Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Como fortalecer a relação com os clientes no pós-pandemia?

  • Crédito de Imagens:Divulgação - Escrito ou enviado por  Fernanda Nascimento - Sócia-fundadora da Stratlab / Enviado porIsadora Leone
  • Adicionar comentario
  • SEGS.com.br - Categoria: Seguros
  • Imprimir

Como fortalecer a relação com os clientes no pós-pandemia?

Fernanda Nascimento - Sócia-fundadora da Stratlab

O primeiro semestre de 2020 foi um período de grande impacto para os negócios, derivados pela pandemia do novo coronavírus. A crise sanitária trouxe uma nova realidade para o mundo, e o modelo comercial foi obrigado a mudar a forma de relacionamento com os clientes, sendo mais personalizado e com total atenção.

Presenciamos muitas empresas navegarem melhor durante as turbulências da pandemia, implementando estratégias mais humanizadas nos negócios, trazendo os clientes para o centro de suas atenções e demonstrando que o importante estava no que cada indivíduo sentia e buscava naquele momento. O período foi propício para o fortalecimento das ações de Customer Experience (CX) nos negócios, por se tratar de um modelo que garante melhores interações entre as marcas e seus consumidores.

Tanto no mercado B2C (business to consumer) como no B2B (business to business), o foco das empresas na experiência com seus clientes não surgiu com a pandemia. Trata-se de um processo em desenvolvimento nos últimos anos, em que a recente situação apenas obrigou a aceleração desse movimento nas organizações.

Apesar dos avanços do CX, ainda existem empresas que têm dificuldades de compreender o processo de experiência do consumidor. Como exemplo, há casos em que os gestores acreditam que o relacionamento com os clientes está ligado unicamente aos anúncios e na interação nas redes sociais. No entanto, o que engloba de fato, é a percepção para cada caso e para as necessidades dos clientes. Eles precisam ser ouvidos. Para isso, é necessária uma busca constante de informações, mudanças de paradigmas e, em muitos casos, do apoio de empresas especializadas no assunto, que podem oferecer melhores direcionamentos para a implementação de relações mais assertivas junto a eles.

Nova fase

Em breve, a pandemia tende a ser controlada. Mas, as empresas estarão preparadas para o que vem por aí? Elas conhecem os seus clientes e prospects? Estão focadas na mudança de cultura corporativa?

No mercado B2B, por exemplo, a experiência do cliente é fundamental para essa próxima etapa, que vai além da venda do produto ou serviço. Independentemente do que está sendo negociado, as pessoas devem estar no centro desse processo, elas querem atenção e compreensão em relação às suas necessidades e dores. Essa é a grande revolução do consumidor, que exige mais agilidade, empoderamento e, principalmente, mais participação na tomada de decisões.

A pandemia apenas deixou mais claro que nesse "novo modelo" de demanda, as empresas tiveram que se reinventar para sobreviverem, melhorando seus processos de negócios e a forma de se relacionar com seus clientes. Ou seja, o que está em jogo não é o que cada empresa acha bom para si na venda, mas o que o cliente precisa e busca como apoio. Quem passou por esse momento e não se adaptou à nova fase dos negócios, perdeu oportunidades e tende a perder ainda mais com o que está por vir.

O conceito tradicional de B2C e B2B migrou para o H2H (human to human). As empresas precisaram implementar boas percepções e comunicação na relação entre as marcas e os clientes. Foi preciso aceitar o novo, entender que o produto, ou serviço que está à venda é importante, mas que não basta vender por vender, aquela venda precisa estar atrelada ao que necessariamente o cliente precisa e quer.

Hoje, toda experiência com o consumidor precisa ser personalizada. Essa atitude faz com que os clientes passem adiante essas percepções de apoio, agregando valor e ampliando a confiabilidade e reputação das empresas no mercado em que atuam. Ou seja, a necessidade do seu cliente é única e só dele.

Olhando também para dentro das corporações, a utilização das técnicas de CX, confirma ser uma base importante para a transformação no relacionamento, vinculada à tecnologia. Mas, para que isso ocorra, é preciso unir as tradicionais atividades organizacionais de reuniões com as equipes de vendas, definição de tarefas e metas comerciais aos processos de tentativas, análises e experiências com os clientes. Tudo deve ser feito com planejamento, treinamentos e envolvimento de todos que fazem parte da história, sabendo que desses processos terão erros, aprendizados e conquistas.

O pós-pandemia trará, como resultado, a aceleração da implementação de novos modelos de gestão e comunicação. As empresas precisarão mudar seus esforços de maneira rápida, além de incorporarem em seus planejamentos novas métricas que vão além do crescimento financeiro. Deverão ouvir de verdade, apoiar, criar atendimentos específicos para cada nicho de cliente. E isso só será possível com a quebra de paradigmas e, principalmente, se adaptando ao novo. O futuro já está presente no mercado mundial, E a sua empresa, faz parte dele?

Sobre Fernanda Nascimento

Sócia-fundadora da Stratlab, especialista em CX (Customer Experience) e ‘customer centric’, Fernanda atua com foco no estudo e no desenvolvimento de estratégias de marketing digital para empresas B2B. Tem 25 anos de experiência no mercado e passagem por grandes multinacionais, possui Master’s Degree em Marketing pelo Chartered Institute of Marketing. É professora convidada da Digital House, Lemonade School e ESPM, onde ministra cursos de Marketing Digital aplicado às áreas de Marketing, Vendas e Recursos Humanos.

Sobre a Stratlab

Com quatro anos de atuação, a Stratlab integra equipes multidisciplinares e ferramentas avançadas, com o objetivo de contribuir para o crescimento e desenvolvimento dos negócios por meio do ambiente digital. Nos últimos três anos, já implementou estratégias para mais de 50 empresas, envolvendo mais de 1.300 profissionais.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo