Brasil,

Camesa Projeta Crescimento de 45% em 2021

Investimentos em tecnologia e desenvolvimento de produtos são as grandes apostas da marca para o ano

Após um 2020 tão incerto e delicado, a expectativa do setor têxtil em 2021 é de uma retomada com perspectivas de crescimento de 8,1% na produção e 6,8% nas vendas, segundo números divulgados pela Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit).

Em meio a esse cenário, a Camesa , empresa especializada em artigos de cama, mesa e banho, têm colocado em prática diversas estratégias como forma de amenizar e reverter os impactos gerados pela pandemia, fortalecendo-se como uma das referências do segmento.

Alberto Hakim, diretor da empresa, comenta que esse ano a marca irá focar em novas linhas de produtos, no aumento das vendas na divisão de matéria-prima, além da aquisição de maquinário para expansão da produção, como formas de impulsionar o aumento de vendas. "Estamos projetando um crescimento de 45% em 2021 e nossos principais investimentos serão focados em tecnologia e desenvolvimento de produtos. Também ampliaremos algumas de nossas linhas de toalhas, com uma diversidade grande de desenhos e trabalhos na felpa. Por fim, visamos aumentar a capacidade produtiva de felpudos em cerca de 30%", destaca.

LANÇAMENTOS PARA 2021 .

Entre as grandes novidades da Camesa para o ano, um dos itens de destaque serão as toalhas. "A ideia é investir ainda mais em produtos que atendam cada vez mais os diferentes perfis do consumidor brasileiro, até mesmo os mais exigentes. Por isso, a combinação do clássico com o sofisticado será umas das nossas diretrizes em alguns desses lançamentos", explica o diretor.

Além disso, a marca apresenta também uma nova coleção de desenhos para as colchas Patchwork e o primeiro item voltado diretamente para o mercado de limpeza: o Panomax, que possui dupla camada de tecido microfibra e promete facilitar qualquer rotina de limpeza. Já na categoria de decoração, a aposta da marca é na capa de sofá jazz, com tecido maleável e textura moderna, que permite fácil colocação e combinações.

BALANÇO DE 2020

Segundo um levantamento feito pela Abit, 96% das empresas do setor da indústria têxtil tiveram queda na carteira de encomendas em 2020. No entanto, com a Camesa foi diferente. A partir de junho, a empresa obteve um boom nas vendas, fechando o ano com 20% de crescimento, mesmo em meio ao cenário delicado.

Muito desse aumento se deve às diversas novidades apresentadas pela marca em 2020, entre elas as linhas de toalhas e panos de microfibra, anteriormente importados da China, mas que após a pandemia acabou tendo o seu custo mais competitivo no Brasil. "Essa oportunidade fez com que criássemos a linha de toalhas Fit, Cor & Cor e os panos remix e multiflex. Todos estampados e confeccionados no Brasil", pontua Alberto.

Outro lançamento importante na categoria de importados foi a linha de toucas e toalhas anti frizz, um grande sucesso entre as blogueiras e influenciadoras digitais. O tecido absorve a água do cabelo em uma velocidade muito maior do que a felpa tradicional de algodão, o que promete agredir menos as madeixas e resulta em um cabelo mais saudável e, não à toa, foi um grande sucesso de vendas.

"Acreditamos que o auxílio emergencial foi importante e um dos grandes vetores do crescimento no ano passado. Precisamos aguardar agora para entender como o mercado irá reagir com o fim do auxílio e com os expressivos aumentos de preços decorrentes dos estouros e falta de matérias-primas importantes. O abastecimento ainda continua complicado e esperamos uma normalização apenas a partir de abril", ressalta Alberto.

Sobre a Camesa

Presente nos lares brasileiros há 40 anos, a Camesa é uma das empresas mais completas no que diz respeito à linhas de cama, mesa, banho e decor. Com produtos para todos os gostos e estilos, a marca figura entre as principais companhias do setor e se mantém atenta a todas as novidades e tendências do mercado, proporcionando ao seu público, itens diversos e exclusivos nas mais variadas categorias.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo