Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Monkey Exchange lança Spike plataforma exclusiva para PMEs

A proposta da plataforma é dar melhores condições para a antecipação de pagamentos via cartão de crédito à estabelecimentos comerciais

O mercado de recebíveis de cartões movimenta 1,5 trilhões de reais por ano e, no ano de 2019, cerca de 63% do volume transacionado em cartões correspondeu a movimentações feitas por cartão de crédito, um aumento de 19,8% em relação a 2018. Enxergando o potencial desse mercado, a Monkey Exchange, maior marketplace de recebíveis da América Latina, criou uma solução que aproxima PMEs e instituições financeiras em uma só rede para a antecipação de pagamentos via cartão de crédito.

Com o Spike, nome dado à plataforma, os estabelecimentos comerciais terão melhores condições de antecipação das suas respectivas agendas de cartão de crédito, além de uma solução que dará acesso a uma plataforma digital, onde o empreendedor poderá consultar seus recebíveis e montar os parâmetros (volume, prazos, fornecedores) da antecipação, além de buscar todas as ofertas disponíveis pelos agentes financeiros cadastrados na plataforma.

"Nossa proposta é empoderar os pequenos e médios estabelecimentos comerciais, oferecendo não só taxas mais competitivas, mas ajudando-os a desmistificar o fluxo de recebimento. Os lojistas poderão visualizar tudo o que tem a receber das adquirentes, cotar uma antecipação com vários bancos e fundos e por fim contratar a operação com quem melhor lhe atender, tudo isso com três clicks", explica Bernardo do Vale, sócio responsável pela área de clientes e instituições financeiras na Monkey e que está liderando o novo projeto.

Sendo uma fintech segura e escalável, a Monkey vem reduzindo o custo financeiro das empresas e tem aumentado o acesso a liquidez via os mais de 20 Bancos que estão conectados com a plataforma. Com essa nova frente, a fintech se consolida como a maior marketplace de recebíveis da América Latina, estando presente em diversos tipos (duplicatas, arranjos de pagamentos entre outros). "Cada vez mais queremos criar novas soluções para inovar o mercado como um todo. Historicamente os produtos de antecipação de agenda de cartões estavam muito concentrados nas grandes credenciadoras, mas com o Spike queremos incluir novos agentes financeiros e dar mais acesso a esse mercado. O modelo de negócio do Spike reflete o nosso entendimento de que para melhorar a vida e levar competitividade para as PMEs nós não precisamos ser financiadores, mas sim termos a capacidade de conectá-los e prover um melhor ambiente de negócios", destaca Bernardo.

Sobre a Monkey Exchange :

Maior marketplace de recebíveis da América Latina, a Monkey Exchange foi criada em 2016 por Gustavo Muller (CEO), Bruno Oliveira (COO) e Felipe Adorno (CTO). Tem como investidores a Wayra, hub de inovação aberta do grupo Telefónica/Vivo e anjos. A startup atua com controle de processo, leilão reverso com vantagens, white label funcional e supply chain finance e tem como clientes mais de 55 grandes empresas, incluindo Fiat Chrysler, Gerdau, Saint-Gobain, GRSA e Usiminas.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo