Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Síndrome de Burnout e o ambiente de trabalho

Crédito: pixabay.com_CC0 Creative Commons Crédito: pixabay.com_CC0 Creative Commons

Na Justiça, a responsabilização da empresa será avaliada a partir do laudo médico junto com o histórico do empregado e uma avaliação do ambiente de trabalho

No início de janeiro entrou em vigor a nova classificação da Organização Mundial de Saúde (OMS), a CID 11. A partir dessa nova aprovação, a Síndrome de Burnout passou a ser tratada de formas diferentes e as empresas precisam ficar vigilantes para esse risco. De acordo com a OMS, o Burnout será oficializado como “estresse crônico de trabalho que não foi administrado com sucesso”. Antes, a síndrome era considerada ainda como um problema na saúde mental e um quadro psiquiátrico.

Segundo a advogada Trabalhista e autora do livro “Síndrome de Burnout e Trabalho Bancário”, Maria Inês Vasconcelos, o ambiente de trabalho em que reina a competitividade, a monitoração permanente, a pressão e a coação têm induzido os profissionais a um cenário de vulnerabilidade nunca experimentado. “No ambiente de trabalho em que predomina a violência mental, eclode a Síndrome de Burnout, doença altamente incapacitante e que incide com taxas alarmantes nessa categoria de trabalhadores provocando danos e prejuízos incalculáveis, não só para a saúde mental dos funcionários, como também para as instituições e para o INSS”, esclarece.

Ainda de acordo com a advogada, “repercussões positivas vão ocorrer diminuindo a violência mental no trabalho e criando caminhos seguros e viáveis para implantação, por parte das empresas, de políticas que adotem o pilar constitucional de liberdade e valorização do emprego, além da legitimação de um ambiente laboral ativo, diminuindo a mercantilização do trabalho”, pontua.

Na Justiça, a responsabilização da empresa será avaliada a partir do laudo médico comprovando o Burnout junto com o histórico do profissional e uma avaliação do ambiente de trabalho, inclusive coletando relatos de testemunhas. Em geral, serão coletadas provas de uma degradação emocional e fatores causadores da síndrome, como assédio moral, metas fora da realidade ou cobranças agressivas.

Síndrome de Burnout, agora

Em 2019, a OMS classificou o Burnout como um “fenômeno ligado ao trabalho" e descreve seus sintomas como: sensação de esgotamento; cinismo ou sentimentos negativos relacionados a seu trabalho e eficácia profissional reduzida.

------------------------------------------------------------------------------------
Segs.com.br valoriza o consumidor, o corretor, os corretores e as corretoras de seguros


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo