Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Consequências cerebrais da Covid-19

*Por Dr. Pedro Schestatsky

Desde março de 2020, estudos e pesquisas estão sendo desenvolvidos em torno do novo coronavírus. Principais sintomas, tratamentos, medicamentos, prevenção, vacinas são os principais focos dos pesquisadores do mundo inteiro. O vírus pode se desenvolver dentro dos seres humanos em três estágios. A esmagadora maioria dos pacientes (cerca de 90%) terá apenas a infecção inicial que varia de pacientes assintomáticos até gripados. Neste estágio ocorre a replicação normal do vírus passível de ser detectado pelo exame PCR.

O segundo estágio (5% dos pacientes), denominado fase pulmonar, é quando os pacientes já começam a apresentar quadro de falta de ar, alterações radiológicas (comprometimento pulmonar) e intensificação da multiplicação viral no organismo. E, por fim, o terceiro estágio, a fase hiperinflamatória (5%). Nesse momento, os pacientes evoluem para a chamada “tempestade inflamatória” que levam a quadros de pneumonia grave, septicemia (complicação potencialmente fatal de uma infecção) e necessidade de ventilação mecânica dentro de uma CTI.

O que os estudos estão revelando é que quanto maior o avanço da doença e duração da internação hospitalar, maiores serão os riscos neurológicos. Mas tudo isso, é claro, não impede que um paciente em estágio 1 da Covid-19 também apresente manifestações neurológicas a longo prazo. De maneira geral, 20% a 70% dos pacientes apresentam algum tipo de sintoma neurológico durante ou mesmo 6 meses após a infecção.

Isso significa que essas manifestações podem ser desde os principais sintomas – dor de cabeça, náusea, vômitos e confusão mental – até um possível AVC, demência e, em muitos casos, os principais transtornos de humor.

Existem dois mecanismos pelos quais desenvolvemos as principais manifestações neurológicas diante de um quadro de Covid-19:

Neurorrespiratório: um simples ato de prender a respiração pelo nariz e boca ou hiperventilar (respiração acelerada) é suficiente para apresentar sensações estranhas que, em alguns minutos, pode levar ao sufocamento e asfixia.
Invasão cerebral: causada pelo sangue ou nervos, na forma de uma trombose, inflamação ou depleção (perda) de neurotransmissores.

A questão é que a trombose, a inflamação e a depleção podem ocasionar uma hipóxia cerebral (redução da oxigenação cerebral), neurotoxicidade (alteração da atividade normal do sistema nervoso por causa de substâncias tóxicas ou artificiais no cérebro) e a lesão tecidual. Tudo isso de forma muito rápida e, na maioria das vezes, como processos irreversíveis.

Mas como o vírus entra no corpo humano?

As principais formas de um vírus entrar no corpo humano são pela boca, nariz ou olho. Mas não para por aí. Após conseguir adentrar a essas cavidades, o vírus possui estrutura suficiente para romper barreiras e alcançar, em primeiro momento, o pulmão. É por isso que, durante o diagnóstico da Covid-19, os profissionais de saúde utilizam os exames de imagem para auxiliar no processo, pois eles são capazes de identificar o comprometimento pulmonar do paciente. Em seguida, o vírus pode entrar em vasos sanguíneos presentes no pulmão e, com isso, circular por todo o corpo humano.

A partir dessa fase, o corpo humano identifica a presença deste corpo estranho (o vírus da Covid-19) e, com o objetivo de defesa do organismo, provoca inflamações. Justamente são essas inflamações que podem gerar micro tromboses e coágulos, que por sua vez causam lesões neurais, reduzindo os neurotransmissores. Um estudo publicado pela Revista Lancet, este ano, apresenta dados interessantes sobre isso. Ao entrevistar 236 mil pacientes após seis meses de alta da Covid-19, identificou-se que grande parte deles pode apresentar alterações como demência, problemas musculares, nos nervos e AVCs hemorrágicos e isquêmicos. Casos raros, mas presentes. Porém, 25% evoluíram para transtornos de humor pós-Covid-19, que os médicos ainda não sabem explicar.

Vale destacar que o nariz também pode ser a porta de entrada do vírus diretamente para o cérebro e, por isso, quem tem anosmia (diminuição ou perda total do olfato) tem mais chance de desenvolver sintomas neurológicos a longo prazo. Por fim, é importante destacar que ao mesmo tempo que os genes são capazes de nos proteger, podem nos vulnerabilizar na Covid-19. Podem regular a disfunção mitocondrial (usinas das nossas células), e o paciente terá mais tromboses, inflamações e infecções. Mesmo assim, existem pessoas que, infelizmente, vão a óbito pela doença, e no Brasil, já atingimos a triste marca de 470 mil.

Então, vale lembrar que seis dimensões da saúde precisam estar danificadas, simultaneamente, para que um quadro da Covid-19 seja fatal: estilo de vida, ambiente, comorbidades, genética do hospedeiro, genética do vírus e imunogenética. Ainda que possamos ter estilo de vida equilibrado, em um ambiente saudável e sem comorbidades, é a genética que pode ser o grande vilão no combate à guerra contra a Covid-19.

Sobre Dr. Pedro Schestatsky

Dr. Pedro Schestatsky é médico neurologista, professor, pesquisador, palestrante e empreendedor de novas tecnologias em Medicina, residente em Porto Alegre. Ficou nacionalmente conhecido após sua palestra TEDMED ao argumentar que a tecnologia não irá substituir os médicos no futuro, mas sim empoderar os pacientes para que se cuidem melhor de si mesmo. Também é autor do recém best-seller “Medicina do Amanhã”.

Referência

Taquet et al. 6-month neurological and psychiatric outcomes in 236 379 survivors of COVID-19: a retrospective cohort study using electronic health records. Lancet Psychiatry. 2021 May;8(5):416-427.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo