Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Desafios da saúde suplementar durante e após a Covid-19

pixabay pixabay

Adiamento de procedimentos eletivos e crise econômica são algumas das preocupações do setor, mas telemedicina surge como importante alternativa

O alto potencial de disseminação do coronavírus tem impactado os serviços de saúde ao redor do mundo e no Brasil não é diferente. Desde o começo, há alertas sobre um colapso do sistema de saúde público e sobre a importância do isolamento social para diminuir a disseminação da doença. No sistema privado, responsável pelo atendimento de 25% da população brasileira, os problemas enfrentados também dizem respeito ao adiamento de procedimentos eletivos, superlotação da UTI, além da sobrecarga com realizações de procedimentos pelos beneficiários dos planos de saúde pós-pandemia

De um lado tem o adiamento de procedimentos eletivos. Do outro, temos os prestadores de serviço de saúde alegando ociosidade, principalmente em localidades distantes dos epicentros da doença, contribuindo para a queda de seus atendimentos e, por consequência, de suas receitas. Para as operadoras de planos de saúde essa ociosidade pode parecer benéfica em um primeiro momento, mas significa a sobrecarga posterior à pandemia, pois beneficiários estarão com procedimentos e consultas ambulatoriais acumuladas. Além destes dois agentes, temos o próprio beneficiário, que tende a ser impactado em sua saúde por não conseguir utilizar o sistema privado por meio das consultas presenciais e físicas.

"Fato é que o sistema de saúde como um todo está sendo impactado e ninguém sabe ao certo qual será a proporção das consequências", comenta André Machado Júnior, diretor da Qualirede, especialista de gestão em saúde que defende o isolamento social e acredita na telemedicina como grande auxiliar nesse momento. "A Telemedicina é algo que defendemos e investimos na Qualirede. Nossas clínicas de Atenção Primária à Saúde (APS) já contavam com a interconsulta, conexão entre médicos, acompanhados ou não de seus pacientes. Após a liberação do Ministério da Saúde, passamos a oferecer o serviço de telemedicina para consulta remota com médicos ou enfermeiros", conta.

"A pandemia de Covid-19 é um momento delicado para todos os setores. Temos que seguir com foco prioritário na saúde da população e com alternativas que viabilizem a sustentabilidade do setor para minimizar os danos em todos os sentidos", finaliza André Machado Júnior.

Em pesquisa realizada com usuários do serviço de Teleassistência da Qualirede, mais de 70% dos entrevistados demonstraram que usariam a modalidade no futuro. Desses, 79% disseram que o atendimento ajudou a aliviar os sintomas que estavam sentindo. Se não tivessem acesso ao serviço, 33% afirmaram que ficariam em casa, enquanto 25% procurariam um pronto-socorro, 15% fariam uma consulta presencial, 15% iriam a um hospital e 11% buscariam outra alternativa.

Sobre a Qualirede

A Qualirede é uma empresa de atuação nacional e líder no mercado de gestão em saúde. Atualmente, atende a mais de um milhão de vidas em dezoito estados do País, com mais de 1.100 funcionários, com matriz em Florianópolis e unidades em São Paulo e Salvador. A Qualirede tem como focos estratégicos a inovação tecnológica, a atenção primária à saúde, a promoção da integração de serviços e a entrega de valor em saúde para seus clientes. Mais informações em http://www.qualirede.com.br.



Publicidade



Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS