Brasil,

Allonda anuncia emissão de debênture verde relacionada a critérios ESG

O setor de engenharia brasileiro entra para um seleto grupo com a emissão de debênture verde realizada pela Allonda, empresa de engenharia com foco em soluções sustentáveis. Desenhada a partir de práticas relacionadas ao ESG (Environmental, Social and Governance, na sigla em inglês), a operação está relacionada ao atendimento de indicadores ambientais e sociais, algo até então ainda não realizado por empresas do segmento no Brasil.

"Nosso propósito é transformar a engenharia através da sustentabilidade. A emissão a partir da metodologia dos Sustainability-Linked Bonds vem como um reforço desse posicionamento, mas também como um compromisso para que tenhamos ações ainda mais alinhadas às práticas ESG em nossa atuação", explica Leo Cesar Melo, CEO da Allonda.

Ao contrário dos green bonds, títulos carimbados para financiar projetos específicos com vantagens ambientais, a captação via sustainability-linked bonds está atrelada a objetivos gerais na área ambiental, social e de governança, o que exige muito mais das empresas.

Para realizar a emissão, a Allonda foi avaliada por consultoria externa, em que os indicadores propostos foram analisados conforme critérios técnicos sobre o quanto são relevantes, mensuráveis, verificáveis e comparáveis com o mercado. A intenção dessa metodologia é justamente medir o quão ambiciosas são as metas pactuadas e atreladas a debêntures.

Diego Motta, CFO da Allonda, detalha que a empresa iniciou em 2020 um trabalho de reestruturação e organização para esse momento: "Com o forte crescimento da companhia e endereçamento do seu posicionamento estratégico, além da primeira emissão estruturada, atrelamos tal emissão aos KPIs que já fazem parte dos pilares Ambiental, Social e de Governança, o que reforça o compromisso da Allonda com tais práticas e a prepara para o seu novo ciclo de investimentos, especialmente no segmento de saneamento. Ao longo de 2020, a empresa preparou mais de 12 propostas de licitações, seja no formato de PPP ou Concessão Plena, mas grande parte das licitações foram suspensas", revela.

Os SLB são novidade no mundo inteiro e a Allonda se coloca entre as primeiras empresas no Brasil e América Latina a se tornarem aptas a emitir esse tipo de debênture. Atualmente, a empresa realiza operações em seis estados brasileiros e na América Latina, com obras na Argentina e representação no Peru. No entanto, a ideia é expandir sua presença e ampliar negócios em segmentos de atuação que já possui penetração tais como mineração, papel e celulose, petroquímica, agronegócio e de alimentos e bebidas.

"A emissão de debênture verde vem para alavancar a companhia para o reperfilamento da dívida e também para financiar o seu crescimento para este novo ciclo, ou seja, permitir que a Allonda faça maiores investimentos e cresça em setores onde estamos ampliando a nossa participação. E para suportar esse crescimento, conseguimos nos reunir aos principais parceiros financeiros e de relacionamento da companhia ", finaliza Diego Motta.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo