Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Estudo internacional com participação de cirurgião brasileiro demonstra que obesidade aumenta sobremaneira complicações da Covid-19

Trabalho aponta que inflamação constante em obesos torna-os suscetíveis a formas graves de insuficiência respiratória

Estudo publicado pela Federação Internacional para a Cirurgia da Obesidade e Transtornos Metabólicos – IFSO reuniu cirurgiões bariátricos de diversos países que publicaram conclusões de diversos estudos científicos envolvendo mais de oito milhões de pacientes a fim de pesquisar a relação entre obesidade e a Covid-19. Entre os médicos participantes, está o brasileiro e ex-presidente da instituição, além de também ex-presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, o cirurgião bariátrico Almino Cardoso Ramos.

Segundo Ramos, a principal conclusão é que a obesidade aumenta os riscos de contágio e de evolução para uma forma clínica mais grave da doença com maior possibilidade de internação hospitalar, transferência para unidade de terapia intensiva, intubação por insuficiência respiratória e de desfecho fatal. “Quanto maior o IMC – índice de massa corporal do paciente infectado por Covid-19, maior será o risco de complicações, independentemente da idade”, diz. Segundo ele, a questão é que a obesidade se caracteriza por um estado contínuo de inflamação que aumenta, sobremaneira, a chance de ele vir a ter complicações graves como a insuficiência respiratória. “Pelo fato de o coronavírus ter afinidade pelas células de gordura e atacar principalmente os pulmões, a pessoa obesa acaba tendo o seu quadro infeccioso agravado e a doença acaba assumindo um maior perigo. Chegamos à conclusão, por meio deste farto material, que quanto mais obeso, como citei, mais risco ao paciente que se infecta com o coronavírus. Inclusive, de óbito”, revela o médico.

Além disso, o cirurgião alerta para o perigo de formação de coágulos já que essa é uma das consequências da infecção por Covid-19. “Pode ocasionar trombose ou embolia, doenças perigosas e com alto índice de mortalidade. E quanto mais obesa a pessoa é, mais esse risco foi observado também”, afirma. Segundo o ex-presidente da IFSO, outra dificuldade apresentada é a questão de deitar o paciente de bruços para melhorar a oxigenação dos pulmões – técnica muito utilizada e às vezes vital na melhora do infectado pois, entre outros benefícios, melhora o fluxo sanguíneo. “A obesidade dificulta muito esta posição”, explica.

A Pesquisa Nacional de Saúde divulgada no final do ano passado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) indica que 60,3% dos brasileiros com 18 anos ou mais - o que corresponde a 96 milhões de pessoas -, estavam acima do peso em 2019. Dentro desse grupo, 41,2 milhões (25,9% da população) estavam obesos, ou seja, característica observada em uma a cada quatro pessoas.

A pesquisa também identificou que 19,4% dos adolescentes entre 15 e 17 anos no Brasil estão acima do peso, sendo que 6,7% estão obesos. Entre 2003 e 2019, os resultados de duas pesquisas do IBGE mostraram que a proporção de obesos na população com 20 anos ou mais de idade do país saltou de 12,2% para 26,8%. Já a proporção de pessoas com excesso de peso subiu de 43,3% para 61,7%.

“São dados extremamente preocupantes, que já demonstravam um risco grande à saúde. Agora, por conta da Covid-19, o risco aumentou sobremaneira. É da mais alta importância que a população com obesidade se conscientize, procure tratamento, pois no momento o risco é bem maior. O tratamento adequado da obesidade na atual realidade deve ser encarado como prioridade!”, finaliza o cirurgião bariátrico Almino Cardoso Ramos.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo