Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Governo anuncia R$ 40 bilhões em linha de crédito para ajudar empresas a pagar funcionários Marcos Antônio de Andrade

O governo brasileiro, por meio do Banco Central, anunciou, na última sexta-feira, 27 de março, uma nova linha emergencial de crédito no valor de R$ 40 bilhões para financiar a folha de pagamentos de empresas por dois meses. Para ter acesso a essa nova linha, as empresas devem se comprometer a não demitir seus colaboradores durante este período.

O programa tem por objetivo financiar o pagamento de salários de empregados com carteira assinada e assim possibilitar maior estabilidade econômica no país durante esse período de pandemia de coronavírus. Esses recursos devem atingir cerca de 1,4 milhão de empresas e aproximadamente 2,2 milhões de pessoas. O financiamento está direcionado para empresas que possui faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 10 milhões, ou seja, pequenas e médias empresas. Esse recurso deve ser depositado diretamente na conta de cada trabalhador indicado pela empresa, e o beneficiado pelo recurso não poderá ser demitido nesse período.

O dinheiro deve ser liberado via folha de pagamento de acordo com o número do CPF de cada colaborador, esse movimento evita que os recursos passem pela conta do empregador evitando assim que não seja utilizado para outras finalidades.

O programa é limitado a dois salários mínimos, mesmo para os trabalhadores que têm remuneração acima desse valor, ou seja, essa diferença tem que ser negociada diretamente entre empregador e empregado. Exemplo: se um colaborador recebe salários de R$2.000,00 por mês ele terá acesso ao valor integral (dois salários mínimos equivalem a R$ 2.090,00). Agora se o trabalhador recebe o equivalente a R$ 2.500,00, ele terá acesso a o teto do benefício R$ 2.090,00, neste caso será necessário existir negociação entre empregador e empregado.

Importante observar que os recursos destinados para atender esse benefício, está compartilhado entre governo (85%) e setor privado (15%), isto significa que deverá ocorrer avaliação de risco de crédito para os interessados. Ou seja, empresas que estiverem passando por "grandes" dificuldades econômicas dificilmente terão acesso a esses recursos. A linha terá juros de 3,75% ao ano, com seis meses de carência, com prazo de até 36 meses para que as empresas possam realizar a quitação da dívida.

Marcos Antônio de Andrade é mestre, pós-graduado e graduado em Administração, com habilitação em Comércio Exterior. É pós-graduado em Finanças. É professor na Universidade Presbiteriana Mackenzie na área de Ciências Sociais Aplicadas nos cursos de Administração e Comércio Internacional.



Publicidade



Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS