Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Fortes chuvas no RS: seguro auto cobre inundações? Veja ressalvas

  • Crédito de Imagens:Divulgação - Escrito ou enviado por  /Cqcs/Adriane Sacramento
  • SEGS.com.br - Categoria: Seguros
  • Imprimir

pixabay pixabay

Desde o final de abril, o Rio Grande do Sul tem registrado diversos estragos causados pelas fortes chuvas que atingiram a região. Além das casas, prédios e estabelecimentos comerciais , danos em veículos se acumulam, a exemplo do registro em Eldorado do Sul, onde um “cemitério de carros” se formou após a cidade ser inundada. Toda essa situação traz à tona a proteção que as coberturas do seguro auto pode proporcionar aos segurados.

De acordo com Antonio Azevedo, Vice-Presidente Auto/Frota/Consórcio da Alper Seguros, o seguro auto oferece coberturas para enchentes, inundações, correntezas, etc. Entretanto, o executivo explica que, no caso de agravamento do risco, no qual o motorista, por exemplo, resolve por livre e espontânea vontade “enfrentar” a correnteza/inundação, o seguro auto não cobre. Ele destaca ainda: “É muito importante a consultoria do corretor de seguros no ato da contratação”.

Eduardo Minc, diretor da Minc Corretora e Administradora de Seguros, explica que o risco de inundação está previsto na cláusula de riscos cobertos na cobertura compreensiva em seguradoras como Bradesco Seguros, Porto, MAPFRE, HDI, Tokio Marine, Allianz e Zurich, quando o evento decorre de água doce.

Muitos veículos foram parcialmente cobertos pelas águas, mas muitos ficaram submersos. Carla de Oliveira Machado, diretora de Produto Auto do Grupo HDI, explica que a perda total, ou indenização integral, é considerada quando os danos ao veículo atingem ou ultrapassam 75% do valor do mesmo, de acordo com a opção de contratação escolhida e permitida no produto. Essa contratação pode ser no valor de mercado referenciado ou valor determinado, explica a executiva.

“De qualquer forma, cada sinistro é analisado particularmente, avaliando os danos, cenários e regras que se enquadram para cada um”, pondera a diretora de Produto Auto do Grupo HDI. “As avarias causadas aos veículos segurados são previstas dentro das coberturas contratadas em apólice. Essas proteções, seus conceitos e detalhes podem ser consultados através das Condições Contratuais, que é um documento integrante da apólice”, finaliza.

Impactos a curto e médio prazo

Os eventos climáticos no Rio Grande do Sul tem mobilizado todo o setor de seguros. No começo desta semana, a Susep recomendou às seguradoras a prorrogação das coberturas dos contratos de seguros de todos os segmentos para a população afetada pelas enchentes, bem como dos prazos de pagamentos dos prêmios vencidos nesse pedido, sem prejuízo das coberturas contratadas.

De acordo com o Vice-Presidente da Alper Seguros, somente uma grande seguradora terá que indenizar 2 mil veículos por perda total. Azevedo, inclusive, acredita que a situação pode impulsionar a demanda por seguro auto a partir do segundo semestre, considerando que muitas pessoas buscarão o produto para evitar transtornos futuros. “Uma situação como essa, tão grave e impactante, deixará as pessoas bastante assustadas e preocupadas, e a tendência será procurar se proteger adquirindo coberturas securitárias”, pontua.

Para o diretor da Minc Corretora e Administradora de Seguros, os impactos serão sentidos a curto e médio prazo tendo em vista a quantidade de perdas nesse segmento. O líder destaca que, dependendo da seguradora que pode ter uma cobertura de catástrofe junto ao seu ressegurador, “a renovação do contrato vai expor a sinistralidade que influenciará o custo final dessa cobertura de resseguro”. Ele faz ainda um alerta: “Quem não tiver a cobertura de catástrofe, vai arcar sozinho com os valores a serem indenizados”.

Segundo a Defesa Civil do RS, 463 cidades registraram estragos pelas fortes chuvas. O número de afetados ultrapassa os 2,3 milhões.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

voltar ao topo

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade aos SEUS COMENTÁRIOS, em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!

Security code Atualizar

Enviar