Brasil,

Mapa dos incêndios em estabelecimentos de saúde aponta 54 casos em 2020

Foto: banco de dados Foto: banco de dados

Levantamento em conjunto da Associação Brasileira para o Desenvolvimento do Edifício Hospitalar (ABDEH), do Instituto Sprinkler Brasil (ISB) ressalta a frequência dos sinistros em estabelecimentos de atendimento à saúde

O incêndio que vitimou três pessoas e levou à remoção de quase 200 pacientes no Hospital Federal de Bonsucesso, na Zona Norte do Rio de Janeiro, na última terça-feira (27), trouxe à tona uma preocupação recorrente da Associação Brasileira para o Desenvolvimento do Edifício Hospitalar (ABDEH) e do Instituto Sprinkler Brasil (ISB): a frequência dos sinistros em estabelecimentos de atendimento à saúde. As duas entidades uniram esforços para levantar o maior número possível de ocorrências de incêndios nestes locais reportados nos meios de comunicação de todo o Brasil.

O levantamento, finalizado na tarde desta quinta (29), aponta que de janeiro a outubro de 2020, foram registrados (e publicados em jornais) 54 incêndios em estabelecimentos assistenciais de saúde (EAS) - uma média é de 5,4 casos por mês. Se comparados aos números de 2019, quando foram 39 ocorrências reportadas e 26 mortes, no proporcional de janeiro a outubro verifica-se um aumento alarmante de mais de 50% no número de sinistros.

“Esses dados nos mostram que incêndios em hospitais não são casos isolados e são mais frequentes do que se imagina. Por isso a necessidade de se investir na segurança dos edifícios ainda na concepção do projeto, além de fazer a manutenção preventiva corretamente. Um evento como este pode tomar grandes proporções, trazer sequelas e até e causar a morte de pacientes, familiares e colaboradores dos hospitais”, considera Marcos Kahn, especialista em engenharia de segurança contra incêndio, membro do comitê técnico institucional da ABDEH.

Marcelo Olivieri de Lima, diretor geral do Instituto Sprinkler Brasil (ISB), ressalta que não se pode entender a profundidade do problema sem termos isso quantificado. “O ideal seria termos os números oficiais repassados pelos corpos de bombeiros de todo o País, mas isso não ocorre. Então fazemos informalmente. A estimativa do ISB é de que este número encontrado por nós corresponda a 3% do número total de casos”, explica Lima.

Segundo os especialistas, a legislação só afeta edifícios não residenciais, apesar de os números de incêndios em residências serem muito maiores, e que no caso dos ambientes hospitalares há pessoas ligadas a aparelhos, com mobilidade reduzida ou ainda sob o efeito de substâncias que diminuem a capacidade de percepção, orientação e deslocamento. “A construção de edificações para saúde deve ser pautada em leis e normas, sem menosprezar a estética e a humanização dos projetos. A funcionalidade destes locais tem de ser pensada levando em consideração o fluxo sanitário na operação normal, mas também deve considerar o fluxo em emergências e áreas de refúgio compartimentadas para casos como este”, avalia Kahn.

Para Lima, incêndios em estabelecimentos de atendimento à saúde ocorrem normalmente por instalação ruim, falta de manutenção em sistemas elétricos e ares-condicionados, projeto ruim, como todos os outros incêndios. “O maior problema de todos quando ocorre um incêndio em hospital ou Upa ou outro ambiente de saúde, se é tirado o direito de atendimento da população. Portanto, quando um incêndio ocorre, mesmo que não deixe feridos, é um crime. Não se pode tirar o atendimento das pessoas”, ressalta o diretor geral do ISB.

O levantamento de dados sobre incêndios em estabelecimentos assistenciais de saúde contou com o apoio da Sociedade Brasileira para Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente (Sobrasp).

Normas e Manual de Segurança Contra Incêndios da Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) disponibiliza desde 2014 um manual de Segurança contra Incêndio em Estabelecimentos Assistenciais de Saúde, que fornece orientações sobre prevenção e combate a incêndios em serviços de saúde. Ao mesmo tempo, o documento uniformiza as informações destinadas aos diversos usuários destes ambientes - projetistas, trabalhadores da saúde, pacientes, acompanhantes e autoridades sanitárias.

Há, ainda publicações da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) relacionadas ao assunto: a NBR 16.651, que trata dos requisitos de proteção contra incêndios em Estabelecimentos Essenciais de Saúde (EASs), e a NBR 7.256, que fala das exigências em relação ao sistema de ar-condicionado nas instalações hospitalares. “Em situações como esta, é sempre oportuno reiterarmos a importância dessas leis, normas e manuais. Nunca é demais prezar pela segurança dos hospitais”, considera Marcos Kahn.

Sobre a ABDEH

Fundada em 1994, a Associação Brasileira para o Desenvolvimento do Edifício Hospitalar (ABDEH) é uma associação multidisciplinar que tem o objetivo de promover e divulgar o conhecimento em busca da contínua evolução dos espaços de saúde. A entidade participou ativamente da edição da primeira norma ABNT NBR 16.651, em 2019, e hoje trabalha ativamente na revisão das duas normas (NBR 16.651 e NBR 7.256) entre outras.

“Consideramos que a concepção de ambientes seguros com sistemas de proteção adequada deve ser prioridade para reduzir ou impedir os incêndios. Entre nossos associados temos os maiores especialistas em arquitetura, engenharia e outras áreas do conhecimento com atuação no planejamento, projeto, construção e gestão das edificações hospitalares e isso é importante para compreender e estabelecer recomendações técnicas relevantes para essas edificações para assistência à saúde no Brasil”, ressalta Elisabeth Hirth, presidente a ABDEH.

Sobre o ISB

O Instituto Sprinkler Brasil (ISB) é uma organização sem fins lucrativos dedicada à divulgação de informações relativas ao combate a incêndios por meio da utilização de chuveiros automáticos, os sprinklers. A entidade acredita que o uso de chuveiros automáticos como medida de combate ao fogo pode salvar milhares de vidas e evitar as grandes perdas materiais consequentes dos incêndios.

Sobre a Sobrasp

A Sociedade Brasileira para Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente (Sobrasp) tem como missão influenciar e integrar pessoas e organizações em prol da qualidade do cuidado e segurança do paciente, promovendo uma abordagem sistêmica de natureza multiprofissional.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo