Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Estudo aponta que plasma convalescente em investigação é seguro para pacientes com COVID-19

Os indicadores iniciais sugerem que o plasma convalescente em estudo é seguro para o tratamento de pacientes com COVID-19 gravemente doentes, segundo os dados de segurança informados pela Mayo Clinic e seus colaboradores sobre os primeiros 5.000 pacientes hospitalizados que receberam transfusão do plasma convalescente em investigação como parte do Programa de acesso expandido para COVID-19 da FDA (Food and Drug Administration) dos EUA. Nesse momento, o plasma convalescente é a única terapia baseada em anticorpos disponível para COVID-19.

O relatório avaliou os primeiros sete dias após o recebimento da transfusão em 5.000 pacientes hospitalizados com COVID-19 em estado grave ou risco de vida, ou aqueles considerados com alto risco de desenvolver o quadro grave da doença ou sofrer risco de vida. O protocolo da pesquisa define o estado grave ou de risco de vida como a presença de falta de ar, diminuição da saturação de oxigênio no sangue, insuficiência respiratória, choque séptico e disfunção ou falência múltipla de órgãos. Sessenta e seis por cento dos pacientes estavam em uma UTI e quase 20 por cento apresentavam o diagnóstico de disfunção ou falência múltipla de órgãos. É importante destacar que os relatos de eventos adversos graves relacionados à transfusão de plasma foram inferiores a um por cento.

Os pacientes receberam plasma entre 3 de abril e 3 de maio. A incidência de mortalidade em sete dias foi de 14,9 por cento. Os pesquisadores observaram que, embora o estudo não tenha sido projetado para avaliar a eficácia do plasma convalescente, uma incidência de mortalidade de 14,9 por cento nessa quantidade de pacientes em sete dias indica “ausência de sinais de toxicidade além do esperado no uso do plasma em pacientes gravemente doentes”. Os próximos passos serão coletar e revisar mais dados de segurança e continuar os estudos para determinar a eficácia da intervenção.

“Esse é apenas o começo do processo da elaboração do relatório”, disse Michael Joyner, M.D., líder do Programa de acesso expandido da Mayo Clinic. “Estamos otimistas, mas devemos nos manter objetivos ao avaliar a quantidade cada vez maior de dados dos pacientes.”

É importante notar que este é um relatório de segurança e não fornece nenhum resultado sobre a eficácia do plasma convalescente no tratamento da COVID-19. Além disso, o Programa de acesso expandido está em andamento e os dados ainda estão sendo coletados. Este não é um estudo clínico. Não há braço de controle (por exemplo, um grupo de pacientes que não recebe intervenção médica). No entanto, dada a natureza mortal da COVID-19 e a grande população de pacientes em estado crítico incluídos no estudo, a taxa de mortalidade não parece exagerada, afirmam os pesquisadores.

O número atual de pacientes inscritos pode ser encontrado no site uscovidplasma.org.

O programa de plasma convalescente na Mayo Clinic nasceu de uma iniciativa norte-americana de médicos e pesquisadores de 40 instituições que se auto-organizaram para investigar o uso do plasma convalescente durante a pandemia da COVID-19. Essas instituições incluem a Mayo Clinic, Johns Hopkins University, Washington University, Albert Einstein College of Medicine, Icahn School of Medicine do Mount Sinai Hospital, Michigan State University e muitos outros centros médicos acadêmicos e agências do governo unidos na busca por estabelecer um programa nacional para mudar o curso da doença.

A Mayo Clinic tem o compromisso de avançar a pesquisa para que os pacientes possam se beneficiar das novas descobertas o mais rápido possível. O objetivo da Mayo é descobrir e aplicar rapidamente os avanços científicos que derrotem essa doença mortal.

Sobre a Mayo Clinic

A Mayo Clinic é uma organização sem fins lucrativos comprometida com a inovação na prática clínica, educação e pesquisa, fornecendo compaixão, conhecimento e respostas a todos que precisam de cura. Visite a Rede de Notícias da Mayo Clinic para obter outras informações sobre a Mayo Clinic.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS