Brasil,

Cartilha reúne princípios para promover a equidade de gênero em startups

Material foi elaborado pela WE Impact e pela Gema Consultoria em Equidade, em conjunto com o Programa "Ganha-Ganha: Igualdade de Gênero Significa Bons Negócios" — uma parceria entre a ONU Mulheres, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) e a União Europeia

Com objetivo de auxiliar a construção de ambientes mais equitativos nas startups, a WE Impact e a Gema Consultoria em Equidade apresentam a cartilha “Princípios de Empoderamento das Mulheres para startups”, produzida por meio do Programa "Ganha-Ganha: Igualdade de Gênero Significa Bons Negócios" — uma parceria entre a ONU Mulheres, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) e a União Europeia pela igualdade de gênero nos negócios. A cartilha visa incentivar empresas do ecossistema de tecnologia a aplicarem os 7 Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEPs, da sigla em inglês Women’s Empowerment Principles), reunindo orientações específicas para o ambiente e desafios das startups. Os mecanismos apontados no material serão discutidos em um evento online e gratuito, no dia 6 de julho, aberto a todo o ecossistema.

Lançados em 2010, os WEPs são guiados por padrões internacionais de trabalho e de direitos humanos, e têm como diretriz o reconhecimento de que as empresas também são responsáveis e possuem interesse pela equidade de gênero. “Os Princípios de Empoderamento das Mulheres são uma importante ferramenta desenvolvida e oferecida pela ONU Mulheres e pelo Pacto Global para apoiar empresas em suas ações por mais equidade no ambiente de trabalho, na cadeia de valor e na sociedade”, diz Anastasia Divinskaya, representante da ONU Mulheres Brasil.

“A cartilha, desenvolvida especialmente para as startups, é importante para mostrar que a equidade deve ser considerada uma estratégia de negócios e que empresas de todos os tamanhos e setores têm responsabilidades para avançarmos na agenda de igualdade para a construção de um mundo mais sustentável – que tenha oportunidades iguais para todas e todos e que não deixe ninguém para trás, considerando especialmente os grupos que sofrem diferentes formas de discriminação, como mulheres negras, indígenas, LGBTQ+ em todas as ações por mais igualdade”, ressalta.

Lícia Souza, CEO da WE Impact, venture builder que investe em startups lideradas por mulheres, conta como surgiu a ideia de criar a cartilha: “Quando iniciei a jornada da WE Impact, rapidamente compreendi que precisávamos ir muito além da realização de investimentos. A mudança que a sociedade precisa e que queremos acelerar depende de ações práticas, replicáveis e escaláveis. Aproximar os WEPs do ambiente das startups é trazer a cultura da diversidade e da equidade de gênero para negócios que têm grande poder de gerar impacto positivo no mundo. Pensando nisso, adaptamos os princípios estabelecidos pela ONU à jornada delas, que difere de negócios tradicionais em inúmeros aspectos”.

O resultado, ela completa, é um guia com ferramentas e mecanismos concretos para que, desde a ideação até a escala, a diversidade e a equidade de gênero sejam levadas em consideração, fazendo parte do desenvolvimento organizacional dessas empresas.

“Ao incentivar a liderança e o empreendedorismo de mulheres nas startups, contribuímos para diminuir a sub-representação de mulheres na tecnologia, enfrentando a desigualdade salarial e outras barreiras que afastam mulheres da emancipação econômica. E abrimos, ainda, espaço para novos mercados pouco explorados por empresas exclusivamente criadas por homens”, comenta Isabela Del Monde, uma das sócias fundadoras da Gema Consultoria em Equidade.

Os WEPs permeiam diversos temas do setor privado, sempre com um recorte de gênero - como a importância do compromisso das lideranças empresariais para a equidade de gênero em cargos de alta gerência, a representatividade feminina no setor de tecnologia, a necessidade de eliminar estereótipos de gênero na publicidade e comunicação, as vantagens e os desafios da presença feminina nas cadeias de suprimentos. Além disso, os Princípios também dão diretrizes importantes sobre a importância da interseccionalidade no processo seletivo, na contratação e nos planos de sucessão.

Igualdade de Gênero Significa Bons Negócios

Empresas que investem em políticas de equidade de gênero e diversidade apresentam melhores resultados em termos de rentabilidade, produtividade e reputação. Essas são as constatações de relatório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) publicado em 2019. De acordo com a OIT, empresas com políticas de equidade e cultura de diversidade são 60% mais suscetíveis a serem mais lucrativas e produtivas, terem maior facilidade para atração e retenção de talentos, além de maior criatividade e inovação. Entre as 13 mil empresas de todos os tamanhos, de 70 países, que participaram do levantamento, 74% observaram aumentos de lucro de 5% a 20%.

Hoje, entre as oito áreas consideradas como “empregos do amanhã” destacadas pelo Fórum Econômico Mundial no Gender Gap Report 2021, seis estão relacionadas à tecnologia, e a maior média de participação feminina entre elas é de pouco mais que 30%. Além disso, alguns estudos, como o da cientista Joy Buolamwini, já demonstraram que tecnologias como a Inteligência Artificial, por exemplo, podem reproduzir preconceitos - reconhecendo majoritariamente rostos de homens brancos, mas não o de mulheres e pessoas negras.

“Se a tecnologia influencia tão significativamente a vida das mulheres e outros grupos que experimentam diferentes formas de discriminação, é justo e urgente que todas e todos participem do seu desenvolvimento de maneira igualitária, bem como possam usufruir de seus benefícios”, finaliza Lícia.

Sobre a WE Impact

A WE Impact é a primeira venture builder dedicada a startups lideradas por mulheres. Investindo capital estratégico e financeiro, a empresa apoia o crescimento das empreendedoras com suporte hands-on nos principais pilares para o sucesso de startups, além de semear a diversidade como pilar de transformação e vantagem competitiva. Seus recursos compartilhados incluem uma rede exclusiva de mentores e grandes corporações que atuam no aperfeiçoamento de produtos tecnológicos, construção de time e de growth mindset. Fundada em 2019, é parceira do fundo WE Ventures, da Microsoft, para a conexão das startups investidas com grandes corporações. Desde então, já investiu mais de R$1,5 milhão no empreendedorismo feminino tecnológico, impactando a vida de mais de 100 mulheres desse ecossistema. Conta com apoio operacional da Microsoft e da Flex.

Sobre a Gema Consultoria em Equidade

A Gema Consultoria em Equidade tem como propósito facilitar a concordância do compliance e da cultura de organizações em gênero, número e raça por meio da criação, implementação, manutenção e monitoramento de Programas de Equidade, os quais se materializam com diagnósticos, treinamentos, políticas e canais de escuta efetivos.

Sobre o Programa Ganha-Ganha: Igualdade de Gênero Significa Bons Negócios

A ONU Mulheres, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) e a União Europeia (UE) acreditam que a desigualdade de gênero no mercado de trabalho é um problema que precisa ser encarado sem subterfúgios. Com base nessa convicção, foi criada uma parceria estratégica para implementar o ¨Ganha-Ganha: Igualdade de Gênero significa Bons Negócios¨, um programa regional desenvolvido em seis países da América Latina e Caribe (Argentina, Brasil, Chile, Costa Rica, Jamaica e Uruguai), que teve início em janeiro de 2018 e terminará em junho de 2021.

O objetivo do Programa é promover o empoderamento econômico das mulheres, reconhecendo seu papel como beneficiárias e parceiras do crescimento e desenvolvimento, bem como o compromisso e a competência crescentes de instituições privadas e públicas para promover mudanças com foco na igualdade de gênero e no empoderamento das mulheres. O programa é implementado e avaliado por meio de várias atividades, organizadas em três eixos:

1. Trabalho em rede e cooperação entre empresas lideradas por mulheres.

2. Fortalecimento de capacidades, compartilhamento de conhecimento e boas práticas e advocacy entre empresas e organizações de empregadores.

3. Mecanismos e financiamento para apoiar a inovação e empreendimentos inovadores liderados por mulheres.

O Programa Ganha-Ganha está alinhado aos grandes compromissos internacionais pela igualdade de gênero – como a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, a Declaração de Pequim, e também as diretrizes firmadas em diferentes sessões da Comissão sobre a Situação das Mulheres (CSW).

Tendo como principal ferramenta os WEPs, o Programa Ganha-Ganha realiza diferentes ações junto ao setor privado e também instituições de negócios para promover um ambiente de trabalho igual para homens e mulheres; igualdade de acesso a recursos, emprego, mercados e comércio; acesso das mulheres a serviços de negócios, treinamentos, mercados, informações e tecnologia; melhoria da capacidade econômica e das redes comerciais; eliminação da segregação ocupacional e todas as formas de discriminação no ambiente de trabalho; promoção de relação harmônica entre as responsabilidades trabalhistas e familiares de mulheres e homens – destacando sempre que o desenvolvimento sustentável é uma responsabilidade de toda a sociedade e que as empresas têm um papel importante nesse processo.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo