Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Despesa com terapias cresce 31,3% em 2018, revela IESS

Crédito: pixabay.com_CC0 Creative Commons Crédito: pixabay.com_CC0 Creative Commons

Para evitar aumentos desnecessários no reajuste de planos de saúde, Instituto alerta para a necessidade de controle na incorporação de tecnologias com critérios de custo-efetividade

As despesas com terapias foram as que mais cresceram no setor de saúde suplementar em 2018. A alta foi de 31,3% segundo o Índice de Variação de Custos Médico-Hospitalares (VCMH) do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS). O grupo de procedimentos engloba serviços como hemoterapia, litotripsia extracorpórea, quimioterapia, radiologia intervencionista, radioterapia, terapia renal, fisioterapia etc.

José Cechin, superintendente executivo do IESS, explica que grande parte deste aumento está relacionado à incorporação de novas tecnologias, ou seja, medicamentos, procedimentos e aparelhos para os tratamentos. Por outro lado, deixa claro que esse não é necessariamente um processo negativo. "Nós desejamos a incorporação de tecnologia e sonhamos com ela, inclusive as que nem existem hoje, mas temos que entender que elas têm um custo, despesas muito mais altas que as atuais", pondera.

O executivo aponta que as medicações antineoplásicas orais dadas em meio ambulatorial, por exemplo, são extraordinárias para as pessoas que têm uma doença grave e necessitam desse medicamento, especialmente porque além de eficazes não têm um efeito colateral tão grave quanto outros tratamentos. "O custo desse tipo de tratamento, claro, o setor está preparado para pagar. Já que é algo tão positivo", afirma. Contudo, Cechin destaca que nem todas as novas tecnologias se enquadram nesta realidade, sendo que muitas não acrescentam benefícios para o paciente em qualidade de vida ou de melhora no desfecho clínico. "Para evitar que apenas tenhamos um aumento de gastos sem retorno para os beneficiários tratados, precisamos de critérios mais claros de incorporação de novas tecnologias", alerta.

Cechin ainda pondera que é fundamental combater aumentos de despesas desnecessárias porque, em última análise, elas pesam na conta para os beneficiários, tornando o acesso aos planos de saúde mais caro. "Os avanços de custo sem necessidade se refletem, em parte, em aumento de mensalidade na época dos reajustes de planos de saúde, o que não interessa para ninguém", opina. "Nem para a operadora que está tendo aumento de despesas sem entregar um serviço necessariamente de mais qualidade, nem para a população que terá mais dificuldade em arcar com o plano, que é um dos 3 maiores sonhos do brasileiro", completa. De acordo com pesquisa do Ibope, o plano de saúde é o terceiro maior desejo da população, atrás apenas da casa própria e educação.

Além dos custos de Terapias, o VCMH/IESS também registrou avanço nas despesas com Serviços Ambulatoriais (+19,7%), Internações (+16,5%), Consultas (12,3%) e Exames (+9,9%).

No total, as despesas assistenciais per capita de operadoras de saúde com os beneficiários de planos médico-hospitalares voltaram a acelerar e encerraram 2018 com alta de 17,3% Em relação a 2017, o VCMH registrou avanço de 0,8 ponto porcentual.

Sobre o IESS

O Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) é uma entidade sem fins lucrativos com o objetivo de promover e realizar estudos sobre saúde suplementar baseados em aspectos conceituais e técnicos que colaboram para a implementação de políticas e para a introdução de melhores práticas. O Instituto busca preparar o Brasil para enfrentar os desafios do financiamento à saúde, como também para aproveitar as imensas oportunidades e avanços no setor em benefício de todos que colaboram com a promoção da saúde e de todos os cidadãos. O IESS é uma referência nacional em estudos de saúde suplementar pela excelência técnica e independência, pela produção de estatísticas, propostas de políticas e a promoção de debates que levem à sustentabilidade da saúde suplementar.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS