Brasil,

Dom Pescoço lança Chucro, terceiro disco da carreira, em que brinca com o inusitado e a pluralidade musical

Em 1971, Raul Seixas, Sérgio Sampaio, Edy Star e Miriam Batucada se reuniram para gravar e lançar o disco A sociedade da grã-ordem kavernista apresenta sessão das dez. Retirado de circulação pela gravadora, ignorado pelo mercado, pela crítica e pelo público na época, o trabalho, que transborda humor, criatividade, sensação de não pertencimento e mescla de gêneros musicais, viria a ser cultuado apenas anos depois. É nele que a banda Dom Pescoço se inspirou na hora de arquitetar o seu terceiro álbum da carreira, Chucro, que chega hoje, 19 de janeiro, aos aplicativos de streaming.

Com a pré-produção feita na zona rural de São José dos Campos, no Vale do Paraíba, interior de São Paulo, Chucro inicia e termina com vinhetas com sons dos gansos da região - o animal também foi parar na imagem de capa do trabalho. Entre a faixa que abre o disco e a que encerra, outras 11 são responsáveis por apresentar o universo sonoro construído pela Dom Pescoço, que é formada por Dom de Oliveira (baixo e voz), Gabriel Sielawa (violão nylon, teclado, guitarra e voz principal), Passarinho (bateria, programação e voz) e Rafael Pessoto (guitarra e voz).

"A nossa principal influência é a pluralidade de ritmos e estilos", comenta Dom de Oliveira. "Com Chucro, acredito que conseguimos criar uma unidade nos arranjos e nos centramos em uma música mais reta e mais madura", completa. Não à toa, é possível encontrar uma variedade de referências musicais ao longo da audição do disco.

O brega, por exemplo, surge em "Mesa 13"; e "Me Faz Lembrar" parte de uma base de ijexá (ritmo de origem africana). Enquanto "Leve" buscou inspiração na cena contemporânea do Brasil, como Kiko Dinucci e Siba, a faixa "Luvoar" teve como escola a obra de Gilberto Gil. Apresentada como primeiro single, "Delicadinho" virou uma balada anos 1980 (assista ao videoclipe aqui) que fala de amor. Inclusive, a pegada love song também é marca de "Mais de Perto".

As vinhetas "Eu vou/não vai não" e "Pegue Um Pano", além das canções "Qualquer Lugar", "Imamaiah", "Fogo", completam a tracklist de Chucro, surgido ao modo do inusitado kavernístico e brincando com o lúdico em sua produção.

Ficha técnica

1. _o
Amora, Buzina, Batata, Banana, Bolinha, Betinho, Betina, Dina, Manga, Rosinha: vozes
Dom de Oliveira, Gabriel Sielawa e Rafael Pessoto: passos

2. Delicadinho (Dom de Oliveira)
Dom de Oliveira: Baixo e voz
Luiz Felipe Passarinho: Bateria e voz
Gabriel Sielawa: Guitarra 1 e voz principal
Rafael Pessoto: Guitarra 2 e voz
Saulo de Pádua: Percussão

3. QUALQUER LUGAR (Gabriel Sielawa)
Dom de Oliveira: Baixo
Luiz Felipe Passarinho: Bateria
Gabriel Sielawa: Guitarra 1 e vozes
Rafael Pessoto: Guitarra 2

4. LUVOAR (Gabriel Sielawa, Rafael Pessoto)
Dom de Oliveira: Baixo e coro
Luiz Felipe Passarinho: Bateria e coro
Anabê Jardini: Coro
Gabriel Sielawa: Guitarra 1, coro e voz
Rafael Pessoto: Guitarra 2 e coro

5. MAIS DE PERTO (Gabriel Sielawa)
Dom de Oliveira: Baixo
Luiz Felipe Passarinho: Bateria
Gabriel Sielawa: Guitarra 1, órgão e voz principal
Rafael Pessoto: Guitarra 2 e violão:
Anabê Jardini: voz

6. EU VOU/NÃO VAI NÃO (Gabriel Sielawa)
Gabriel Sielawa: Violão e voz
Dom de Oliveira: voz

7. ME FAZ LEMBRAR (Luiz Felipe Passarinho)
Dom de Oliveira: Baixo e voz
Luiz Felipe Passarinho: Bateria e voz
Rafael Pessoto: Guitarra 2 e voz
Saulo de Pádua: Percussão
Gabriel Sielawa: Violão e voz principal

8. LEVE (Gabriel Sielawa)
Dom de Oliveira: Baixo
Luiz Felipe Passarinho: Bateria
Gabriel Sielawa: Guitarra 1 e voz
Rafael Pessoto: Guitarra 2

9. IMAMAIAH (Gabriel Sielawa)
Dom de Oliveira: Baixo
Luiz Felipe Passarinho: Bateria
|Guitarra 1 e voz: Gabriel Sielawa
Rafael Pessoto: Guitarra 2
Saulo de Pádua: Percussão

10. FOGO (Gabriel Sielawa, Dom de Oliveira, Anabê Jardini)
Dom de Oliveira: Baixo e coro
Luiz Felipe Passarinho: Bateria e coro
Diego Xavier, Saulo de Pádua, Anabê Jardini: coro
Gabriel Sielawa: Guitarra 1, coro e voz principal
Rafael Pessoto: Guitarra 2 e coro
Saulo de Pádua: Percussão

11. PEGUE UM PANO (Gabriel Sielawa)
Gabriel Sielawa: Cavaquinho, violão e vozes
Diego Xavier e Ricardo Garofallo: coro
Dom de Oliveira: Pandeiro, surdo e vozes

12. MESA 13 (Luiz Felipe Passarinho, Dom de Oliveira, Rafael Pessoto)
Dom de Oliveira: Baixo
Amora: Ganso
Gabriel Sielawa: Guitarra 1 e voz
Rafael Pessoto: Guitarra 2
Saulo de Pádua: Percussão
Luiz Felipe Passarinho: Programação e bateria

13. o_
Amora, Buzina, Batata, Banana, Bolinha, Betinho, Betina, Dina, Manga, Rosinha: Vozes

Gravado em outubro/novembro de 2020 por Diego Xavier e Alexandre Campos no Estúdio Wasabi, São José dos Campos/SP
Bateria gravada em outubro de 2020 no Fábrica Estúdio por Pablo Lopes, Recife/PE
Mixado e Masterizado por Alexandre Campos
Projeto Gráfico por Clayton Correa
Fotos por Fernanda Baldo


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo