Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

SBU alerta que cigarro aumenta risco para câncer e disfunção erétil

Maio é o mês mundial do câncer de bexiga, doença causada principalmente pelo tabagismo. Fumantes têm mais risco de desenvolver a forma grave da Covid-19

Os dados mais recentes da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS)* apontam que 12,6% da população brasileira têm o hábito de fumar. O tabagismo ativo e a exposição passiva à fumaça do tabaco estão relacionados ao desenvolvimento de aproximadamente 50 doenças, entre elas os cânceres urológicos e a disfunção erétil. Neste mês de maio, em que se celebra o Dia Mundial Sem Tabaco (31/05) e o World Bladder Cancer Month, organizado pela World Bladder Cancer Patient Coalition, a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) esclarece a população a influência do tabagismo com o câncer de bexiga e amplia a discussão dos efeitos do cigarro para a saúde urológica.

De acordo com o diretor de Comunicação da SBU, Dr. Roni Fernandes, embora o número de pessoas que fuma esteja em queda em relação a outros anos, é preciso combater esse hábito que favorece a diversas doenças. “Para evitar essa grave e mutilante doença a melhor coisa é parar de fumar, sempre vale a pena em qualquer momento da vida”, destaca.

Ele ainda alerta que em tempos de pandemia não fumar é um fator de proteção contra a Covid-19. “O tabaco causa diferentes tipos de inflamação e prejudica os mecanismos de defesa do organismo. Além disso, o ato de fumar cigarro, narguilé e cigarros eletrônicos proporciona constante contato dos dedos com os lábios, aumentando a possibilidade da transmissão do vírus entre seus usuários e para a comunidade”, alerta o urologista.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o tabagismo afeta os pulmões de forma a aumentar o risco de desenvolvimento da forma grave da Covid-19. De acordo com pesquisa publicada no Chinese Medical Journal, fumantes têm 14% mais chances de desenvolver pneumonia por coronavírus.

Cânceres urológicos e cigarro

O elo entre o cigarro e o surgimento de cânceres urológicos é grande, podendo chegar a 70% de chances de quem fuma ter a doença.

Esse é o caso do câncer de bexiga, cujo risco sobretudo para homens brancos e idosos é entre 50 e 70%, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca). Tudo isso acontece pela presença dos componentes químicos do cigarro.

“Toda vez que inalamos os vapores do tabaco estamos absorvendo uma série de substâncias químicas nocivas. Os efeitos das toxinas da fumaça do cigarro que entram no seu corpo são muito estudados, entretanto, devemos também estar atentos a como essas toxinas saem. Muitas delas são eliminadas pelo trato urinário, porém quando a urina está em contato com a bexiga por muitas horas ela pode ser exposta a concentrações muito altas de toxinas da fumaça do cigarro”, explica o diretor do departamento de Uro-Oncologia da SBU, Dr. Rodolfo Borges.

O câncer de bexiga costuma não apresentar sinais em seu início. Uma característica sugestiva para a doença é a presença de sangue na urina. A estimativa de novos casos para 2020/2022, de acordo com o Inca, é de 7.590 casos em homens e de 3.050 em mulheres.

O tabagismo também é um fator de risco para o câncer de rim, que, embora no estágio inicial geralmente não apresente sinais, na evolução da doença tem como principais sintomas a dor na parte lateral da barriga e nas costas; sangue na urina; inchaço abdominal; e perda de peso.

Além dos riscos já conhecidos como os fatores hereditários, de raça (homens negros) e a obesidade, fumar torna os homens mais vulneráveis ao câncer de próstata.

Segundo uma metanálise (método estatístico utilizado para integrar os resultados de vários estudos sobre uma mesma questão de pesquisa) que reuniu 24 estudos envolvendo mais de 20.000 homens com câncer de próstata, mostrou uma associação do tabagismo com a incidência e com a mortalidade do câncer de próstata.

Os fumantes não só tiveram uma maior incidência de câncer de próstata, como câncer do tipo fatal. Os fumantes mais inveterados tiveram um risco até 30% maior de morte por câncer de próstata do que os não fumantes.

Embora os mecanismos não sejam totalmente conhecidos, há vários possíveis, dentre eles que o tabagismo pode aumentar os metabólitos de estrogênio podendo induzir um fenótipo tumoral mais agressivo e, assim, aumentar a morte por câncer de próstata, que fumar pode causar mutação no gene supressor de tumor, criando outra via para um fenótipo tumoral agressivo e aumento da mortalidade. “Também provavelmente o indivíduo fumante agrega outras doenças e comorbidades relacionadas, como as cardiovasculares e respiratórias, que acabam impactando ou provocando desfechos comprometedores em algum ponto da linha de tempo do tratamento”, afirma editora-chefe da Revista Urologia Essencial, da SBU, Dra Karin Jaeger Anzolch.

Disfunção erétil

Um estudo feito por pesquisadores turcos e publicado no ano passado pelo International Brazilian Journal of Urology concluiu que a capacidade de ter e manter a ereção é diretamente proporcional ao nível de exposição ao cigarro e que parar de fumar melhora a função sexual.

A disfunção acontece porque as substâncias nocivas presentes no cigarro afetam os vasos sanguíneos, aumentando a formação de placas nas artérias que dificultam a circulação do sangue para o pênis, e com o passar dos anos há o entupimento dos vasos da região, impedindo que o sangue chegue com força suficiente aos corpos cavernosos a fim de manter a ereção.

Segundo o diretor da SBU, Dr. Luiz Otávio Torres, além do entupimento desses vasos que são milimétricos, um outro mecanismo que parece também pode ser afetado é a via do óxido nítrico, uma substância que é uma via-chave no processo da ereção.

Dicas para parar de fumar

Algumas atitudes podem ajudar quem está querendo largar o vício:

- Evite lugares com muitos fumantes;
- Quebre a rotina (ex: se você fuma ao tomar café após o almoço, tente evitar, varie a bebida, altere os horários e locais das refeições);
- Concentre-se em outras atividades;
- Busque apoio da família e amigos;
- Comece a guardar todo o dinheiro que você gastaria com o cigarro e use-o como motivação;
- Se tiver uma recaída? Não desanime, o importante é nunca desistir.

Lives no Portal da Urologia

A SBU realiza duas lives em seu Instagram @portaldaurologia em maio para falar sobre o tabagismo e doenças urológicas. São elas:

03/05 –O cigarro pode causar problemas na ereção? – o urologista Dr. Leonardo Seligra Lopes (SP) conversa com o urologista Dr. Carlos da Ros (RS)
31/05 –Dia Mundial sem Tabaco. O cigarro pode causar câncer na próstata, na bexiga e no rim? – a urologista Dra. Marina Gressler (RS) conversa com o Dr. Marcelo Wroclawski (SP)

Referências:

Huncharek M, K. Sue Haddock KS et al. Smoking as a Risk Factor for Prostate Cancer: A Meta-Analysis of 24 Prospective Cohort Studies. Am J Public Health. 2010 Apr; 100(4): 693–701. doi: 10.2105/AJPH.2008.150508. PMCID: PMC2836346.

* Pesquisa elaborada em parceria pelo Ministério da Saúde, a Fiocruz e o IBGE – 2019 (https://www.pns.icict.fiocruz.br/#:~:text=Como%20parte%20de%20um%20projeto,estilos%20de%20vida%20da%20popula%C3%A7%C3%A3o)

Giovannucci E, Rimm EB, Ascherio A, et al. Smoking and risk of total and fatal prostate cancer in the United States health professionals. Cancer Epidemiol Biomarkers Prev 1999;8:277–282

Kovac JR, Labbate C, Ramasamy R, Tang D, Lipshultz LI. Effects of cigarette smoking on erectile dysfunction. Andrologia. 2015 Dec;47(10):1087-92. doi: 10.1111/and.12393. Epub 2014 Dec 29. PMID: 25557907; PMCID: PMC4485976.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo