Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Qualificação e treinamento em seguros dão força à economia

pixabay pixabay

Fonte: Sonho Seguro

Por Robert Bittar, presidente da Escola de Negócios e Seguros (ENS)

A indústria brasileira de seguros é dinâmica por natureza. A criação de produtos cada vez mais sofisticados, a entrada de novos players e as constantes alterações de cunho regulatório são fatores que exigem permanente atualização e qualificação da mão de obra do setor.

Por mais que a tecnologia tenha mudado as formas de distribuição do seguro e a experiência de consumo, são pessoas fazendo negócios com pessoas. Não há como substituir a relação interpessoal em uma atividade na qual os consumidores dependem da compra orientada.

Nesse cenário, os cursos de formação e qualificação em seguros têm agregado novas áreas de conhecimento, como Negócios, Marketing, Finanças, Gestão de Pessoas e transformação digital, entre outras. Essa interseção com atividades correlatas atrai profissionais em busca de oportunidades de trabalho e de ascensão na carreira. Portanto, 2020 será um ano para se investir em novos campos do saber.

Em um mercado tão competitivo e cada vez mais acirrado como o de seguros, as melhores oportunidades serão aproveitadas por quem estiver bem preparado. A necessidade de atualização é permanente, seja em cursos técnicos como de nível superior, incluindo Pós-Graduação e MBA.

A força do mercado de seguros pode ser traduzida em números. Ele responde por 6,5% do PIB e acumula reservas de R$ 1,2 trilhão. A receita do setor aumentou 12,1% no ano passado, somando R$ 270,1 bilhões (sem contar Saúde Suplementar e DPVAT). Foi a maior taxa de expansão desde 2012. Descontada a inflação, o crescimento chegou a 8,1%.

Esse desempenho foi obtido em um ano de magro crescimento do PIB real, de cerca de 1%. Já a taxa de desocupação ainda permanece elevada (cerca de 11% da População Economicamente Ativa). A retomada do consumo de bens duráveis, dos investimentos em ativos reais e em infraestrutura, e dos empréstimos imobiliários deve estimular os seguros de danos e propriedades (ramos elementares).

As projeções para 2020 indicam o reaquecimento de diversos setores produtivos brasileiros e, na esteira dessa boa notícia, espera-se também a tão aguardada retomada do crescimento econômico. Especialistas afirmam que haverá melhora substancial no desempenho macroeconômico do País. Recentes expectativas apuradas pelo Banco Central e publicadas no Boletim Focus sinalizam crescimento do PIB real de 2,2%, inflação estável em 3,6%

O crescimento da renda nacional somado à reforma da Previdência deverá manter em nível elevado os aportes aos planos privados de acumulação, a despeito da queda da taxa Selic. A ampliação do crédito e a maior conscientização da população quanto à necessidade de se precaver de riscos pessoais devem continuar a fortalecer os seguros prestamista, de vida e de acidentes, que têm sido justamente os de crescimento mais acentuado e estável nos últimos anos.

Em resumo, nesse que é o cenário projetado para a economia brasileira em 2020, o mercado de seguros certamente ganhará ainda mais penetração na sociedade e nas atividades econômicas. E um setor em desenvolvimento não pode prescindir de capacitar, atualizar e treinar seus profissionais.

Fonte: Sonho Seguro



Publicidade



Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS