mecanismos de regulação, controle e avaliação de caso - Divulgação/ Imagem Ilustrativa O protocolo reúne conceitos gerais sobre a doença, critérios de diagnósticos para inclusão e exclusão, tratamento, mecanismos de regulação, controle e avaliação de caso - Divulgação/ Imagem Ilustrativa

Com o apoio do GEDIIB (Grupo de Estudos da Doença Inflamatória Intestinal do Brasil) e demais entidades ligadas ao tema, o Ministério da Saúde aprovou, no dia 26 de março, novo protocolo clínico de diretrizes terapêuticas para tratamento da Retocolite Ulcerativa. A medida leva em conta a necessidade de atualização de parâmetros nacionais para diagnóstico, tratamento e acompanhamento desses pacientes, além do esforço do consenso técnico-científico que são formulados dentro de rigoroso parâmetro de qualidade e precisão de indicação.

O protocolo reúne conceitos gerais sobre a doença, critérios de diagnósticos para inclusão e exclusão, tratamento, mecanismos de regulação, controle e avaliação de caso. O documento tem validade nacional e deve ser utilizado pelas secretarias de saúde dos Estados, Distrito Federal e municípios na regulação do acesso assistencial, autorização, registro e ressarcimento dos procedimentos correspondentes.

Principais pontos

Para o GEDIIB, embora tenha havido importante avanço, ponderações relevantes feitas em consulta pública ainda não foram atendidas, principalmente a não incorporação dos medicamentos Golimumabe, Adalibumabe, Ustequinumabe, Tofacitinibe.

“Trata-se, sim, de uma importantíssima publicação para a doença. É um marco no tratamento dos nossos pacientes que, com tanto anseio, aguardavam essa melhoria no acesso e maior equidade com a Doença de Crohn. Porém, temos muito a avançar considerando, acima de tudo, as evidências e o embasamento científico para o melhor tratamento”, ressalta o médico Dr. Rogério Saad-Hossne, presidente do GEDIIB.

Outros destaques do protocolo são:

• Foram mantidas as recomendações preliminares à consulta pública;
• Incorporação de infliximabe e vedolizumabe (limitado ao preço de infliximabe) na RCU moderada a a grave refratária;
• Possibilidade de uso da sufassalazina na dose de até 4g/dia e de mesalazina de até 4,8g/dia (recomendação do uso preferencial de sulfasalazina);
• Possibilidade de associação de salicilatos de forma oral e tópica e de associação com imunossupressores;
• Possibilidade de uso de ciclosporina ou infliximabe na RCU na forma colite aguda grave (recomendação do uso preferencial da ciclosporina).

Sobre o GEDIIB

O GEDIIB é uma entidade médica sem fins lucrativos, com o objetivo de buscar, aprimorar e gerar conhecimento relacionado ao tratamento das doenças inflamatórias intestinais (DII). Fundado há quase 16 anos, o grupo segue ampliando sua atuação, sempre com o intuito de levar uma melhor qualidade de vida aos pacientes portadores de DII.



Publicidade



Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS