Brasil, 22 de Agosto de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

Empresa de comunicação reúne marketing e assistência jurídica em uma única agência

Com o uso da internet cada vez mais presente na vida das pessoas, empresas de comunicação precisam oferecer serviços cada vez mais completos para se destacar no mercado.

"Não restam dúvidas que os consumidores estão atentos aos recados das marcas. Daí a importância de se regulamentar a atividade publicitária", afirma a advogada.

Cada vez mais comum, a prática de trabalho autônomo deu um salto no Brasil no último ano. É o que apontou uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com a alta no desemprego e a crescente busca por um trabalho que atenda às expectativas pessoais, os brasileiros vêm se reinventando. Depois de uma longa trajetória pelo mundo corporativo, a advogada Amine Abib e a designer Ana Luiza Scappini, uniram forças e criaram o seu próprio negócio, a Balcony. Uma empresa de comunicação que oferece suporte jurídico e marketing em uma única agência.

Juntas, Amine e Ana Luiza se somam ao crescente número de trabalhadores que deixam ocupações convencionais para encontrar um meio alternativo de renda, ou abrir o próprio negócio, que supra suas necessidades e expectativas pessoais. "Hoje eu vejo que não me identifico com o ambiente corporativo. Não me preenchia, eu achava que trabalhar era uma coisa chata. Eu não conseguia entender quem dizia amar o que faz, pra mim era meramente um dever. Hoje sou apaixonada pelo meu trabalho, me alimenta a alma. Ao mesmo tempo, reconheço que sem o aprendizado adquirido nos grandes escritórios que trabalhei, eu não teria chegado até aqui ", conta Amine.

De acordo com a Pesquisa por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD) do IBGE, os trabalhadores autônomos chegaram a 24 milhões de março a maio deste ano. O número é 1,4% maior quando comparado com a pesquisa entre dezembro de 2018 e fevereiro de 2019, que chegou a mais de 322 mil pessoas.

Entre os diversos fatores que contribuem para o aumento de trabalhadores fora do regime da CLT, estão a preferência por flexibilidade de local, horários e fuga do trânsito. "Hoje eu acho que o mundo está caminhando para isso, para você conseguir trabalhar de onde você estiver", afirma a designer Ana Luiza.

Marketing + assistência jurídica

Com o avanço da tecnologia e a utilização da internet cada vez mais presente na rotina das pessoas, o marketing e a publicidade e propaganda ganharam um novo tom, já que muitos aderiram às redes sociais e a portais online para vender produtos e comercializar suas marcas. Em razão disso, a profissão de social media passou a ser uma opção para os inúmeros freelancers da área de comunicação.

Para se diferenciar no mercado, Amine e Ana Luiza criaram a Balcony com o objetivo de oferecer uma agência completa que oferecesse todo o suporte de criação em publicidade e propaganda, sem esquecer da assistência jurídica de propriedade intelectual das marcas, patentes e demais bens intangíveis de seus clientes

"Nasceu exatamente assim, a Aninha é designer e, como somos amigas de infância, sempre nos ajudamos. Ela me pedia ajuda com aconselhamento jurídico da parte de proteção das marcas e eu pedia ajuda à ela com relação a essa parte de marketing e design porque, muitas vezes, chegavam marcas sem conceito, precisando de uma logomarca mais elaborada, então a gente teve essa ideia de unir tudo em uma única agência", detalha Amine.

Formada em direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Amine trabalhou mais de 10 anos em grandes escritórios de advocacia, adquirindo experiência na área de Propriedade Intelectual. Pós graduada em Direito da Concorrência e Propriedade Intelectual, concluiu em 2014 o curso de marketing para negócios pela FGV e, em 2018, o Nanodegree em Digital Marketing pela UDACITY, Universidade do Vale do Silício.

Ao longo de sua passagem pelo ambiente corporativo, Amine pode perceber os ruídos decorrentes da falta de aconselhamento jurídico nas criações do marketing: "A equipe de marketing está normalmente focada em criar alguma coisa que seja vendável, mas o que acontece muito é que quando essas marcas estão desacompanhadas do aconselhamento jurídico, acabam criando uma marca forte do ponto de vista publicitário, mas fraca do ponto de vista jurídico. É então que o direito entra, pra tentar tapar os possíveis furos deixados pelo marketing", explica a advogada.

Ana Luiza e Amine são naturais do Rio de Janeiro e constituíram o escritório da agência na capital carioca, mas hoje, por conta da flexibilidade da internet, se dividem entre Florianópolis, em Santa Catarina, e Porto Velho, em Rondônia. "Eu acho que o fato de a gente trabalhar em cidades separadas não atrapalha. Nós temos uma rotina de calls, é como se trabalhássemos uma ao lado da outra, porque ficamos o dia inteiro em contato", conta Ana Luiza.

Designer Gráfica formada pela UniverCidade no Rio de Janeiro, com 12 anos de experiência em criação e marketing em multinacionais, como a Francesa L´óreal, Ana Luiza ainda atuou como professora universitária, lecionando disciplinas de Planejamento Publicitário e Comunicação integrada. Em 2009, concluiu o curso de MBA em Marketing pela FGV São Paulo e em 2018 o Nanodegree em Digital Marketing pela UDACITY, Universidade do Vale do Silício.

Para a designer, a flexibilidade de horários e locais de trabalho é uma tendência crescente no mundo. Ela, que sempre sonhou em ter o próprio negócio, com a criação da Balcony, teve a oportunidade de conciliar o trabalho com a rotina da família. "Esse meu querer, de eu ter meu próprio negócio, e essa necessidade de trabalhar de onde eu estivesse, até pra poder acompanhar mais a rotina do meu filho de perto, deu origem à ideia de a gente criar uma empresa que atendesse tudo o que a gente já atendia, só que em sociedade", datalha Ana.

Em uma única agência, a dupla promete entregar tudo o que uma empresa de comunicação, publicidade e propaganda faz, desde branding, passando por design e criação, SEO e Google Adwords, até mídias sociais e assessoria de imprensa. Sem esquecer, é claro, do âmbito jurídico para que nada passe despercebido e precise ser consertado depois.

"Não restam dúvidas de que os consumidores estão atentos aos recados das marcas. E mais: Sabem diferenciar os movimentos verdadeiros do mero discurso. Daí a importância de se regulamentar a atividade publicitária, a fim de proteger todos os envolvidos, desde o dono da marca até o destinatário final. O Código de Defesa do Consumidor, o Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária, nossa Constituição Federal, é um conjunto amplo de leis e decretos correlatos que reúnem dispositivos que regem a transmissão de informações ao consumidor", conclui a advogada.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário
Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Esta ferramenta é automatizada...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

NEWSLETTER SEGS