Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Mercado de seguros brasileiro segue resiliente

pixabay pixabay

Com o avanço da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil, os indicadores econômicos, que já apontavam um cenário desfavorável, mostram a retração do País. A edição mais recente da Carta de Conjuntura do Setor de Seguros, realizada pelo SindsegSP e pelo Sincor-SP traz dados que reforçam a importância do setor para o desenvolvimento.

Segundo o estudo, a desvalorização do real se acelerou nos últimos meses devido a problemas relacionados ao novo coronavírus, ao agravamento do ambiente político e à perspectiva de que o País possa ficar para trás na recuperação pós-pandemia global.

“Ainda estamos atravessando a crise provocada pela pandemia e seus efeitos devem ser sentidos ao longo de vários meses. Os diferentes setores da economia estão trabalhando duro para reverter, cada um com sua característica, este momento”, diz a Carta.

A publicação ainda aponta que o setor de seguros tem demonstrado sua resiliência com a rápida implementação de métodos de trabalho, se adequando ao novo tempo e atendendo aos seus clientes de forma rápida e certeira.

Até o mês de março, o setor de seguros conseguiu faturar quase R$ 18 bilhões, sem o ramo de saúde. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o avanço foi de 7%.

Na separação por ramos, o segmento de pessoas tem liderado a evolução no mercado de seguros, já que teve aumento de 9% no faturamento durante os três primeiros meses do ano, com o montante de R$ 3,7 bilhões. Já os ramos elementares, sem contar o DPVAT, conseguiram faturar R$ 6,2 bilhões no período, representando crescimento de 4% na comparação com o mesmo período de 2019.

“Nos próximos meses, os efeitos da pandemia ainda pressionarão mais os dados. Nesse caso, é esperado que a variação seja ainda menor dos que os dados obtidos até agora”, ressalta o estudo.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS