Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Escolha do tênis adequado influencia mas não é parte mais fundamental na saúde e performance do atleta

Palmilhas ortopédicas ajudam a reduzir dores nos pés em praticantes de corrida - Divulgação/Banco de Dados Palmilhas ortopédicas ajudam a reduzir dores nos pés em praticantes de corrida - Divulgação/Banco de Dados

Seja o corredor de fim de semana ou o praticante assíduo do esporte, todos têm algo em comum: as reclamações de dores nos pés, tornozelos ou joelhos

O calçado influencia a execução de atividades de muitas maneiras, podendo causar dores e lesões nos pés se não for adequado para atividades físicas e possuir a proteção necessária para os pés. Por exemplo, o tênis pode ser duro demais e não proporcionar a maciez necessária para o impacto ou ser muito macio e exigir da musculatura um desgaste maior para se movimentar. Mas, na maioria das vezes, as dores e lesões são causadas por erro (excesso) de treino ou problemas biomecânicos (com pisada errada).

“Com o verão, as pessoas decidem adotar hábitos saudáveis em sua rotina, e a corrida é um deles. O clima propicia muito um ambiente agradável para correr em qualquer horário, e isso faz com que as pessoas aumentem muito o quanto correm, e deixem a esteira de lado para correr nas ruas, porém correr na rua implica em duas questões importantes que devem ser avaliadas: o terreno e a pisada.”, declara Mateus Martinez, Diretor de Fisioterapia da Pés Sem Dor.

Inicialmente, é necessário ter em mente um planejamento da corrida em questão junto de uma avaliação precisa da pisada do corredor e o tipo de terreno em que ele irá praticar o esporte, pois cada um desses fatores é importante.

Atualmente sabe-se que melhor que a escolha dos calçados é a escolha das palmilhas confeccionadas, que podem ser totalmente personalizadas após testes realizados por especialistas, como na Pés Sem Dor, onde as palmilhas são produzidas uma a uma por impressoras 3D, após uma avaliação biomecânica e da pisada.

“Essa avaliação faz com que confeccionemos palmilhas feitas de acordo com a necessidade do esportista, aqui tudo feito sob medida, respeitando até mesmo as diferenças entre o pé direito e o esquerdo. Além de otimizar a performance, torna a prática do esporte mais agradável, sem dores ou lesões”, explica Martinez.

Por isso é importante uma análise completa do pé da pessoa, que vai desde a pisada até o terreno e a carga de treino, a fim de identificar a real necessidade do esportista, de acordo com seus objetivos dentro do mundo da corrida.

Sobre a Pés Sem Dor

Em 2009, Thomas Case buscava uma solução para seus próprios problemas com a dor devido aos seus pés chatos, tornozelos desabados e problemas no joelho. A simples confecção de uma palmilha ortopédica sob medida conseguiu alcançar um alívio total. A partir dessa experiência e com sua visão empreendedora, avaliou que este poderia ser um mercado muito interessante, já que dores desse tipo são um problema comum na rotina das pessoas.

Seu desafio na época era massificar o desenvolvimento e distribuição daquelas palmilhas até então produzidas de forma artesanal e, consequentemente, muito limitada. A partir desse propósito o negócio foi rapidamente estruturado com a realização de investimentos nas mais avançadas tecnologias de escaneamento digital, inteligência artificial e impressão 3D. Nascia então a Pés Sem Dor.

Atualmente, são 55 pontos de avaliação e vendas onde trabalham 108 fisioterapeutas. A linha de produção que recebe um a um os pedidos totalmente personalizados é composta por 110 impressoras, formando o maior parque de impressoras 3D do Brasil. Um processo totalmente sustentável sem produção de resíduos e ainda sem poluição sonora.

São diversos tipos de palmilhas, de acordo com seu uso, como as específicas para uso em tênis, chuteiras, sapatos de salto alto, chinelos, etc. Todas produzidas em filamentos de TPU (poliuretano termoplástico), um material que possui resistência e flexibilidade garantindo mais conforto e durabilidade.



Publicidade



Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS