Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

O que 50 líderes de produto têm para dizer sobre gestão de times em 2024?

  • Crédito de Imagens:Divulgação - Escrito ou enviado por  Ivan Netto
  • SEGS.com.br - Categoria: Seguros
  • Imprimir

Sócios BossaBox_Credito Luciano Alves Sócios BossaBox_Credito Luciano Alves

A BossaBox entrevistou especialistas e líderes do segmento e reuniu insights, que abordam: produto como uma frente dentro da área de negócios, redução do ciclo de entrega e estruturas organizacionais, em um paper

Nos últimos anos, as equipes de Produto encararam um cenário repleto de desafios, adaptações e evoluções. Com a oscilação do valuation das empresas de tecnologia, decorrente do cenário macroeconômico, houve certa instabilidade para o segmento que estava acostumado à abundância de recursos. Porém, ao mesmo tempo, com o boom de novas tecnologias, tornou-se necessário apresentar respostas ágeis e eficientes ao cliente final. Liderar nesse ecossistema desafiador exige, além das habilidades esperadas, a compreensão clara das mudanças que podem moldar o caminho da gestão do time de produto.

Diante desse contexto, a BossaBox, startup que aloca e gere profissionais de tecnologia para empresas e scale-ups, falou com nomes importantes da liderança de Produto, e reuniu no paper “Leading Tech Insights: Liderando Produto em 2024” 3 insights importantes que proporcionam uma visão completa das tendências e desafios que impactarão a área em 2024.

1 - O setor de Produto precisa se voltar para negócios

Depois de período turbulento, a ênfase do mercado de Produto e Tecnologia agora está na busca pela sustentabilidade financeira, em vez de priorizar o crescimento a qualquer custo. Como resultado, as organizações de Produto estão se esforçando para se adaptar a essas novas demandas.

De acordo com informações coletadas pela BossaBox para o paper, se em outro momento a equipe de Produto era considerada uma área de Gestão de Projetos, atualmente é enxergada e cobrada como uma área de Negócios. Isso significa que o foco está menos na entrega e mais nos resultados e na redução de riscos, levando em consideração o planejamento, a priorização e a gestão das expectativas relacionadas ao setor.

"Sempre deveria ter sido assim, mas, na prática, não era o que acontecia. Até hoje, algumas organizações de Produto ainda estão aprendendo a realizar essa transição, mas finalmente estamos vendo o cenário mudar", afirma João Zanocelo, cofundador e Head de Produto e Marketing da BossaBox.

2 - Ciclos de entrega precisam ser menores

No período anterior à crise no ecossistema de inovação, a área de Produto era ambientada com recursos altos, e havia espaço para prolongar a descoberta e entrega, visando uma "discovery perfeita". No entanto, com restrições orçamentárias e pressão por resultados rápidos, os processos que eram considerados padrão passaram a ser questionados, principalmente pela alta liderança.

"O mercado vive um novo momento, muito mais pragmático, onde as entregas da equipe de Produto são responsáveis por ajudar a tornar o negócio rentável, ou seja, é o momento de obter resultados rapidamente, por isso é necessário uma equipe muito qualificada e a gestão voltada para as metas", explica Zanocelo.

3 - A importância de diferentes estruturas organizacionais

O último insight identificado é pertinente acerca da estrutura das organizações de Produto. Isso porque a área já ganhou a visibilidade que merece, sendo de grande importância para a liderança e negócios e os processos foram alterados para gerar entregas menores. Dessa mesma forma, foi necessário também modificar a composição das equipes. Os times tornaram-se mais enxutos devido à redução do orçamento; houve uma transição para organizações mais horizontais, com o objetivo de aumentar a eficácia da comunicação e do processo decisório; e percebeu-se um movimento em direção a organizações mais flexíveis, capazes de responder de forma mais adaptável a demandas imprevisíveis.

É importante destacar que, no mercado de tecnologia, assim como nos demais, ocorrem ciclos de crescimento e declínio frequentes e intensos. Embora tenha sido um momento desafiador para o setor, essas transformações impulsionam o setor e profissionais de Produto a evoluir e adquirir maior maturidade, resiliência e importância naquilo que realmente agrega valor às companhias.

Sobre a BossaBox

Fundada em 2017, a BossaBox é referência no modelo de squads-as-a-service no Brasil, em que monta e gerencia times de tecnologia, produto e design sob demanda e de forma ágil para desenvolver produtos digitais de seus parceiros. A empresa garante desempenho em contrato e a senioridade dos profissionais das equipes é comprovada. A BossaBox se diferencia na velocidade de alocação, até 10 dias, e na sua camada de gestão, que conta com um time personalizado e especializado, responsável pela estratégia dos produtos de cada cliente no âmbito técnico e de negócio. Em seus 6 anos de trajetória, já atuou em mais de 120 projetos com mais de 80 médias e grandes empresas com produtos inovadores, como: H&P, Grafeno, loja integrada, Housi e Unimed. Acesse o site da empresa e saiba mais!


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

voltar ao topo

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade aos SEUS COMENTÁRIOS, em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!

Security code Atualizar

Enviar