Brasil, 10 de Dezembro de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

Quando máquinas fazem tudo, muitas pessoas se perguntam: o que faremos?

freeimages freeimages

Por Roberto Wik

Quando as máquinas fazem tudo, nos perguntamos: o que faremos? Que trabalho sobrará para as pessoas? Como vamos ganhar a vida quando as máquinas são mais baratas, rápidas e inteligentes do que nós? Máquinas que não fazem pausas ou tiram férias, não ficam doentes e não se importam sobre conversar com seus colegas sobre o jogo de ontem à noite? Para muitas pessoas, o futuro do trabalho se parece com um lugar sombrio.

O fato é que, no futuro, o trabalho mudará, mas não desaparecerá. Muitos trabalhadores terão dificuldade para se ajustar ao desaparecimento do trabalho que compreendem e encontrarão dificuldade em prosperar com o trabalho que não entendem. Torcer por transformações - que é o que o futuro do trabalho reserva para todos nós - nunca é fácil.

A preocupação com um futuro desempregado nunca foi tão grande. Aparentemente todos os dias, um líder acadêmico, pesquisador ou profissional da área de tecnologia sugere que em um mundo de automação e inteligência artificial (IA), os trabalhadores serão cada vez mais um excedente para o que as empresas precisam. Embora plausível, essa visão do futuro não é uma verdade absoluta. Aliás, vejo essa tendência com um olhar otimista. Alguns fatos sustentam minha teoria:

O trabalho sempre mudou. Poucos trabalhadores hoje ganham a vida como operador de telégrafo, ascensorista ou cobrador de ônibus ou pedágio. No entanto, essas profissões empregaram milhares de pessoas no passado.

Muitos trabalhos atuais são maçantes ou perigosos. Milhões de pessoas ao redor do mundo trabalham desmotivadas ou têm um risco elevado em sua atividade. Ao invés de tentar manter as pessoas nesses empregos, devemos empregar as máquinas e liberá-las para fazer algo mais gratificante, mais agradável, mais lucrativo.

Máquinas precisam do homem. As máquinas podem fazer mais, mas há sempre mais a fazer. Pode uma máquina (em seu software ou forma de hardware) criar-se, formar o próprio mercado, vender-se? Entregar-se? Alimentar-se? Limpar-se? Consertar a si mesma? As máquinas são ferramentas, e as ferramentas precisam ser utilizadas. Por pessoas. Imaginar o contrário é cair no reino da extrapolação e da ficção científica.

O Centro para o Futuro do Trabalho (Center for Future of Work - CFOW) da Cognizant busca identificar e analisar as principais tendências do mercado de trabalho em resposta ao surgimento de novas tecnologias e práticas de negócios no futuro das profissões, para os próximos 5 a 10 anos. Esse centro não é um lugar físico, e sim um grupo multidisciplinar que envolve pessoas de diferentes áreas da empresa focadas no futuro do trabalho. Trabalho este que nós não compreendemos completamente ainda e não é adequado para os nossos pais ou para nós mesmos, mas vai parecer ridículo para nossos filhos.

Roberto Wik é diretor de Indústria e Varejo da Cognizant na América Latina

Sobre a Cognizant

A Cognizant (NASDAQ-100: CTSH) é uma das empresas líderes mundiais em serviços profissionais que transporta os modelos de negócios, operacional e de tecnologia de seus clientes para a era digital. Nossa abordagem consultiva única, baseada em profundos conhecimentos das indústrias em que atuamos, auxilia clientes a visualizar, construir e administrar negócios cada vez mais inovadores e eficientes. Com sede nos Estados Unidos, a Cognizant ocupa a 193.ª colocação no ranking da Fortune 500 e é consistentemente listada entre as empresas mais admiradas do mundo. Veja como a Cognizant ajuda clientes a ser líderes no mundo digital em www.cognizant.com.br, ou siga-nos: @Cognizant. A Cognizant Brasil recebeu recentemente o prêmio de Melhor Empresa para se Trabalhar, do Great Place to Work, ficando entre as 15 maiores do país, no segmento de Tecnologia da Informação.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS