Brasil,

Marcos Palmeira fala ao Canal Like sobre seus recentes trabalhos no cinema

Marcos Palmeira esteve nos estúdios do Canal Like (530 da NET/CLARO) para falar sobre seus três novos trabalhos no cinema: “Intervenção”, “A Divisão” (já lançados em circuito nacional) e “Boca de Ouro”, exibido no Festival de Brasília e no Festival do Rio em 2019. No bate-papo com a repórter Anne Braune, o ator, que está de férias da TV desde o fim da novela "A Dona do Pedaço", conta que nunca imaginou trabalhar tanto aos 56 anos: "É um momento especial da minha carreira porque sou filho do cinema brasileiro, nasci no Cinema Novo, passei a década de 1980 filmando muito, depois fui para televisão, me tornei galã de novela, o mocinho, algo que eu jamais poderia imaginar. É muito bom poder transitar por todas essas áreas, mas acho que o cinema é minha grande casa", diz.

Em “Boca de Ouro”, o ator interpreta um temido e respeitado bicheiro, figura praticamente mitológica no bairro de Madureira (Rio de Janeiro) durante os anos 60. Sua ambição, amores e pecados despertam a curiosidade do jornalista Caveirinha (Silvio Guindane), que procura uma ex-amante do criminoso para colher material para uma reportagem sobre a vida do contraventor. A produção é baseada na peça teatral de Nelson Rodrigues, de 1959, que já ganhou uma adaptação cinematográfica pelas mãos do cineasta Nelson Pereira dos Santos: “Fazer esse personagem dirigido por Daniel Filho é especial porque Daniel é um especialista em Nelson Rodrigues. É um personagem polêmico, que está no imaginário popular, todo mundo acha que esse cara existiu, mas na verdade é uma criação do Nelson. E, ao mesmo tempo, mostra a atualidade desse texto”.

Outro longa estrelado por Marcos Palmeira é “Intervenção”, que revela a rotina dos policiais nas UPPS – Unidades de Polícia Pacificadoras – do Rio de Janeiro e mostra como é o convívio deles com cidadãos ainda reféns do tráfico e da milícia. Baseado em histórias reais, o filme levanta questões atuais, como o roubo de cargas. O ator interpreta o Major Douglas e diz não temer comparações com Capitão Nascimento ou com o filme “Tropa de Elite”: “’Intervenção’ tem a força do ‘Tropa de Elite’, só que está sendo contato pelo lado da PM. O filme expurga a nossa realidade e mostra como a UPP tinha um sentido muito rico, mas não adianta colocar a polícia ali sem o resto: saneamento básico, escola, educação, saúde. A gente tem que repensar essa polícia, que está precisando de ajuda, de capacitação e de recurso. Tentei humanizar o Major Douglas; nas horas vagas ele gosta de assistir desenhos animados. A gente está expondo uma realidade sem tomar partido”, define.

O ator também está no elenco de “A Divisão”, trama baseada em histórias reais, que narra os bastidores do trabalho dos policiais da divisão Antissequestro (DAAS) no Rio de Janeiro para desmontar quadrilhas que transformaram sequestro relâmpago em indústria no final da década de 1990. O longa é um desdobramento da série produzida para a Globo Play, que já tem segunda temporada gravada. “No filme ‘Intervenção’, convivi com a polícia. E no ‘A Divisão’, com ex-presidiários. O filme prova que quando a polícia quer, ela resolve. Foi o que aconteceu para acabar com a onda de sequestro no Rio”. E finaliza: “É importante a gente não ter vergonha de contar as nossas histórias. É mais um filme sobre policial? Que se façam 100 filmes! A nossa história tem que ser contada de vários ângulos”, diz Palmeira.

Serviço:
Canal Like: 530 da NET/Claro
Entrevista – Marcos Palmeira
No ar segunda, dia 20 de janeiro, às 20h.
Assista também: quarta, dia 22, e sexta, dia 24, às 20h

SOBRE O CANAL LIKE

Em 2018 o CANAL LIKE – 530 da NET/Claro – nasceu sob o lema ‘a gente recomenda, você curte’, com a proposta de promover conteúdos da TV e do cinema e falar com o público apaixonado por cultura pop nas suas mais variadas formas: filmes, músicas, séries, documentários, esportes, gastronomia, animação e estilo de vida.

A ideia do LIKE é ser uma fonte de consulta para tudo o que acontece no mercado audiovisual e do entretenimento. A curadoria reúne filmes em cartaz ou disponíveis na programação da TV e nos serviços on demand, séries recém-lançadas, premiações mais aguardadas e comentadas do mundo até os festivais alternativos e conteúdo infantil. Os programas, com aproximadamente oito minutos de duração, são apresentados pelos atores Hugo Bonemer e Maytê Piragibe. O ritmo da grade é dinâmico e as dicas imperdíveis são transmitidas numa linguagem leve e divertida.

O CANAL LIKE é a programação da programação, mas também produz seu próprio conteúdo. A repórter Anne Braune circula pelos eventos para mostrar tudo o que acontece no universo do entretenimento, como pré-estreias, lançamentos e visitas a sets de filmagens.

Além dos programas fixos, o canal ainda conta com colaboradores como Renata Boldrini, com seu ‘Que Tal um Cineminha?’; ‘‘Like Hollywood’, que traz Larissa Vereza, diretamente de Los Angeles, com matérias em lugares históricos do cinema mundial, e Bond’s Filmes e Cavídeo, com o melhor das produções independentes do audiovisual nacional.

O LIKE disponibiliza ainda parte de seu conteúdo no YouTube e mostra também os bastidores das pautas no Instagram e no Facebook do canal.



Publicidade



Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS