Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Pesquisa sinaliza tendência de recuperação para o mercado de eventos

Pesquisa de uma startup do setor constatou que a flexibilização e sinalização de volta à normalidade elevaram o número de solicitações em determinados períodos, aproximando-se do volume registrado antes da pandemia.

Os resultados da pesquisa demonstram que o mercado pode ter uma recuperação muito rápida.

Desde que a pandemia de Covid-19 iniciou, o setor de eventos foi um dos mais impactados negativamente. Conforme estudo do início de 2021, realizado pela Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (Abrape), mais de 350 mil eventos foram adiados em 2020, causando um prejuízo em faturamento próximo aos R$ 90 bilhões, e fazendo com que um terço dos negócios fechassem suas portas. Dados alarmantes, já que o segmento é responsável por 13% do PIB brasileiro.

Desde o início da pandemia, a MeEventos — uma startup de tecnologia do setor de eventos que disponibiliza uma ferramenta de gestão em nuvem — vem acompanhando o mercado e o volume de solicitações de orçamentos nas empresas que fazem parte de seu ecossistema.

Os resultados da pesquisa demonstram que o mercado pode ter uma recuperação muito rápida. Essa constatação surgiu após análise dos números gerados pelos mais de 1.500 usuários da plataforma. “Eu acredito que o mercado está reprimido, existem muitas pessoas e empresas aguardando o momento ideal para realizar seus eventos”, afirma o CEO da MeEventos, Tiago Ferreira.

Sem analisar nichos específicos — tais como buffets, espaços de eventos ou empresas de entretenimento —, percebeu-se que todas as vezes em que o governo flexibilizou as restrições da pandemia e sinalizou uma volta gradual à “normalidade”, ao longo dos últimos meses, houve picos de pessoas procurando por serviços.

Análise dos dados obtidos entre janeiro e agosto de 2021

Ao observar o início de 2021 até o final de agosto, conforme a startup, nota-se que os níveis se mantiveram os mesmos entre janeiro e maio. A partir daí, até junho, registrou-se um crescimento de 20% na procura por serviços de eventos. Após julho, quando houve uma flexibilização maior no Brasil, a procura por produtos e serviços relacionados à realização de eventos cresceu mais de 80%, próximo aos mesmos níveis de 2019.

Para constatar de uma forma simples e online esses dados é possível utilizar o Google Trends. Por exemplo, o termo de pesquisa “buffet”, entre maio/2021 até o final de agosto/2021, mais que dobrou em volume de pesquisa.

“Vejo que é o momento ideal para empresas de eventos investirem em marketing, pois cada vez mais os clientes estão em busca de realizar seus eventos, sejam eles um casamento, uma festa de debutante ou um evento corporativo, que por sinal muitas empresas já estão alinhando em planejamento, para reunir suas equipes e conversar sobre os aprendizados durante a pandemia”, pontua Ferreira.

Segundo dados da Opinion Box, 76% dos usuários brasileiros se comunicam com marcas e empresas pelo WhatsApp. Isso significa que a pandemia acelerou o uso da tecnologia, as pessoas estão cada vez mais pedindo para as empresas encaminharem orçamentos pelo aplicativo de mensagens, e o rápido retorno nesse momento é sempre um diferencial.

“Para eventos sociais como casamentos e aniversários, quando você pergunta aos clientes como gostariam de receber a proposta, mais de 90% respondem que preferem receber por WhatsApp. O mesmo não acontece para eventos corporativos, já que a maioria ainda solicita o encaminhamento por e-mail”, afirma o CEO da MeEventos.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo