Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Os desafios de liderar uma equipe com mais de 500 pessoas

Os desafios de liderar uma equipe com mais de 500 pessoas

Veja quais são os principais desafios e algumas dicas para quem precisa liderar grandes equipes

Lidar com uma quantidade muito grande de pessoas nunca é uma tarefa fácil, principalmente se tratando de uma equipe de trabalho que reúne pessoas tão diferentes entre si, mas que estão unidas em prol de uma empresa, negócio ou causa. Nesse sentido, você já parou para pensar quais são os desafios de liderar uma equipe com mais de 500 pessoas?

Para entender mais sobre o assunto, falamos com Albert Dabus, executivo da área de seguros, que atualmente lidera um time de pouco mais de 500 pessoas na área de operações da Mercer Marsh Benefícios, uma das maiores empresas de consultoria de benefícios corporativos e corretagem de seguros no mundo. Além disso, tem 7 gerentes diretos, os quais possuem seus respectivos times de coordenadores e estes são responsáveis pelas equipes de analistas.

Quais os desafios de comandar uma grande equipe?

Equipes grandes podem alcançar resultados incríveis se os seus membros estiverem trabalhando em sincronia. Entretanto, por mais que isso seja verdade, gerenciar um time grande está longe de ser simples. Cada pessoa tem suas próprias características, habilidades e problemas, e ajudá-las a trabalhar bem em conjunto não é tarefa fácil.

Albert Dabus explica que alguns desafios são muitos claros e, para ter sucesso, é preciso endereçar cada um deles:

1) Delegar efetivamente

Como líder, muitas vezes é difícil abrir mão de executar determinadas atividades. O “fazer tudo sozinho” vira uma enorme armadilha. É preciso desafiar essa mentalidade, pois delegando com efetividade você não só aumentará o desempenho da equipe, mas também ganhará tempo para se concentrar em questões mais estratégicas. Sem contar que é uma ótima maneira de desenvolver o time. Atente-se nos pontos abaixo:

- Defina quais tarefas poderiam ser passadas para outras pessoas que as ajudariam a se desenvolver;
- Combine a tarefa que deseja delegar com o interesse e necessidades de desenvolvimento dos membros da equipe;
- Explique o que se espera da tarefa e os principais entregáveis, mas sempre escute e peça ideias à outra pessoa sobre como ela pode proceder;
- Forneça suporte e combine períodos para verificar e revisar o progresso;
- Forneça feedback e reconhecimento para que o indivíduo se sinta valorizado pelo trabalho que realizou.

2) Gerenciar conflitos de personalidades

Por mais difíceis que sejam, é importante não ignorar esses problemas. É preciso resistir à tentação de procurar culpados ou de se ater ao passado. Em vez disso, concentre-se no que é necessário para criar uma relação de trabalho respeitosa e eficaz, delineando uma estrutura prática aos envolvidos:

- Seja claro sobre os comportamentos esperados e que deseja ver. Além disso, lembre-se de definir quais comportamentos não são aceitáveis.
- Incentive a responsabilidade individual. Espere que os envolvidos superem problemas pessoais e encontrem uma maneira de trabalhar juntos de forma eficaz;
- Faça avaliações regulares para garantir a harmonia do grupo.

3) Lidar com baixo desempenho

Se você não resolver logo no início o baixo desempenho ou, até mesmo o baixo engajamento, isso invariavelmente afetará a motivação da equipe. É importante não adiar uma conversa difícil. Algumas ideias para a gestão de desempenho são:

- Ser duro com o problema, mas afável com a pessoa;
- Falar com a pessoa e informar sobre a situação. Faça perguntas com empatia para entender se há razões subjacentes;
- Ser claro e específico com o feedback e evite acrescentar emoção.
- Concentrar-se nos momentos em que o desempenho foi realmente bom;
- Fazer perguntas e explorar soluções juntos;
- Apoiar e incentivar, mas seja claro sobre suas expectativas e prazos para melhorias;
- Estabelecer objetivos e metas claros e monitorar o progresso;
- Fazer reuniões regulares de revisão.

4) Desenvolver espírito de equipe e colaboração

Para que qualquer equipe forneça soluções criativas e de alta qualidade, seus membros precisam ser capazes de trabalhar juntos e colaborar.

Albert Dabus resume as características de uma boa colaboração em equipe em 4 áreas principais:

Valores: Para colaborar bem, as equipes precisam compartilhar os mesmos valores. Por exemplo, se o foco de sua organização é atender às necessidades do cliente, toda a equipe precisa concordar com isso para que possam entregar um ótimo produto ou serviço.

Abordagem: A colaboração não acontece simplesmente. Requer incentivo, apoio e feedback. Certifique-se de incentivar as pessoas a compartilhar e trabalhar juntas. Inclua-o nos objetivos das pessoas e compartilhe exemplos de quando isso acontece bem.

Comunicação: Para criar uma cultura de colaboração, as pessoas precisam entender as funções umas das outras e compartilhar ideias. Também vale criar oportunidades para compartilhar ideias por meio de reuniões presenciais ou virtuais. Isso é vital e deve fazer parte de qualquer estratégia geral de comunicação.

Empatia: Acredito que na colaboração de uma equipe bem-sucedida, todos os seus membros falam e ouvem em quantidades similares e se conectam diretamente uns com os outros regularmente. Uma boa colaboração requer um equilíbrio entre apoio e desafio e a capacidade de ouvir todas as ideias.

5) Criar confiança

“Vejo a confiança como um dos ingredientes mais importantes para qualquer equipe. Sem ela é quase impossível apresentar bons resultados. Como líder é preciso dedicar tempo e foco para construir confiança e espírito de equipe. Deve-se evitar o micro gerenciamento e permitir que a equipe encontre suas próprias soluções. E também estar preparado para erros ocasionais, vendo-os como oportunidades para orientação e coaching”, acrescenta Albert Dabus.

É fundamental lembrar que a confiança é recíproca. Se você confia e apoia seus colegas, é muito provável que eles façam o mesmo. Além disso, as equipes que demonstram confiança entre si parecem espelhar esse comportamento com outras pessoas e criarão relacionamentos de confiança com outras áreas e partes interessadas.

6) Comunicar a visão e o propósito

Para caminhar na mesma direção, uma equipe precisa saber para onde está indo ou com o que está contribuindo (visão) e o porquê (propósito). Invista tempo nisso com sua equipe. Essa clareza fornece uma estrutura relevante que pode efetivamente reunir a equipe para trabalhar em conjunto.

Não esqueça que as visões precisam ser atraentes e os propósitos significativos. As pessoas respondem à importância de ambos.

Se deseja formar uma grande equipe, preste atenção especial aos comportamentos. O modo como nos comportamos tem impacto sobre os outros e afeta o modo como eles se comportam. É quando mudamos nossos comportamentos que podemos alcançar de fato uma mudança transformacional.

Como delegar tarefas?

Albert Dabus lembra que é necessária não só uma atenção a todos os pontos que citou anteriormente, mas principalmente confiar no seu time de reportes diretos. “Ter a certeza de que eles não só são suficientemente competentes para entregar o que é preciso, como também garantir que eles estão alinhados com os resultados esperados de cada projeto ou tarefas”, explica.

Como lidar com as diferenças de pessoas e de escalão?

Uma empresa tem pessoas de diferentes classes sociais e cargos. Mas como um líder deve lidar com cada uma? Albert Dabus afirma que o tratamento deve ser igual com toda a equipe, independente de seu escalão.

“Penso que a forma de lidar com pessoas em diferentes níveis na organização, em essência, não deveria ser diferente, ou seja, um líder deve tratar todos com respeito, cuidado e atenção. O que se altera, naturalmente, é o tipo e complexidade do conteúdo, mas fora isso, todos merecem a mesma consideração”, afirma.

Diferentes formas de trabalho

Com a pandemia, muitas equipes passaram a atuar no sistema home-office. Quais os desafios enfrentados nesse sentido? O que foi necessário para manter a eficiência da equipe e os resultados?

A pandemia com certeza trouxe desafios adicionais para algo que já era complexo. Além da distância física e a falta do olho no olho com as pessoas, colocar todo o time em home-office adicionou várias novas variáveis à equação: maior stress, problemas familiares, questões psicológicas, medo, insegurança, dentre tantas outras.

Logo, Alberto Dabus lembra que é essencial que os líderes estejam conscientes desse novo contexto e respeitem as particularidades e o momento de cada integrante da equipe. Cobrando resultados, mas oferecendo flexibilidade. Tratando dos objetivos do trabalho, mas também ouvindo e, até mesmo, fazendo um pouco o papel de psicólogo em algumas circunstâncias. E, acima de tudo, sendo otimista e transmitindo positividade a todos os seus liderados.

Sobre Albert Dabus

Albert Dabus é corretor de seguros habilitado pela SUSEP, formado em administração de empresas pela FGV-EAESP, e tem MBA pela University of Michigan. Possui 17 anos de experiência no mercado de seguros, com passagens por áreas comerciais, técnicas e de backoffice.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo