Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Home office: 44% gostaria de manter após a crise

pixabay pixabay

Demanda de trabalho aumentou para 56,3% dos entrevistados, segundo levantamento da Pence e da Corall Consultoria

Segundo o relatório Trabalho Remoto no Brasil realizado pela Pence e pela Corall Consultoria, 44% das pessoas afirmam que gostariam de manter o trabalho remoto quando a crise passar. Foram consultados 80 líderes de 64 empresas que intensificaram o trabalho remoto durante a pandemia do coronavirus, sendo 60% gerentes e diretores e 24% líderes de equipes.

"O trabalho remoto, que antes era prática de poucas empresas, consideradas modernas, e projetos futuros de organizações tradicionais, vem mudando as relações de trabalho. A pandemia vem transformando também a cultura organizacional, e atualmente estão em pauta hábitos impensáveis e uso de tecnologias e costumes nunca experimentados", aponta o relatório.

As principais surpresas dos entrevistados com o trabalho remoto foram a adaptação rápida (20%), as reuniões mais produtivas e objetivas (16%), o bom funcionamento do trabalho (14%), a presença com foco e produtividade (14%) e a disponibilidade, engajamento e comprometimento das pessoas (8%).

A demanda de trabalho durante a pandemia aumentou para 56,3% dos consultados, enquanto o fluxo se manteve para 20% e foi efetivamente reduzido para 17,5%. E enquanto 44% dos consultados desejam manter o trabalho remoto após a crise, 10% desejam manter as reuniões mais objetivas e a economia de tempo no deslocamento para empresas e/ou clientes. Maior flexibilidade é o desejo de 9%.

Desafios

Os dois maiores desafios que estão vivendo os consultados são administrar o tempo (45%) e lidar com as distrações de casa (34%). "A administração do tempo é um desafio totalmente relacionado à habilidade de priorização", sinaliza o relatório. Nesse sentido, a maior parte dos times tem feito reuniões todos os dias (35%), seguido de semanalmente (28,4%) e 3 vezes por semana (12,3%).

A dificuldade em lidar com a comunicação remota é um problema para 14% dos consultados, enquanto não saber se o colega está fazendo o que foi combinado é uma dificuldade para 11%, a falta de recursos tecnológicos para trabalhar remotamente (internet insuficiente, computador) afeta 10% e a ausência de liderança das atividades/projetos prejudica 6% dos entrevistados.

Sobre o relatório

Participaram da pesquisa, realizada entre os dias 31 de março e 3 de abril de 2020, 64 empresas e 80 líderes que intensificaram o trabalho remoto, sendo 60% gerentes e diretores e 24% líderes de equipes.

Sobre a Corall

A Corall (www.corall.net) começou a atuar em 2011 com o encontro de quatro amigos - Angélica Moretti, Artur Tacla, Maurício Goldstein e Vicente Gomes - que compartilhavam uma visão de mundo e inquietações com relação ao seu trabalho como consultores e executivos no mundo dos negócios. Eles entendiam esse encontro como um chamado para algo maior, o que acabou se concretizando com a fundação da empresa em 2013.

O nome Corall é inspirado nos recifes de coral, estruturas orgânicas que formam sistemas com alta capacidade de regeneração, transformação, grande biodiversidade e eficiência. É também uma fusão entre as palavras "core" (essência) e "all" (todos). Inclui ainda outros significados, como a afinação e a beleza da música cantada em conjunto, em coral, e o simbolismo da cobra coral, que, no universo das organizações, pode significar tanto algo perigoso quanto transformador.

Hoje a Corall conta com cerca de 150 clientes e mais oito sócios consultores chegaram ao grupo: Alessandra Almeida, Alessandro Gruber, Érica Isomura, Fábio Betti, José Luiz Weiss, Marcelo Ribeiro dos Santos, Marcio Svartman e Ney Silva.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS