Brasil, 23 de Julho de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

Crescimento do setor de Dispositivos Médicos foi de 13,5%, em 2018

Produção nacional aumentou 5,6% e geração de emprego foi 4,6% maior do que no ano anterior, mas os patamares são semelhantes à 2013

O setor de Dispositivos Médicos registrou alta de 13,5% no acumulado de 2018, segundo dados que acabam de ser divulgados no Boletim Econômico da Aliança Brasileira da Indústria Inovadora em Saúde – ABIIS. Só no ano passado, este mercado movimentou US$ 10,5 bilhões.

As importações tiveram uma elevação de 21,8% no ano, totalizando US$ 5,4 bilhões. Já a produção nacional – que representa uma fatia maior do setor com 51,5% do todo – subiu 5,6% e atingiu US$ 5,7 bilhões em negócios. “Esta alta é atribuída principalmente a investimentos em equipamentos e aparelhos eletromédicos e eletroterapêuticos e de irradiação. Em 2018, o mercado registrou um número elevado de fusões e aquisições de hospitais, clínicas e laboratórios, em todo o país, com ampliação dos investimentos nesses equipamentos”, analisa o diretor-executivo da ABIIS, José Márcio Cerqueira Gomes.

O ano de 2018 também foi positivo na geração de empregos. Entre janeiro e dezembro, foram abertas 6.058 vagas na indústria e no comércio do setor de Dispositivos Médicos, uma alta de 4,6% em relação a 2017. Atualmente são 138.940 trabalhadores (63,1 mil na indústria e 75,8 mil no comércio), número que não inclui os empregados em serviços de complementação diagnóstica e terapêutica. Entre os segmentos, destaque para a criação de 2.819 postos de trabalho na ‘Indústria de instrumentos e materiais para uso médico e odontológico e de artigos ópticos’. A variação mais representativa em percentual foi na ‘Indústria de aparelhos eletromédicos e eletroterapêuticos e equipamentos de irradiação’, alta de 9,7%.

“Os dois segmentos que mais abriram oportunidades de emprego foram justamente na produção de equipamentos, mais um reflexo do investimento no setor”, afirma o diretor-executivo da ABIIS. Para Cerqueira, o ano foi positivo, mas a modernização da saúde no Brasil ainda é lenta. “Precisamos de uma regulação mais inteligente, aliada a incorporação racional de tecnologias, para que as redes pública e privada possam atender uma demanda crescente. O desempenho do setor hoje está nos mesmos patamares que há 5 anos, a mudança se faz necessária e urgente”, finaliza.

O Boletim ABIIS é desenvolvido pela Websetorial Consultoria Econômica.
Sobre a ABIIS:

A Aliança Brasileira da Indústria Inovadora em Saúde – ABIIS nasceu em 2011, da união das entidades Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para Saúde – ABIMED, Associação Brasileira de Importadores e Distribuidores de Produtos para Saúde – ABRAIDI e Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial – CBDL; interessadas em produzir e difundir conhecimento e propostas ligados ao ambiente social, econômico e normativo próprio para o florescimento da inovação em Saúde no Brasil. Com o apoio da Advanced Medical Technology Association – AdvaMed, a ABIIS é formuladora de propostas para aprimoramento de políticas públicas em saúde de uma maneira ampla e sustentável para o Estado e a sociedade.

A ABIIS trabalha com foco em cinco pilares: Incorporação Racional de Tecnologias, Ambiente de Negócios Ético, Redução dos Custos da Saúde no Brasil, Aprimoramento Institucional dos Reguladores e Regulação Inteligente.

Compartilhar::

Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::