Brasil,

Muito além do streaming: inovação e criatividade na era do consumo de música digital

Por André Luiz, diretor de tecnologia e inovação na Sony Music Brasil e Luciana Almeida, líder da estratégia de playlist na Sony Music Brasil.

Não só o varejo, mas praticamente todos os negócios enfrentaram, e ainda enfrentam, desafios no mercado de consumo na era digital. Este, inclusive, passa por tantas alterações rápidas, que também é estudado por diversos especialistas e universidades ao redor do mundo. O mesmo ocorreu com a música.

Basta pensar num passado não tão distante, quando todos consumíamos música por meio de LPs, depois CDs, depois em tocadores de mp3 e assim por diante, até chegar ao momento atual: música pela internet, que pode ser ouvida pelo computador, celular, televisores e tablets, em plataformas de streaming – que, aliás, não param de se multiplicar.

Pesquisas recentes da Federação Internacional da Indústria Fonográfica apontam que o mercado fonográfico no Brasil teve alta de 24,5% no ano de 2020. Já o crescimento geral do streaming musical foi de 37,1%, e os serviços pagos de música online tiveram um aumento de 28,3%.

Atualmente, vivemos a indústria 4.0, em que a internet e a conectividade se consolidam cada vez mais na era móvel e digital, com o País na porta de entrada do 5G, que promete outra revolução na forma como consumimos entretenimento digital. Trata-se de um contexto histórico, fruto de diversas transformações, que usam até algoritmos, inteligência artificial e machine learning para oferecer o tipo de música que mais se encaixe no perfil do ouvinte – e até o humor com que ele se encontra no dia. E toda essa evolução, tecnologia e inovação afetam fortemente os recursos de gestão e até os modelos de negócios.

Nesse contexto, o grande desafio para os negócios passa a ser entregar valor para uma demanda latente, existente ou crescente em um cenário de mudanças constantes, que não apenas gera muitas incertezas, mas também obriga os negócios a se reinventarem. No caso da Sony Music, que está presente em mais de 40 países e acolhe inúmeros artistas, essa percepção e mudança de chave ocorreu já faz alguns anos, pois a inovação e a tecnologia estão no DNA da companhia. A Sony foi pioneira, quando o movimento de digitalização começou e, já em 2015, passou a atuar com foco total no ambiente digital.

O acesso à música se democratizou com o crescente acesso à internet e à informação, gerando aumento de competição no setor. É necessário entregar cada vez mais conteúdo de qualidade. Para tanto, é preciso entender os próprios artistas e seus fãs, com o objetivo de conectá-los de formas inovadoras. Além de gerar conexão, tanto para o consumo quanto para o engajamento.

O objetivo de todo o trabalho é fazer música, claro, mas também fazer com que essa música chegue ao maior número de pessoas possível, amplie a comunidade de fãs, promova colaborações entre artistas, e até ir além, com a colaboração entre artistas e seus fãs.

Com a pandemia, o mercado da música também foi muito impactado, por causa da ausência dos shows, o que nos obrigou a inovar mais uma vez, para que não se perdesse o contato do ídolo com o fã, incluindo lançamento de shows online, desenvolvimento e promoção de lives e conteúdos exclusivos, além de ações para promover interações e engajamento entre as partes – antes e depois dos lançamentos.

Entende-se que não basta apenas disponibilizar o conteúdo nas plataformas, mas também é preciso se ajustar às tendências do mercado, adaptando-se ao novo momento, que mudou as regras do entretenimento para sempre. Ou seja, o mercado da música precisou se adequar novamente, para criar experiências e atrair cada vez mais engajamento do público, em vez de perdê-lo.

Com tudo isso, é possível perceber que o consumo de música digital ultrapassou apenas a barreira do streaming. O que virá a seguir? Já estou ansioso para descobrir!

*Falo sobre esse mesmo tema em palestra recente para a Campus Party Digital Edition 2021.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo