Brasil,

Convite à “revolução verde”: Pangeia estreia marketplace de produtos sustentáveis com pequenas e grandes marcas

Junto à evolução do número de marcas genuinamente engajadas com causas socioambientais e de consumidores mais conscientes, uma tendência impulsionada pela transformação digital nos negócios é o surgimento de marketplaces dedicados à venda exclusiva de produtos sustentáveis, que facilitam essas conexões e trazem junto um convite ao engajamento ambiental. Com o propósito de promover e facilitar o consumo consciente no Brasil, um projeto ambicioso está sendo desenvolvido pela PANGEIA, que já tem experiência de 5 anos com e-commerce voltado a esse nicho e é, desde 2019, a loja oficial e exclusiva da WWF-Brasil. A empresa redesenhou sua plataforma para ser um dos grandes players do mercado brasileiro de produtos sustentáveis e alimentos orgânicos. Sua nova versão, já no ar (https://shop.pangeia.eco.br/), traz cerca de 50 marcas e 800 produtos. A meta é aumentar, até o final de 2022, em 600% o número de marcas qualificadas (isto é, que atendem aos vários requisitos de sustentabilidade) para comercializar seus produtos em todas as regiões do Brasil.

“Nosso objetivo é contribuir para a transformação de uma nova forma de gerar negócios, olhando menos para o faturamento e mais para o impacto que pode ter, unindo grandes e, principalmente, pequenos produtores em um mesmo espaço”, explica Gustavo Peixoto, CEO da PANGEIA. Na nova versão, independente da modalidade de entrega escolhida, todas as transações são carbono zero, com compensação automática assegurada pela plataforma Moss.earth, ajudando na preservação da Floresta Amazônica. Além disso, a PANGEIA adota a iniciativa 1% pelo Planeta, convertendo as vendas em ações práticas em ESG - a cada compra, 1% da receita bruta da venda de produtos é diretamente reservada e repassada, trimestralmente, para ações em prol da melhora da qualidade de vida e a geração de renda regular em comunidades rurais e florestais.

Quem está encarregada de erguer o site é a startup b8one, laboratório de soluções digitais focado em e-commerce e uma das principais parceiras do unicórnio VTEX. Presente no Brasil e com clientes em outros 12 países, a empresa tem em seu portfólio grandes companhias como Colgate, Ambev, Decathlon e Brastemp, e viu no projeto da PANGEIA uma proposta interessante e inovadora na abordagem de vendas.

Do pequeno ao grande, da floresta ao centro urbano

Com produtos diversificados, que incluem alimentos e bebidas, itens para cuidados pessoais, roupas, acessórios, artigos biodegradáveis, utensílios para pets e para casa e jardim, a nova versão traz quatro macrocategorias: Da Terra, junto com o Instituto Conexões Sustentáveis (Conexsus), organização sem fins lucrativos que trabalha para ativar o ecossistema de negócios comunitários rurais e florestais para aumentar a renda dos pequenos produtores e fortalecer a conservação dos ecossistemas naturais; Da Floresta, com enfoque em produtos desenvolvidos por povos originários, feitos com a essência brasileira; Ecoshop, voltado para fabricantes e artesãos de produtos ecológicos e sustentáveis orientados ao consumo consciente; e Causas, com iniciativas criadas e geridas em prol do desenvolvimento social e ambiental.

“Temos um olhar muito carinhoso para os pequenos, porque sabemos que, ao longo da história, eles têm dificuldade de conseguir linhas de crédito e acesso à malha logística. Estas são iniciativas que também estão em nosso radar. Nossa ideia é promover uma transformação na forma como os pequenos produtores são vistos no Brasil e como eles participam no mercado”, projeta Peixoto.

Para isso, a PANGEIA está reunindo outros parceiros, além da b8one, buscando dirimir os gargalos existentes hoje no universo dos pequenos produtores. A empresa pretende ainda investir em frentes mais ousadas, trazendo, por exemplo, produtos indígenas e farmacêuticos originários da floresta, como babosa, andiroba e outros elementos naturais. “Sempre buscamos integrar consciência com conteúdo, concebendo o que está à venda como sendo simplesmente a ponta tangível dessa transação”, reforça o CEO da PANGEIA.

Desafio de atrair mais homens para a “revolução verde”

Uma das metas é ampliar o perfil do público. Hoje, o consumidor padrão da PANGEIA é predominantemente mulher (81%), entre 25 e 34 anos, residente no Estado do Rio de Janeiro (23%). “Historicamente, a mulher costuma ser mais engajada em relação ao tema sustentabilidade. Mas queremos ir além e conscientizar todos aqueles que estão abertos a rever seus hábitos de consumo”, destaca Peixoto.

Pesquisas mostram o potencial desse mercado voltado ao consumidor consciente, aquele que busca mais conhecimento sobre os processos que envolvem o produto que acabou de adquirir ou pretende comprar. Um estudo conduzido pela Nielsen IQ, em 2019, revelou que 73% dos consumidores globais afirmam que definitivamente ou provavelmente mudariam seus hábitos de consumo para reduzir o impacto no meio ambiente. E quase a metade (41%) está disposta a desembolsar mais por produtos que contenham ingredientes totalmente naturais ou orgânicos.

Implementação de tecnologia VTEX-IO

Em termos de tecnologia aplicada a negócios, a b8one foi a parceira mais adequada às necessidade e ideais da Pangeia. “Conversamos com muitas empresas nos últimos anos e encontramos na b8one um perfil de trabalho realmente capaz de entender a complexidade do projeto e falar a nossa língua”, afirma Peixoto.

A plataforma VTEX-IO, que está sendo implantada pela startup, traz como vantagens melhoria no tempo de carregamento do site e experiência de compra do consumidor, aprimorando toda a parte de indexação dos produtos e relevância nos buscadores orgânicos. Deste modo, o cliente pode acessar o que procura no site de forma mais fácil.

“Desde o início, acreditamos no potencial e no conceito do projeto. Compramos a ideia e estamos ajudando a melhorar as camadas de experiência do consumidor e performance da plataforma também”, destaca Renato Avelar, sócio da b8one e responsável pela área de negócios da empresa.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo