Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Cresce preocupação de seguradoras com mudança climática

pixabay pixabay

De acordo com um novo estudo da BlackRock, os principais executivos das seguradoras em todo o mundo estão cada vez mais preocupados com as implicações do risco climático. Especificamente, 95% dos gestores pesquisados ??confirmam que as implicações do risco climático terão impacto significativo na construção de carteiras nos próximos dois anos. As conclusões surgem após um ano de desastres naturais sem precedentes e refletem a perspectiva de um setor que está diretamente exposto aos riscos físicos impostos pelas mudanças climáticas.

A BlackRock consultou 362 gerentes seniores de seguradoras em 26 mercados sobre suas intenções de investimento para o próximo ano. No total, as empresas participantes representam US$ 27 trilhões em ativos de investimento. O impacto crescente da sustentabilidade, a necessidade de diversificar as carteiras em classes de ativos de alto desempenho e o impulso para a digitalização de negócios são os temas dominantes para as seguradoras neste ano, de acordo com o estudo obtido pelo blog Sonho Seguro.

Charles Hatami, Chefe Global do Grupo Consultivo de Instituições Financeiras e Mercados Financeiros da BlackRock, comentou sobre os resultados: “Uma grande maioria das seguradoras vê o risco climático como risco de investimento e está posicionando seus portfólios para mitigar riscos e capitalizar sobre os riscos. Oportunidades transformacionais apresentado pela transição para uma economia de emissões líquidas zero. A atenção cada vez maior das seguradoras à sustentabilidade deve ser um alerta para a indústria de investimentos.”

Acelerando a ênfase na sustentabilidade

O investimento sustentável continuou a crescer em importância entre as seguradoras globais, refletindo a mudança de longo alcance em direção ao investimento sustentável. Metade dos entrevistados no estudo indicou que a razão para realocar os ativos existentes para investimentos sustentáveis ??é a capacidade desses investimentos de gerar um melhor retorno ajustado ao risco.

Embora o risco geopolítico continue a ser a principal preocupação das seguradoras, o risco ambiental agora é visto como uma séria ameaça à estratégia de investimento da sua empresa, com mais de um em cada três entrevistados citando-o como um potencial obstáculo.

Os resultados também destacam que as seguradoras continuam a integrar a sustentabilidade em seus processos e estratégias de investimento: quase metade dos entrevistados confirmou que recusou uma oportunidade de investimento nos últimos 12 meses devido a questões ESG.

Aumento do apetite por risco e diversificação em ativos não essenciais

Outra tendência dominante identificada no estudo da BlackRock é a necessidade de diversificar para ativos de maior rendimento, já que 60% das seguradoras esperam aumentar sua exposição ao risco de investimento nos próximos dois anos. Isso representa o nível mais alto desde que a BlackRock começou a monitorar essas informações em 2015. No entanto, esse aumento parece ser desnecessário, já que o atual regime de baixa taxa de juros continua a pressionar as seguradoras a considerarem investimentos em alternativas e ativos.

Uma área em particular onde as alocações estão mudando é nos mercados privados, dada sua diversificação e potencial para retornos superiores. Em 2023, as seguradoras acreditam que suas alocações medianas para mercados privados chegarão a 14% de sua carteira total (de ~ 11% hoje), e nenhuma seguradora espera ter uma alocação estratégica para mercados privados de menos de 5%.

No entanto, à medida que as seguradoras aumentam seu apetite pelo risco, a liquidez continua sendo uma prioridade fundamental. Consequentemente, 41% das seguradoras planejam aumentar suas alocações de caixa no próximo ano. Os ETFs também são vistos como uma ferramenta eficaz para gerenciar a liquidez e melhorar o desempenho, e 87% dos entrevistados preveem que a gestão da liquidez pode ser um fator-chave para aumentar a alocação aos ETFs nos próximos 1-2 anos.

Aceleração do investimento em tecnologia

Acelerar a transformação digital também é uma prioridade para as seguradoras, em grande parte impulsionada pelo impacto da pandemia. Quase dois terços das seguradoras planejam aumentar os gastos com tecnologia nos próximos dois anos.

Em particular, o setor está avançando em direção aos recursos de gerenciamento integrado de ativos e passivos (ALM) devido ao cenário competitivo, à complexidade regulatória e ao ambiente econômico. Nos próximos dois anos, 56% dos entrevistados planejam se concentrar na integração do gerenciamento de ativos e passivos e 45% priorizam o gerenciamento de riscos de múltiplos ativos. Isso se deve ao impulso para a diversificação de investimentos, especialmente em mercados privados, que destacou a necessidade de uma solução de tecnologia única com uma visão global do portfólio em todo o espectro de classes de ativos.

A digitalização também está desempenhando um papel importante para atingir as metas de emissões líquidas zero: 41% dos entrevistados confirmaram que buscam aumentar o investimento em tecnologia que integre risco climático e métricas, um sinal claro de que a análise para investimentos “prontos para a transição” é uma prioridade para as seguradoras nos próximos anos.

Anna Khazen, responsable del Grupo de Instituciones Financieras de BlackRock para la región de EMEA, añadió: “En la década transcurrida desde que lanzamos nuestro Informe mundial sobre seguros, se ha producido una transformación en todo el sector en cuanto a la forma en que la tecnología, la sostenibilidad y las complejidades normativas influyen conjuntamente en las prioridades de inversión de las aseguradoras. Una visión completa y transparente del riesgo dinámico de la cartera, en particular del riesgo asociado al cambio climático, no es sólo una ventaja competitiva para las aseguradoras: é uma necessidade.”


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo