Brasil,

Nova Espécie de Sapo É Descoberta em Unidades de Conservação de São Paulo

  • Crédito de Imagens:Divulgação - Escrito ou enviado por  Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente
  • Adicionar comentario
  • SEGS.com.br - Categoria: Demais
  • Imprimir

Nova Espécie de Sapo É Descoberta em Unidades de Conservação de São Paulo

Uma nova espécie de “sapinho-pingo-de-ouro” acaba de ser descoberta na Mata Atlântica, mais especificamente no trecho paulista da Serra do Mar. Até recentemente, eram conhecidas apenas cinco espécies do animal que possui a região da cabeça e do dorso cobertas por placas ósseas fluorescentes, o que possivelmente é importante para a comunicação entre a espécie ou entre a espécie e seus predadores. A descoberta é ainda mais interessante considerando o pequeno tamanho da espécie: menos de 2 centímetros quando adultos.

O sapinho-pingo-de-ouro vive entre altitudes de 700 a 1000 metros acima do nível do mar, em matas que são frequentemente entremeadas por um denso nevoeiro ou “cerração”, típicos da região da Serra do Mar paulista. Assim, a nova espécie pode ser encontrada em diversas Unidades de Conservação localizadas nas margens das regiões metropolitanas de São Paulo e da Baixada Santista.

O estudo que encontrou os novos sapinhos em São Paulo foi liderado pela pesquisadora da Universidade do Estado de Minas Gerais, Thais Condez, e contou com a participação e co-autoria do biólogo Leo Malagoli, gestor de Unidades de Conservação da Fundação Florestal de São Paulo.

A descrição de uma nova espécie de vertebrado reforça ainda mais a importância das Unidades de Conservação nas áreas urbanas e periurbanas: principalmente as de Proteção Integral.

A descoberta foi publicada em um artigo publicado na revista científica Norte-Americana Herpetologica.

Link: https://bioone.org/journals/herpetologica/volume-77/issue-2/HERPETOLOGICA-D-20-00031/Notes-on-the-Hyperossified-Pumpkin-Toadlets-of-the-Genus-Brachycephalus/10.1655/HERPETOLOGICA-D-20-00031.short


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo