Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Pandemia vai trazer um novo consumidor para o varejo

pixabay pixabay

As transformações que a pandemia de Covid-19 está trazendo para o segmento do varejo foram o tema da live promovida no YouTube da SUCESU-RS em 7 de maio com três convidados de diferentes áreas do varejo físico, online e misto.

As transformações que a pandemia de Covid-19 está trazendo para o segmento do varejo foram o tema da live promovida no YouTube da SUCESU-RS em 7 de maio com três convidados de diferentes áreas do varejo físico, online e misto. Todos foram unânimes em dizer que a retomada não será rápida, mas concordaram com alguns aprendizados tais como: é preciso levar a loja até o cliente através em todos os canais possíveis; o WhatsApp se revelou um grande canal de vendas e é possível fazer mais em menos tempo.

Conforme Jose Roberto Resende, VP de Marketing e Relações Internacionais da CDL POA, está é uma crise que nem a ficção conseguiu prever, já que nos últimos dias cerca de 50% da humanidade estava em casa. “Uma crise de saúde que gera uma crise econômica e que no Brasil ainda temos uma característica especial de ter uma crise política. Os empresários são heróis para suportar tudo isso”, disse. Mas como deve ser o consumidor depois da crise? Na análise de Resende, o Brasil deve ter um consumidor muito mais digital, pois houve um avanço de cerca de cinco anos em poucas semanas em termos de tecnologia, muitos entrantes no digital, o crescimento do e-commerce de comida vai se manter, mas, acima de tudo, o consumidor estará com menor poder aquisitivo, já que pesquisas indicam que serão de 20 a 25 milhões de desempregados no pais.

Pedro Martini, CIO do Grupo Infoar, trouxe a experiência de uma empresa que deixou de ser varejo físico em 2008, o primeiro marketplace do sul do país. Mesmo assim algumas mudanças estão sendo necessárias em função da pandemia. Ele conta que um ponto de inovação da empresa foi abrir novas frentes de compras de produtos e categorias de vendas, como bem-estar e saúde. Outra alteração foi na entrega, pois agora o consumidor não está mais tão preocupado com a agilidade, mas com a segurança. “Quem conseguiu mudar rapidamente colheu frutos muito positivos. Nesse “novo normal” tem que estar preparado a mudança constante. Precisamos formatar um modelo que providencie essa mudança de negócios das organizações e que ela seja percebida pelo cliente final”, relatou.

No varejo de calçados femininos o impacto não foi diferente. A Arezzo possui cerca de 800 lojas físicas que correspondem a 80% do faturamento. Marcelo Luciano Manoel, Gerente TI Corporativo da Arezzo, contou que além de agir rápido com novas estratégias a empresa já estava se estruturando para ampliar as vendas na web, o que foi fundamental nesse momento. “Nossas vendedoras usam o estoque da web para vender pelo WhatsApp. Antes da pandemia a adesão por esse canal estava baixa, agora subiu muito, e nossa expectativa e que quando as lojas reabrirem isso será somado”, avalia. Ele alerta, no entanto, que isso tudo só foi possível de ser feito pois já tinham uma base de CRM preparada.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS