Brasil,

Campanha Vou de Túnel realiza ação com população da Baixada Santista e ressalta segurança do projeto para ligação seca entre Santos e Guarujá

Movimento visitou local onde aconteceu acidente com cargueiro e atracadouro, no Guarujá, e Mercado do Peixe, em Santos, e apresentou para a população as vantagens da obra do túnel imerso, como a segurança, para a ligação seca entre os municípios

A campanha ‘Vou de Túnel’, que defende projeto do túnel imerso como melhor alternativa para a ligação seca entre Santos e Guarujá, promoveu uma ação no sábado, dia 26 de junho, no Mercado do Peixe, em Santos, e no Guarujá, nas proximidades do local onde ocorreu, no último domingo, o grave acidente envolvendo um cargueiro e o atracadouro de balsas que fazem a travessia às margens do Porto de Santos. O objetivo da ‘Blitz da Campanha Vou de Túnel’ foi conscientizar e informar a população sobre o projeto do túnel e reforçar as vantagens da obra, especialmente, a questão da segurança para a comunidade e os benefícios para o desenvolvimento da operação do Porto de Santos.

Além de informar a sociedade, a iniciativa colheu novas assinaturas para a petição online que defende o projeto e distribuiu mais de 500 máscaras para os presentes. A blitz seguiu todas as recomendações e protocolos de segurança das autoridades de saúde no combate à COVID -19.

O conselheiro da Associação de Engenheiros e Arquitetos de Santos e porta voz da campanha, Eduardo Lustoza explica que a ação visa informar a população sobre o debate da ligação seca e reforçar que o projeto do túnel imerso é a opção mais segura, viável economicamente e a única que atende às necessidades da população e promove o incremento da operação portuária.

"A Blitz da campanha pretende tornar cada vez mais transparente para a população da Baixada Santista o processo decisório sobre a ligação seca, um pleito antigo da comunidade local. É preciso que todos conheçam a fundo o projeto do túnel imerso, a única opção viável para resolução desse gargalo", declarou.

Lustoza analisa que o túnel é a melhor alternativa pela questão da segurança dos usuários, mas também por promover a inclusão social e sustentabilidade ambiental e econômica. "Além de mais seguro, a escolha deste modal promove a mobilidade urbana já que permite a integração de ciclovias e conta com uma via exclusiva para o Veículo Leve sobre Trilhos, reduzindo o tempo de deslocamento com o transporte público", explica.

Desde o lançamento do movimento, a Campanha "Vou de Túnel" tem promovido ações nas ruas dos municípios da Baixada Santista para conversar com a população sobre os benefícios do projeto túnel imerso, tanto em relação à mobilidade urbana e qualidade de vida, quanto para o desenvolvimento do Porto de Santos, já que o túnel não cria obstáculos físicos no canal de navegação e possibilita a expansão dos negócios.

ACIDENTE

O acidente ocorrido no dia 20 de junho, quando um navio de grande porte colidiu e destruiu atracadouro de balsas causando a interrupção de travessia Santos-Guarujá, reforçou a necessidade de agilidade na definição pelo encaminhamento da obra do túnel imerso entre os municípios. O Ministério da Infraestrutura apresentará uma decisão sobre a obra, ponte ou túnel, até setembro.

Especialistas e autoridades consideram a ligação imersa a alternativa mais segura e eficiente para a travessia na região do Porto de Santos. O ex-presidente da Autoridade Portuária de Santos e porta-voz da campanha Vou de Túnel, Casemiro Tércio de Carvalho destaca que o projeto do túnel imerso é o único que cobre todas as questões relacionadas à segurança, pois não cria uma barreira física no canal de navegação do Porto de Santos. Segundo ele, uma ponte no local aumentaria o risco de acidentes, como colisões em áreas de manobra, já que prejudicaria a manobrabilidade dos navios.

"O incidente é mais uma clara demonstração de que não existe a possibilidade de construção de uma ponte no canal de navegação do maior porto da América Latina. A colisão de um navio com um pilar, por exemplo, causaria uma tragédia de grandes proporções e poderia interromper a navegação no canal, com impactos negativos na operação do Porto de Santos e na economia de todo o país", pondera.

Carvalho lembra que é consenso na comunidade portuária internacional que ligações secas em áreas portuárias devem ser imersas. De acordo com o engenheiro naval, a ligação imersa viabiliza a passagem de navios cada vez maiores no canal de navegação e segue as recomendações da PIANC (Associação Mundial de Infraestrutura de Transporte Marítimo) que indica a ligação via túnel como a melhor alternativa.

A deputada federal, Rosana Valle, autora do requerimento da audiência pública na Câmara Federal realizada no final de maio para debater a ligação seca, analisa que o recente acidente é mais um fato que atesta a necessidade de escolha do túnel como modal para a ligação seca entre Santos e Guarujá.

" O acidente que aconteceu é mais uma evidência de que o melhor caminho é através do túnel. Se pensarmos em um navio batendo nos pilares de uma ponte, podemos imaginar os prejuízos incalculáveis que poderiam ser causados e, o que é pior, até com vítimas. Abracei essa causa por entender que o setor portuário aprova a ligação seca por meio do túnel. Afinal, é a opção que não afeta a segurança e a expansão do Porto, que é estratégico para o Brasil", argumenta.

A parlamentar destaca que a obra poderá ser incluída no processo de desestatização do Porto de Santos. "Isso significa que ela pode ser custeada pelo privado que vencer a disputa para fazer a gestão do maior Porto da América do Sul. Estou atuando para que essa ligação seca, pleiteada há mais de 100 anos, saia efetivamente do papel", afirma.

Após o acidente, o prefeito do Guarujá, Valter Súman visitou o local e defendeu a escolha do túnel para evitar novas ocorrências na região do porto. Súman afirmou que espera que os governos estadual e federal cheguem a um acordo definitivo para viabilizar a ligação seca entre os municípios.

O presidente da UVEBS (União de Vereadores da Baixada Santista), vereador Betinho Andrade, lamentou o acidente que destruiu um atracadouro na margem esquerda (Guarujá) do Porto de Santos e também defendeu o túnel imerso como a melhor alternativa para a ligação seca às margens do maio porto da América Latina. "É inadiável a ligação seca entre Santos e Guarujá e a única opção é via túnel", afirmou. "Imagine se tivéssemos uma ponte ali", completa.

APOIO POPULAR

A campanha ‘Vou de Túnel’ conta com crescente apoio popular. A petição online disponível no site do movimento já recebeu cerca de 4,5 mil assinaturas desde o lançamento da iniciativa.

Além disso, o pool de empresas que apoia a causa é formado por cerca de 60 instituições que associam a sua marca ao movimento. A petição online disponível no site https://voudetunel.com


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo