Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Evento internacional do CVG-RJ mostrará caminhos para distribuição do seguro pós-pandemia

Marcado para 24 de fevereiro, às 13 horas, no canal do Youtube do CVG-RJ: https://youtu.be/cz1CFgIIxXo “Os Desafios da Distribuição de Seguros pós Covid no Brasil e na Europa” será um dos maiores acontecimentos realizados pelas entidades do setor neste início de ano.

A grande atração do evento será e o especialista, de projeção internacional, o espanhol César García González. Advogado, doutor em Direito de Seguros, corretor, conselheiro do escritório RSA, em Portugal. Delegado da Associação Profissional de Mediadores de Seguros (Apromes-Portugal). É gerente de sinistros da Brasil e diretor de sinistros de várias seguradoras, além de assessor jurídico.

Na avaliação de Garcia, “o evento vai ajudar aos profissionais da indústria seguradora brasileira a refletirem sobre o desenvolvimento das suas atividades”.

Conhecer o que está ocorrendo na Europa, segundo o expert, permitirá que “o Brasil se antecipe aos fatos”. Além disso, ele destaca que estarão participando do evento Nilton Molina e Henrique Brandão, “dois grandes profissionais e referências do setor segurador, que irão analisar os impactos mais relevantes no Brasil”.

Além da abordagem estatística, Garcia adianta que em sua participação no evento irá expor os caminhos da indústria seguradora na União Europeia.

O mercado brasileiro de seguros, bem como todos os mercados ao redor do mundo, “têm um potencial enorme de crescimento, pois cada vez mais, os riscos são maiores e os desafios também. Sem seguro nada disso poderá se desenvolver”, afirma Garcia.

Entretanto, ele acredita que “para crescer com firmeza, é preciso formação financeira, que não pode ser feita apenas nas escolas, mas também pelos distribuidores, pois quem não conhece os riscos de uma atividade não valoriza o seguro e quem não valoriza o seguro, não irá contratá-lo”, analisa.

Com relação à importância da indústria seguradora no PIB europeu, o especialista explica que “a Europa são muitas Europas. Não dá para comparar o perfil do PIB da Dinamarca, da Bulgária, e outros países, que não utilizam a moeda comum, o Euro, ao perfil do PIB da Itália, Bélgica, etc, que mesmo sendo da zona do Euro, possuem modelos de produção bem diferentes”.

Feitas estas considerações, o professor Garcia diz que “podemos considerar que a média de participação do seguro no PIB europeu gira em torno de 6%, levando-se em conta que o PIB da zona do Euro, em 2019, foi de 11.935.526,00 milhões de Euros, o montante aproximado dos prêmios foi de 716.131,56 milhões de Euros. Um dos efeitos da Covid-19 é a queda no PIB da zona do Euro de aproximadamente 7% (dados ainda por fechar)”, afirma, acrescentando:

“Considerando-se que os dados estatísticos ainda não foram fechados, estima-se uma queda na distribuição de seguros nas novas contratações de aproximadamente 55% e de cerca de 8% na arrecadação dos prêmios”.

Embora julgue prematuro emitir qualquer previsão de crescimento para o setor em 2021, Garcia afirma que a maioria dos analistas tem feito uma estimativa de crescimento em torno de 3% a 3,5%.

“Na minha opinião, esses percentuais vão variar muito segundo os ramos. Saúde, por exemplo, já experimenta um crescimento de dois dígitos e vida poupança/investimento, está em queda.

Para os profissionais do setor ele deixa algumas dicas para continuarem investindo e acreditando no seu crescimento: apostar na digitalização humanizada; procurar nichos de mercado atraentes para o cliente, não para a seguradora (riscos de baixa sinistralidade) e nem para o distribuidor (alto comissionamento.)

“A pandemia acelerou muitas mudanças no mercado e impulsou os processos de digitalização da economia, dos modelos de produção e do relacionamento com os clientes. Além disso, ajudou muito a valorizar o que é o seguro, e para que serve”, concluiu.

A primeira iniciativa internacional do CVG-RJ de 2021 é aberta ao público e será mediada pelo presidente do CVG-RJ, Octávio Perissé, e pelo vice-presidente do CVG-RJ, Enio Miraglia. Além de César Garcia irão participar do debate: o presidente do Sincor-RJ, Henrique Brandão, o presidente do Conselho de Administração da MAG Seguros e do Instituto de Longevidade Mongeral Aegon, Nilton Molina.

Serviço:
Evento virtual: Almoço com Seguro
Tema: Os Desafios da Distribuição de Seguros pós Covid no Brasil e na Europa
Palestrantes: César García González, Henrique Brandão e Nilton Molina
Moderação: Octávio Perissé e Enio Miraglia
Dia: 24 de fevereiro de 2021
Horário: 13 horas
Canal do CVG-RJ no Youtube: https://youtu.be/cz1CFgIIxXo

Sobre o CVG-RJ |

O Clube Vida em Grupo do Rio de Janeiro surgiu há 54 anos com o objetivo de estimular o crescimento dos Seguros de Pessoas no Brasil. Hoje, as empresas beneméritas colaboram para que o CVG-RJ desenvolva as suas atividades, entre seguradoras, corretoras, consultorias e assessorias de seguro. Ao todo, são mais de 1.200 associados, que participam de sua programação. Em cursos de formação profissional, foram capacitados milhares de alunos, que hoje desempenham funções importantes nas empresas do mercado.

A diretoria executiva 2019-2021 é composta por: presidente: Octávio Colbert Perissé; vice-presidente: Enio Miraglia; diretoria de seguros: Edson Calheiros; diretoria social: Wellington Costa e diretoria financeira: Gilberto Villela.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo