Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Câmeras Térmicas para medir temperaturas em grupos e Reconhecimento Facial com identificação do uso de máscaras contra Covid-19

Imagem: Divulgação Intelbras Imagem: Divulgação Intelbras

Segundo a Associação Brasileira das empresas de Segurança Eletrônica (Abese), as vendas de câmeras térmicas mais que dobraram de março a maio deste ano, representando 13% do faturamento das empresas do setor

Especialista em segurança eletrônica considera que ainda há espaço para crescimento desse mercado e afirma que nos últimos meses o custo dos equipamentos caiu pela metade de $120 mil para R$60 mil

Uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira das Empresas de Segurança Eletrônica (Abese) nos meses de abril e maio com indústrias, distribuidores e prestadores de serviço de todo o país, sobre os impactos da Covid-19 no setor, registraram que 40% das empresas do segmento notaram o aumento da procura por soluções de segurança voltadas às novas demandas que surgiram devido à pandemia. Segundo o levantamento, entre as tecnologias mais buscadas durante este período estão as câmeras térmicas e o reconhecimento facial.

Antes do início do isolamento social, as câmeras térmicas – ainda utilizadas com foco na segurança – representavam 6,2% das vendas do segmento. Contudo, a pesquisa mostra que após o início da quarentena, a comercialização de câmeras capazes de identificar indivíduos com temperatura acima de 37,8°C (indício de quadros de febre), um dos sintomas de alerta da Covid-19, saltou para 13,7% das soluções comercializadas. O crescimento representa a adaptabilidade das soluções do setor que, além de inovação, também investe no aprimoramento contínuo das tecnologias que já existem para que se adequem às novas demandas e alcancem novos mercados e não apenas a segurança.

"Produzidas inicialmente para monitorar fronteiras e florestas, a fim de detectar o calor do corpo à distância identificando a presença de pessoas escondidas eventualmente nestes lugares, as câmeras térmicas agora estão sendo uma das principais “armas” contra o coronavírus. Facilitam a medição de temperatura das pessoas em lugares de grande movimento, por serem fixadas na entrada dos estabelecimentos e evitarem aglomeração (diferente daqueles aparelhos manuais, que tornam inviável a aferição de pessoa por pessoa). As câmeras conseguem medir a temperatura de até 15 clientes ao mesmo tempo e se alguém estiver com a temperatura de 37,8 graus ou mais, disparam um alerta", afirma Rubens Branchini, especialista em segurança eletrônica e Diretor Comercial da Dealer Shop, Distribuidora de Soluções em Projetos e Produtos de Segurança Eletrônica.

A empresa se reinventou para suprir o novo normal que anceia por estabelecimentos covidfree e investiu 40% a mais para incluir em seu portfólio câmeras de imagem termográficas, controles de acesso sem toque (touchless), além de câmeras que utilizam inteligência artificial para o reconhecimento do uso de máscaras faciais ou aglomeração de pessoas que não respeitem o distanciamento social.

Como diferencial, a Dealer é a primeira do setor a dispor em sua sede, na capital paulistana, de um Centro de Experiências inovador dedicado aos clientes para que possam testar estas novas soluções tecnológicas, a partir de cenários que simulam de forma prática seus estabelecimentos.

Os resultados do investimento da Dealer já são positivos; a distribuidora paulistana identificou um crescimento de 70% nas consultas sobre os equipamentos e os clientes mais interessados são os do comércio de varejo.

“Entendemos que a COVID-19 trouxe o novo normal, onde a segurança é e será imprescindível para a reabertura dos negócios no país, por isso, seguimos atentos no mercado disponibilizando o que há de melhor e mais atual em tecnologia para promoção de espaços covid-free”, afirma Branchini, executivo da empresa, que além de equipamentos de combate ao covid-19, dispõe de soluções de segurança remota, serviços de portaria, vigilância e atendimento aos usuários.

Embora as vendas das câmeras térmicas tenham mais que dobrado, o especialista Rubens Branchini considera que ainda há espaço para o crescimento desse mercado. Se antes da pandemia as câmeras térmicas eram encontradas por até R$ 120 mil, nos últimos meses com a covid-19, o valor diminuiu para R$60 mil e a tendência é que os valores tornem-se ainda mais acessíveis com o passar do tempo.

Dealer Shop

A Dealer Shop Distribuidora é uma empresa jovem, moderna e entrega a melhor Solução quando o assunto é desenvolvimento de projetos. Situada na Zona Norte de São Paulo, possui a melhor infraestrutura interna para atender em diversas frentes de mercado como Segurança Eletrônica, Comunicações, Controle de Acesso, Infraestrutura, Redes, Soluções de Softwares e Equipamentos de Incêndio em parceria com os principais fabricantes do território nacional e internacional. Tem como objetivo oferecer a melhor solução integrada nas áreas em que atua, dando suporte e atendimento de alta qualidade.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS