Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

365 dias de home office: os efeitos na saúde do colaborador

Medicina preventiva pode evitar 78% das idas ao médico e reduzir custos com plano de saúde nas empresas

O modelo de trabalho remoto volta ao foco com o agravamento da pandemia e o estabelecimento de lockdown em diversas partes do país. Desde o início do isolamento social algumas empresas optaram pelo formato que já completa um ano. Desde então a modalidade já sofreu algumas adaptações.

Essa mudança trouxe inúmeros desafios para colaboradores e empresas em relação a saúde ocupacional e segurança jurídica, já que o trabalho remoto no Brasil ainda não tem uma legislação específica. Além das questões estruturantes, equipes ainda enfrentam a necessidade de implementar e testar rotinas e padrões para que o trabalho flua com o menor impacto.

Mas como fica a saúde do colaborador em home office? Com menor controle sobre ergonomia e sobre o ambiente de trabalho e com a alta demanda gerada pela pandemia para clínicas e hospitais, as condições de saúde das equipes passa a precisar depender menos de atendimentos e mais de prevenção.

O médico José Carlos de Rezende, especialista em Medicina de Familia, afirma que a medicina preventiva pode manejar a demanda de saúde do trabalho e a procura por hospitais pode cair em até 78%. Rezende é especialista em Saúde da Família e fundador da startup de saúde Cuida Mais, que atende planos de saúde e empresas com programas de monitoração e prevenção através de exames e acompanhamento médico.

Os custos com planos de saúde podem comprometer entre 12% e 20% da verba das empresas, o que para muitas companhias pode representar um grande desafio.

“A prevenção trabalha a favor da saúde e da redução de custos. Além de melhorar as condições do colaborador e evitar agravamento de doenças, o médico da família cria uma relação constante com o paciente”, afirma Rezende. “O contato entre colaborador e médico não fica restrito aos estágios agudos, mas mesmo antes da contratação, com exames admissionais e segue para avaliações de saúde periódicas ou quando há mudança de função”, completa.

A empresa trabalha para garantir o cuidado com a saúde ocupacional, mesmo nas funções remotas. Rezende ainda afirma que além de realizar exames é muito importante que a empresa realize treinamentos a cada rotina específica de cada atividade laboral e que também ofereça orientações ergonômicas, incentive uma rotina saudável e estimule o cuidado com a saúde mental.

“Desde o início do nosso projeto, temos notado que as empresas têm essa necessidade de oferecer um bom atendimento para seus colaboradores por um custo acessível. Principalmente quando o investimento é realizado de maneira errada e não resolve, de fato, as necessidades de saúde. Os altos preços, aliás, restringem o acesso de milhões de brasileiros a consultas médicas e exames”, explica.

Sobre a Cuida Mais

A Cuida Mais é uma startup que oferece às empresas um formato integrativo de cuidados em saúde por um pequeno investimento mensal. As companhias pagam um valor por colaborador e tem à disposição um médico para atendimento presencial ou via telemedicina. O profissional solicita exames e realiza encaminhamentos a outros especialistas quando necessário. Além disso, o paciente pode realizar os demais atendimentos nas diversas clínicas e laboratórios credenciados à Cuida Mais, pagando apenas pelo o que usar e com valores especiais.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo