Brasil,

Escritora de Campinas lança livro de poesia sobre a interiorização dos espaços femininos

A poeta Katia Marchese mostra em Mulheres de Hopper, livro inspirado nas obras do pintor norte-americano Edward Hopper que retratava as mulheres em situações de solidão, seu olhar sobre os processos íntimos e alquímicos de desconstrução do imaginário feminino

A escritora de Campinas Katia Marchese lança neste mês o seu primeiro livro solo de poesias. O livro Mulheres de Hopper (Editora Patuá, 82 páginas) será apresentado em evento virtual no próximo dia 19 e retrata o universo íntimo feminino em 26 poemas ilustrados e inspirados em obras de Edward Hopper, artista norte-americano conhecido por suas pinturas de mulheres em momentos íntimos e de solidão, entre as décadas de 30 e 60.

O lançamento será transmitido pela plataforma Zoom e redes sociais da editora Patuá e reunirá, além de Katia, o editor Eduardo Lacerda; Luiza Romão (apresentação do livro); a escritora e pesquisadora Ana Rüsche (prefácio); e Isabela Sancho, responsável pelas 26 ilustrações do livro. A publicação está disponível em pré-venda no site da editora www.editorapatua.com.br e continuará depois do evento de lançamento oficial. Quem comprar na pré-venda ganha uma sacola.

Em Mulheres de Hopper, a poeta faz um recorte das telas do pintor em quatro divisões temáticas (Trajetos, Janelas, Quartos e Casas) e oferece um cenário que mostra o cotidiano feminino. Kátia aponta que a solidão do universo feminino, muitas vezes, é um fio condutor de transformação. Por meio de seus versos precisos e impactantes, a escritora leva o leitor a experimentar os mais profundos sentimentos, como angústia, sonhos, resiliência e solidão, como no poema ‘Transparências’:

/Lá fora a escuridão dos vãos entre os edifícios. A luz irrompe e íntima arde tua anca que recolhe as roupas do chão. A solidão dissipa o fino tecido da cortina e da vergonha/.

“O livro é uma reflexão poética da vida cotidiana de mulheres comuns, como nós, trabalhadoras, mães, filhas, mergulhadas em sentimentos muitas vezes sufocados, que buscam contar sua história”, comenta Katia. Ela observa que o livro é lançado em um momento no qual a mulher mostra sua força diante da pandemia e do isolamento, quando todos somos obrigados a ficar no nosso próprio mundo, espaço que o sexo feminino conhece bem.

Vivência

Os poemas também remetem à própria experiência profissional da autora. Como assistente social, trabalhou por mais de 30 anos com mulheres em situação de vulnerabilidade na periferia de Campinas. Assim, pôde presenciar as mais diversas expressões de interiorização, perdas, injustiças e dilemas. “A poesia é meu processo de ler e agir no mundo. Em Mulheres de Hopper, exploro essa temática e escrevo sobre os processos íntimos e alquímicos de desconstrução do imaginário feminino. Dentro de seus espaços, as mulheres sobrevivem, resistem e enfrentam a cultura machista e misógina disfarçada de mito do amor romântico”, completa.

A apresentação do livro é da poeta, atriz e diretora de teatro Luiza Romão. Em seu texto, Luiza cita que a autora, em livro de estreia, “se põe à escuta e com uma escrita porosa apresenta essas Mulheres que já não são de Hopper, mas sim de si mesmas, da rua que se entrevê ao fim da escada, da calçada que se estende só os sapatos velozes”.

Oficina

O livro Mulheres de Hopper é resultado da premiação de Katia no Programa de Ação Cultural 2019 (Proac) do governo do Estado de São Paulo. A poeta foi a única vencedora da Região Metropolitana de Campinas (RMC). Além do livro, com o patrocínio recebido pela premiação do Proac, a poetisa está programou para este mês, quando é celebrado o Dia Internacional da Mulher, oficinas gratuitas que visam discutir a situação de vulnerabilidade social da mulher.

“O objetivo das oficinas e proporcionar maneiras e formas de expressar sentimentos e desejos, muitas vezes reprimidos pelo realismo social em que essas mulheres estão inseridas”, cita a escritora, lembrando que o isolamento social provocado pela pandemia do Covid-19 torna as discussões ainda mais pertinentes, como lembra Ana Rüsche em seu prefácio: “Katia não traz nenhum verso sobre a doença, mas é como se o ‘livro todo respirasse imagens sobre o isolamento social... Um vazio pleno de medo – da doença, das inseguranças financeiras, de planos abortados…”.

Sobre a autora

Graduada em Serviço Social, Katia Marchese sempre viveu com intensidade a força do universo feminino. A poeta tem trabalhos publicados em várias antologias, como Senhoras Obscenas I e III (Benfazeja, 2017, e Patuá, 2019), Poesia em Tempos de Barbárie (organizado por Claudio Daniel, Lumme, 2019), entre outros, além de poemas em periódicos inclusive no exterior (Jornal Tornado, Portugal) e revistas literárias como Literatura e Arte.

Com formação no Curso Livre de Preparação do Escritor (CLIPE), 2019 (Casa das Rosas – Museu Haroldo de Campos de Poesia e Literatura/SP), participa do Coletivo O Ateliê de Poesia. Katia também faz parte do Projeto Cartas em Torno da Sobrevivência da Poesia, do Sesc.

FICHA TÉCNICA
Título: Mulheres de Hopper
Autora: Katia Marchese
Escrito em 2020 e publicado em 2021
Editora: Patuá
Páginas: 82 páginas


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo