Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Estudo associa síndrome do ovário policístico a maior risco de Covid-19; entenda a origem e possíveis tratamentos da doença com o especialista César Patez

O obstetra e ginecologista César Patez também ressalta outros grupos de mulheres mais suscetíveis a desenvolver complicações do coronavírus, caso sejam infectadas

Pesquisadores da Universidade de Birmingham, no Reino Unido, concluíram durante estudo que mulheres que sofrem da síndrome do ovário policístico (SOP) têm risco maior de contrair a Covid-19 em relação às que não apresentam o distúrbio no sistema reprodutor.

Entre janeiro e julho de 2020, foram analisados mais de 100 mil registros de pacientes no Reino Unido e cerca de 21 mil dessas mulheres apresentavam a síndrome. Publicada em fevereiro deste ano no European Journal of Endocrinology, a pesquisa mostrou que a incidência da Covid-19 em mulheres com SOP foi quase duas vezes maior do que em mulheres sem o problema.

Além disso, mesmo levando em consideração os fatores de risco ligados ao coronavírus, como obesidade, diabetes e hipertensão, a probabilidade de se infectar com o vírus continuou maior entre as mulheres com ovários policísticos.

Por conta desses dados alarmantes, a pesquisa debate a criação de estratégias que incluam as mulheres com SOP nas políticas públicas de combate à Covid-19 em diversos países. De acordo com a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), a síndrome acomete entre 5% e 21% das mulheres em período reprodutivo.

O obstetra e ginecologista César Patez explica porque a SOP é tão comum entre as mulheres. “Vários fatores têm sido analisados no que diz respeito à origem do problema. Há componentes genéticos envolvidos, fatores metabólicos pré e pós natais, distúrbios endócrinos hereditários, resistência à insulina e fatores comportamentais, como a alimentação e a prática de atividade física”, afirma.

Por enquanto, não existe uma cura definitiva para a síndrome do ovário policístico, contudo, um tratamento bem conduzido favorece o resultado desejado, trazendo conforto e bem-estar à mulher. “Os métodos variam de paciente para paciente. É possível utilizar pílulas anticoncepcionais, adotar um estilo de vida mais saudável, indutores de ovulação nas pacientes que desejam engravidar e até mesmo cirurgias, nos casos mais graves.”

A síndrome ocorre quando os ovários formam cistos, assim que o processo de produção e liberação é interrompido por uma falha nos folículos da glândula. Dentre os principais sintomas da SOP estão o ciclo menstrual irregular e níveis elevados de hormônios que podem causar, por exemplo, excesso de pelos no rosto e no corpo.

Outro possível efeito da síndrome é a maior tendência a desenvolver doenças como diabetes tipo 2 e hipertensão, que estão dentre os fatores de risco para a Covid-19, além de transtornos mentais como ansiedade e depressão.

O especialista também ressalta outros grupos de mulheres que apresentam mais risco de desenvolver complicações da Covid-19, caso sejam infectadas.

“Pacientes gestantes ou que estão na fase pós-parto, fumantes imunocomprometidas, mulheres com índice de massa corporal (IMC) aumentado, diabéticas, portadoras de doença pulmonares, autoimunes, hematológicas, cardíacas e neurológicas. A idade acima de 60 anos também é um outro fator de risco para homens e mulheres, favorecendo as complicações”, completa.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo