Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

5 dicas de como enfrentar um conflito de maneira saudável

Imagem: Liza Summer Imagem: Liza Summer

Imagine uma vida sem conflitos, desentendimentos e mágoas. E mesmo se qualquer um desses surgisse, podemos alegremente chegar a um consenso e concordar em discordar. Como as nossas vidas serão felizes e agradáveis!

Infelizmente, porque somos todos seres pecadores e vivemos num mundo decaído, conflitos surgem e sempre vão surgir em nossa vida diária.

Então, como se deve responder aos conflitos que não envolvem tagarelar comentários rudes, desdenhar ou distribuir respostas passivo-agressivas?

Aqui está uma lista útil com 5 dicas do que devemos e não devemos considerar ao surgirem os conflitos:

1. Tire alguns momentos para orar antes de responder a outra pessoa

Às vezes parece mais fácil evitar a pessoa que nos feriu do que enfrentá-la. Assim, saímos da vida dela de uma vez e guardamos rancor em particular.

Embora seja normal separar um tempo para nos recuperar de nossas feridas, agarrar-se à raiva não resolvida ou à falta de perdão pode corroer e, eventualmente, corroer o que poderia ser um relacionamento recuperável.

Seja qual for a posição em que nos encontramos, as Escrituras dizem que o perdão é a melhor maneira de resolver este conflito.

Pode parecer difícil (e quase injusto) ter que perdoar a pessoa que nos magoou, mas devemos perdoar da maneira que Cristo nos perdoou primeiro (Efésios 4:32). E se ferimos alguém, vamos procurá-los para pedir perdão (Mateus 5:23-24).

2. Acalme-se, em seguida aproxime-se da outra pessoa gentilmente.

A dor que eles nos causaram é profunda. Raiva e tristeza crescem dentro de nós sempre que nos lembramos do incidente. E agora eles estão tentando falar conosco, que coragem! Vamos apenas evitá-los, isso vai ensiná-los!

Evitar ou mostrar à pessoa indiferença, pode nos dar a ilusão de que estamos no controle, mas não alivia a raiva em nossos corações, nem deixa espaço para a outra pessoa se explicar ou dar a ela a chance de pedir desculpas.

Se falar com a pessoa no calor da briga for muito difícil, podemos educadamente dizer a ela que realmente não estamos pensando em lidar com isso agora, mas garanta-lhe que você encontrará tempo para conversar a respeito quando estiver pronto a fazê-lo. Afinal, as Escrituras dizem que: “A resposta gentil desvia o furor, mas a palavra ríspida desperta a ira” (Provérbios 15:1), então seria sábio deixar nossa raiva esfriar um pouco antes de buscar a reconciliação.

3. Peça a Deus humildade para lidar, graciosamente, com os conflitos.

Em vez de resolver nosso conflito com a outra pessoa, um problema menor surgiu porque somos inflexíveis por fazer as coisas do nosso jeito, sem querer ouvir a perspectiva da outra pessoa.

Arrastar o nosso caminho através de um conflito é sempre uma má ideia. Também desconta a outra pessoa, como se o que eles têm a dizer não merecesse nossa consideração.

Para evitar que isso se repita, podemos refletir sobre por que insistimos em que as coisas sejam feitas do nosso jeito. É o nosso orgulho falando? Romanos 12:16 diz: “Vivam em harmonia uns com os outros. Não sejam orgulhosos, mas tenham amizade com gente de condição humilde. E não pensem que sabem tudo”. Podemos pedir a Deus que remova nossas camadas de orgulho e nos dê a humildade necessária para lidar com os conflitos com graça.

4. Colocar-se no lugar do outro e se dispor a desculpar-se

Podemos ter acidentalmente ultrapassado o limite e ofendido um amigo próximo ou um colega de trabalho. Esperamos que a outra parte consiga considerar isso como uma “piada”, mas eles nos questionaram e ficamos na defensiva. “Foi só uma brincadeira, não havia necessidade de ficar bravo com isso”, comentamos.

Mesmo que, no fundo, tenhamos consciência do nosso erro, inventamos um monte de desculpas para nos salvar e, em vez disso, os acusamos de não serem capazes de lidar com isso.

Pode ser desconfortável ouvir que o que fizemos foi errado, mas Provérbios 28:13 nos incentiva a confessar nossos pecados porque obteremos misericórdia. Neste caso, isso pode parecer como tentar nos colocarmos no lugar deles, reconhecendo como se sentem e oferecendo um pedido de desculpas.

5. Peça a Deus para controlar a sua língua, assim não vai se arrepender do que você diz.

Não podemos acreditar no que a outra parte acabou de nos dizer. “Que grosseria da parte deles nos acusarem de fazer isso e aquilo!” Pensamos. Em troca, nós os atacamos, medindo cuidadosamente cada palavra com rancor, dando-lhes um gostinho de seu próprio veneno.

Nossa carne pode se sentir bem por um curto período, mas o veneno que deixamos sair pode desencadear uma discussão acalorada ou estragar ainda mais um relacionamento.

Provérbios 18:21 diz que a morte e a vida estão no poder da língua, e embora possa ser fácil atacar no calor do momento, podemos orar para que Deus guie nossas línguas e falemos graciosamente (e não com maldade) quando estivermos com raiva.

Originalmente publicado no @ymi_today, que faz parte de Ministérios Pão Diário, em inglês. Traduzido e republicado com permissão.

SOBRE PÃO DIÁRIO

Por mais de 83 anos, somos um ministério cristão com a missão de fazer a palavra transformadora da Bíblia compreensível e acessível a todos por meio de recursos bíblicos. Contamos com 38 escritórios em todos os continentes e estamos presente em 150 países, com materiais traduzidos para 58 idiomas. Mais que um devocional, nós somos uma missão.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo