Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Água e mudanças climáticas: o papel das empresas na mitigação de impactos

  • Crédito de Imagens:Divulgação - Escrito ou enviado por  Rosa Buccino
  • SEGS.com.br - Categoria: Seguros
  • Imprimir

pixabay pixabay

Para além do consenso científico, as consequências das mudanças climáticas sobre o ciclo da água tornaram-se gritantes nos últimos anos, e já impactam duramente a vida de milhões de pessoas ao redor do mundo.

Secas e inundações mais extremas e frequentes, redução do armazenamento natural de água no gelo e na neve, o aumento da temperatura global, e as consequentes variações nos padrões de fluxo dos corpos hídricos afetam a previsibilidade e a qualidade deste recurso. Os prejuízos podem ser sentidos nos mais diversos ecossistemas, nos sistemas alimentares, nos meios de subsistência, na indústria e diretamente na disponibilidade e custo para o âmbito social. As tendências atuais de exploração, degradação e poluição dos recursos hídricos já atingiram proporções alarmantes e podem afetar a disponibilidade de água em um futuro próximo se não forem revertidas.

Para ajudar a reverter esse cenário, é preciso que o bom uso e o tratamento adequado dos recursos hídricos tornem-se primordiais e uma responsabilidade de todos. Do nível governamental, que deve garantir saneamento básico e água potável à população, ao individual, já que cada pessoa física e jurídica, devem utilizá-la com responsabilidade.

O papel das empresas

“Com as empresas, não dá para ser diferente”, afirma Diogo Taranto, diretor de Desenvolvimento de Negócios do Grupo Opersan, referência nacional em soluções ambientais para o tratamento de águas e efluentes. Ele destaca que a indústria brasileira utiliza cerca de 190 milhões de litros de água por segundo (ANA) a cada ano, quase três vezes mais do que os lares.

“A melhor alternativa para economizar e permitir que sobre mais água para o abastecimento humano é o reúso, viabilizado pelo tratamento de adequado dos efluentes, para o qual há hoje tecnologias avançadas, conhecidas e consolidadas”, explica. “Essa prática promove a renovação do ciclo hídrico e gera benefícios: Produtivos pela aplicação de um recurso de melhor qualidade nos processos, Sociais, pois poupa o uso de um recurso público, e Financeiros mediante a redução da conta de água oriunda dos prestadores de serviços de saneamento básico, sejam estatais ou privados”.

Também precisa ser considerado o fato da redução do lançamento de efluentes mesmo que tratados nos corpos receptores, reduz diretamente o aumento na geração de contaminantes emergentes (produtos tóxicos não removidos pelos processos tradicionais de tratamento) que têm impactos graves no meio ambiente, o que redobra a responsabilidade das empresas de distintos segmentos industriais em relação ao descarte de seus efluentes.

Uma das principais soluções para o problema é o tratamento desses recursos. Esse processo exige aderência rigorosa às normas ambientais estabelecidas para garantir a qualidade da água e o adequado descarte de resíduos industriais. “Por isso, é importante buscar fornecedores e parceiros com reconhecida expertise e credibilidade para prover esses serviços”, acentua Taranto, lembrando que, no Brasil, como em muitos países, há leis e normas severas nesse campo.

“Ao tratarem corretamente seus efluentes e adotarem o reúso da água como prática permanente, as empresas reduzem o consumo de água e atuam como verdadeiras agentes de proteção ambiental”, conclui o executivo.

Alguns dados complementares:

- Segundo o Censo de 2022 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Brasil tem o equivalente a 49 milhões de habitantes sem atendimento adequado de esgotamento sanitário e 4,8 milhões de pessoas sem água encanada, apesar do crescimento desses serviços nos últimos anos.

- O contingente sem esgoto equivale a 24% da população brasileira. Entre pretos e pardos, que compõem pouco mais da metade da população brasileira, a carência desse serviço sobe para 68,6%.

- Os indicadores melhoraram desde 2010. O percentual de pessoas vivendo em lares com descarte adequado de esgoto subiu de 64,5% para 75,5; com banheiro exclusivo (não compartilhado), de 64,5% para 97,8%; com coleta de lixo, de 85,8% para 90,9%; com ligação à rede geral de água (a forma mais comum), de 81,5% para 86,6% (incluídos os que não utilizam a rede como forma principal).

Sobre o Grupo Opersan

Com mais de 35 anos de experiência, o Grupo Opersan é especializado em soluções ambientais para o tratamento de águas e efluentes, oferecendo ao mercado um portfólio de serviços que engloba a elaboração de projetos, construção, operação e manutenção de unidades dedicadas, bem como a realização de tratamentos de diversos tipos de efluentes em suas próprias estações. Atuando em mais de 800 clientes ativos de diferentes portes, segmentos e localidades, conta com as certificações ISO 9001, ISO 14001 e ISO/IEC 17025.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

voltar ao topo

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade aos SEUS COMENTÁRIOS, em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!

Security code Atualizar

Enviar