Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Inconsistência de currículo é a ponta do iceberg no risco de contratações em tempo de pandemia

Inconsistência de currículo é a ponta do iceberg no risco de contratações em tempo de pandemia

Por Alexandre Pegoraro (*)

Embora tenha acontecido na esfera pública, a nomeação e exoneração relâmpago do ministro da educação ocorridas no final de junho trouxe à tona um problema que já era grave, mas que foi amplificado também na inciativa privada em razão do isolamento social provocado pela pandemia do Covid-19. A exigência do home office e a contratação online primeiramente provocaram o temor dos gestores quanto à queda do engajamento e produtividade dos colaboradores, o que, na maioria dos casos se provou infundado. Com este obstáculo superado, o maior desafio passou a ser o risco na contratação para a garantia do comportamento ético em todos os níveis da organização.

Se por um lado as crises geram muitas demissões, por outro elas também geram a necessidade de preenchimento imediato de vagas. No caso atual, há a particularidade: como o contato entre as pessoas precisa ser mínimo e muitas empresas estão contratando sem sequer ver o colaborador pessoalmente, como ser mais assertivo neste cenário sem aumentar os riscos?

De acordo com levantamento da PwC de 2018, intitulada Tirando a fraude das sombras – Pesquisa Global sobre Fraudes e Crimes Econômicos, no Brasil a metade das empresas participantes declarara que já foi vítima de fraude e 65% dos entrevistados acreditam que a oportunidade é o principal fator que contribuiu para fraude. Se casos de corrupção e desvio de conduta já ocorriam mesmo dentro do ambiente empresarial, como evitar que longe dos olhos e ouvidos dos colegas de trabalho as práticas antiéticas proliferem?

A oportunidade faz o ladrão e é muito importante, neste sentido, conhecer o histórico da pessoa para evitar surpresas negativas no futuro.

O primeiro passo começa com o processo seletivo, que sendo digital ou presencial deve contar com uma análise criteriosa do perfil do candidato. É preciso saber se ele realmente fala a verdade em sua apresentação, o que requer a análise dos documentos e a averiguação até do próprio currículo, vide o recente caso de Carlos Decotelli. O problema é que ir fundo em uma avaliação criteriosa demanda tempo, mão de obra e recursos, fatores que claramente são preciosos e não podem ser desperdiçados ainda mais em uma conjuntura adversa como a atual.

As ferramentas tecnológicas neste sentido vêm a solucionar esta questão. De acordo com o Gartner, até 2023, os gastos organizacionais com tecnologias de gerenciamento de riscos para apoiar a devida diligência e monitoramento aumentarão em 50%.

Através do uso de mineração de dados e crawling, é possível apontar com precisão o envolvimento de determinada pessoa ou empresa, seus sócios ou familiares, em casos de fraudes, corrupção, lavagem de dinheiro, terrorismo, crimes ambientais ou emprego de mão de obra escrava e infantil. Além disso, pode-se descobrir se a pessoa está politicamente exposta ou não. Tudo isso investigando mais de 1.300 fontes por meio do CPF em poucos minutos.

As informações são procuradas junto a processos em todos os tribunais brasileiros, Ministérios Públicos do Trabalho, COAF, OFAC, FATCA, OIT, assim como em cadastros negativos de crédito como Serasa e SPC para detectar a existência de cheques sem fundos e protestos, por exemplo.

O segundo passo é prover treinamentos e conscientização do quadro de colaboradores, além de canais abertos de comunicação. Neste sentido vem a preocupação em demonstrar a cultura da empresa a todos, seu código de conduta e ética, algo que deve ser alvo de constante vigilância dos departamentos de RH e compliance.

Adaptações exigem novas atitudes. A pandemia consolidou a mobilidade do home office como uma alternativa que veio para ficar e que, sem dúvida traz inúmeros benefícios como a qualidade de vida de evitar o trânsito e a redução de custos. Por outro lado, a distância entre contratantes e contratados também amplia as oportunidades para problemas que podem ser apenas de imagem com uma demissão obrigatória cinco dias após a contratação, mas que podem ser mais sérios como manter um profissional mal intencionado tendo acesso a informações e ambientes estratégicos por muito tempo trazendo prejuízos de toda espécie às organizações.

Felizmente, a tecnologia oferece condições para a perfeita adaptação. Mas ela só pode ajudar se for apoiada pela atitude. E aí depende de cada um.

Alexandre Pegoraro é CEO da Kronoos, startup que oferece uma plataforma de compliance capaz de garantir a segurança necessária em qualquer tipo de parceria estratégica.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS