Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Covid-19 volta a cair nos canteiros de obras paulistas

Boa notícia não dispensa reforço constante das medidas de prevenção, recomendam SindusCon-SP e Seconci-SP

O número de casos suspeitos e confirmados de contaminação pelo coronavírus nos canteiros de obras do Estado de São Paulo voltou a cair. Foi o que constatou a 33ª Pesquisa “Conhecendo as Ações das Construtoras Paulistas no Combate à Covid-19”, realizada semanalmente por SindusCon-SP e Seconci-SP (Serviço Social da Construção).

Os casos suspeitos de contaminação pela doença nos canteiros de obras diminuíram de 0,29% para 0,11% do número de trabalhadores; e os confirmados declinaram de 0,12% para 0,05%.

Odair Senra, presidente do SindusCon-SP, e Haruo Ishikawa, presidente do Seconci-SP, consideram essas quedas positivas e as atribuem aos cuidados redobrados adotados pelas construtoras e pelos trabalhadores diante do recrudescimento da pandemia nas últimas semanas. Eles lembram que, em dezembro, as entidades lançaram uma campanha de reforço às medidas de prevenção nos canteiros.

“No entanto, ainda será preciso reforçar constantemente as medidas de proteção, pois a vacinação tardará meses e o vírus agora está circulando com mais intensidade. Mais uma vez, o momento não é de baixar a guarda”, afirmam Senra e Ishikawa.

Nesta 33ª rodada, foram obtidas respostas de 41 empresas, responsáveis por 528 obras, envolvendo 34.631 empregos diretos e terceirizados, de 17 de dezembro a 6 de janeiro. Principais resultados da 33ª Pesquisa:

0,11% afastados por suspeita de Covid-19;
0,05% afastados por confirmação da doença;
527 obras em andamento e 1 parada;
98% do pessoal estão em atividade;
100% das empresas adotam medição de temperatura e higienização das mãos, dão orientações diárias sobre prevenção, e higienizam e realizam demarcações em áreas de vivência;
98% orientam sobre limpeza dos Equipamentos de Proteção Individual e afixam informativos impressos sobre a Covid-19 nos locais de circulação;
95% fornecem máscaras para o transporte;
93% fornecem máscaras para utilização na obra, realizam limpeza de EPIs e ferramentas e instituem horários escalonados para entrada, saída e refeições;
88% realizam outras práticas para a prevenção da contaminação entre os trabalhadores e a comunidade e distribuem informativos eletrônicos de orientação.


Os presidentes do SindusCon-SP e do Seconci-SP reafirmam o convite para mais empresas com obras no Estado de São Paulo participarem das próximas rodadas; basta enviar um e-mail para e o Seconci-SP entrará em contato para incluir a construtora na enquete. As entidades garantem sigilo absoluto sobre as informações prestadas.
Veja os relatórios completos das rodadas pesquisa:
Cinco últimas
24ª à 28ª
19ª à 23ª
13ª à 18ª
7ª à 12ª
Seis primeiras

Sobre o SindusCon-SP

O SindusCon-SP é a maior associação de empresas da indústria da construção na América Latina. Congrega 850 construtoras associadas e representa as cerca de 50 mil empresas de construção residencial, industrial, comercial, obras de infraestrutura e habitação popular, localizadas no Estado de São Paulo. Tem sede na capital paulista, e representações em nove regionais e uma delegacia nos principais municípios do Interior. A construção paulista representa 27,6% da construção brasileira, que por sua vez equivale a 4% do PIB brasileiro.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo