Brasil, 6 de Dezembro de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

A Livre Iniciativa e a Concentração do DPVAT

ARMANDO LUIS FRANCISCO ARMANDO LUIS FRANCISCO

A situação política no Brasil não é nada fácil com essa polarização entre cidadãos. Porém, quero explicar que não é o objetivo desta minha análise defender posições políticas de qualquer vertente existente no País. Portanto, redundando para ficar muito claro, o que vou analisar aqui serve para todos os gostos políticos e não deve ser relacionado ao gosto pessoal. Vale destacar, muito necessariamente, que não é a minha intenção fazer crítica institucional sobre qualquer empresa, pessoas e negócios referentes à indústria do Seguro, ou que possua vinculação com o DPVAT, mas resumir sintomas que interferiram na necessidade de uma imposição governamental que apoiou a concentração, entre outros males, na Livre Iniciativa ou Empreendedorismo Nacional.

DPVAT: Criado para ser um Seguro Social

DPVAT é um seguro social criado através do Decreto Lei 73/66. Até 1974 chamava-se Recovat. Foi nessa época que houve essa alteração pela Lei 6.194/74 e o seguro passou a chamar DPVAT. Mas foi somente depois disso - em 1974 - que evoluiu no conceito de Responsabilidade Civil - em que as indenizações por sinistro foram pagas sem importar a culpa das partes, mas decaiu em outros aspectos, tão ou mais necessários que o conceito de Responsabilidade Civil de Veículos Automotores. Ademais, em 1986 foi criado o Convênio DPVAT que permanece até hoje.

Mas essa evolução primária não prosseguiu adiante em outros aspectos. Permitindo a Concentração, Monopólio e Impunidade neste Seguro. Hoje, investigado em muitas esferas públicas, dá sintomas de que o modelo poderá acabar ou mudar de vez.

MONOPÓLIO

O Monopólio não foi sequer bom para todas as Congêneres. Atualmente, muitas dessas seguradoras, que faziam parte do Conglomerado, deixaram o DPVAT.

A concentração fez o valor tornar-se excessivo ao bolso do brasileiro que possuísse veículo automotor. A concentração não conseguiu prevenir as tantas fraudes existentes e o caminho dos fraudadores. Essa situação foi comprovada pelo valor - reduzido - do DPVAT pago em 2018. Além do que há muito comentário de que isto não foi um crime contra a Economia Popular?

RESERVAS BILIONÁRIAS E SINTOMAS

Fora as Reservas bilionárias, a impunidade tem se tornado destaque nacional. E, nesse aspecto, parece que a concentração não fez bem à todos.

Entretanto, na minha análise, a concentração fez um mal enorme para a Livre Iniciativa. E essa mesma concorrência poderia ter mitigado todos os males que foram encontrados até aqui. Porque essa é a opinião dos corretores de seguros que, sintomaticamente, foram "afastados" da intermediação de seguros e sinistros na ponta. Também é a opinião dos seguradores que não fazem parte do Consórcio. Idem, dos segurados, que não puderam escolher a seguradora e não houve competição no preço. Também, das vítimas do trânsito, pela burocracia, falta de conhecimento, fraudes reconhecidas e atravessadores de plantão. E, para finalizar essa questão, se essas vítimas e segurados tivessem a oportunidade de um contato com os corretores de seguros, diminuiria a fraude, acabaria com os atravessadores funerários e hospitalares que - muitas vezes - receberam boa parte da indenização das vítimas e familiares, acabaria com a desinformação do segurado e vítima de trânsito, etc.

DPVAT: UM TIME CAMPEÃO

Time que está "ganhando" não se mexe é a máxima aqui. No meu entender é isso que deixou a Nação descoberta por tanto tempo em Responsabilidade Civil e Criminal. Descoberta em coberturas de Responsabilidade Civil. Descoberta em atualização de valores de indenização. Descoberta em sintonia com a realidade internacional. Descoberta em valores absurdos e pouco atuariais na "contribuição" dos proprietários de veículos automotores. Descoberta na falta de concorrência e no fomento da Livre Iniciativa. Descoberta em legisladores setoriais. Descoberta em Impunidade Criminal. Descoberta em Garantias deste Seguro Social. Descoberta em intenção de mudança. Descoberta no Silogismo do Manual dos Direitos e Obrigações Filosóficas desta necessidade setorial. Etc.

CONCLUSÃO

Não podemos negar o benefício para uma parcela de pessoas que foram beneficiadas por este seguro social. Por outro lado, pela falta da continuidade da evolução diagnosticada em todos estes anos é primordial que:

1) Se investigue e que se puna rigorosamente as fraudes que forem conhecidas;

2) Se quebre o Monopólio, para bem, inclusive das empresas que fazem parte do mesmo ,corretores de seguros, de todos os outros componentes da indústria do seguro e dos segurados;

3) Haja outro formato com garantias e comercialização;

4) Haja Livre Iniciativa em todas as pontas deste seguro.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Comentários  

0 #2 SERGIO GABRIEL HERESCU 15-11-2019 15:05
Caro Armando.
Posso estar iludido mas a solução me parece bastante simples: que se devolva ao mercado o que dele foi subtraído, ou seja, a livre concorrencia no segmento. O Sr. Mercado ajustará os preços e a qualidade do serviço
Citar | Reportar ao administrador
0 #1 ARMANDO LUIS 12-11-2019 20:40
Essa matéria foi escrita um dia antes da Medida do governo que acabou com o DPVAT
Citar | Reportar ao administrador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS