Brasil,

ABVTEX no combate ao trabalho análogo ao escravo em tempos de pandemia

Imagem: Volha Flaxeco/Unsplash Imagem: Volha Flaxeco/Unsplash

Em uma data tão emblemática como a Semana Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, que se celebra em 28 de janeiro o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, a ABVTEX (Associação Brasileira do Varejo Têxtil), entidade que representa cerca de 100 grandes marcas do varejo de moda brasileiro, apresenta os avanços e desafios no enfrentamento e na erradicação do trabalho análogo ao escravo no setor têxtil e de confecção nacional.

A ABVTEX participará do seminário virtual promovido pela Comissão Nacional de Erradicação do Trabalho Escravo (Conatrae) do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Sob o tema “Trabalho escravo em tempos de pandemia: este vírus, ainda?”, o seminário será transmitido nos dias 25, 27 e 29 de janeiro no canal da Associação de Magistrados do Brasil (AMB) no YouTube. A ABVTEX, que é integrante da Conatrae, representada pelo diretor executivo Edmundo Lima, participará do painel “Trabalho escravo e pandemia: de olho na cidade e no campo” no dia 29 de janeiro, das 17h às 18h30, ao lado de gestores públicos e atores sociais.

Na oportunidade, serão abordados os resultados de dez anos do Programa ABVTEX, que registrou resultados expressivos no monitoramento e formalização da cadeia produtiva têxtil e de confecção brasileira. Um trabalho de alta complexidade levando-se em consideração que o Brasil é o 4º maior produtor de artigos de vestuário do mundo e conta com uma importante indústria têxtil e de confecção, a segunda maior fonte de emprego fabril no país.

Em 2020, 4.058 empresas foram certificadas no Programa ABVTEX, localizadas em 652 municípios por 18 estados. Foram beneficiados 342.941 trabalhadores diretos na produção com trabalho digno e os direitos garantidos. “Este é um esforço voluntário da ABVTEX e das varejistas associadas para promover o fornecimento responsável nesta cadeia, majoritariamente formada por micro e pequenas empresas”, afirma Edmundo Lima.

Ainda nesta temática, outra conquista celebrada recentemente é a publicação do ‘Fluxo Municipal de Atendimento à Pessoa Submetida e/ou Vulnerável ao Trabalho Escravo de São Paulo’ recém lançada pela Comissão Municipal para a Erradicação do Trabalho Escravo (COMTRAE-SP), da qual a ABVTEX é membro e colabora ativamente. O documento é fruto de um trabalho realizado pela COMTRAE e seus membros, de forma intersetorial e transversal, e tem o objetivo de estruturar um fluxo de atendimento que passe por todas as etapas de ações de prevenção; tratamento da denúncia; operação; acolhimento e inclusão social da pessoa resgatada. Ao lançar o Fluxo, a COMTRAE tem a intenção de que sirva como inspiração para a política pública para a erradicação do trabalho escravo no Brasil e no mundo.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo