Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Setor de seguros dá início a fase de grandes oportunidades

pixabay pixabay

Aumento da conscientização sobre proteção na pandemia, mudanças e resiliência do setor sinalizam momento de importante evolução

Robert Hufnagel é especialista em seguros de Responsabilidade Civil, diretor da Casualty Assessoria e Consultoria de Seguros e associado da Alper Consultoria em Seguros

O setor de seguros, na linha de frente da proteção das pessoas e empresas, foi afetado pela pandemia, mas, por sua importância para a sociedade – inclusive classificado como serviço essencial pela Presidência da República, se manteve atuante e é um dos primeiros a se reerguer.

As perspectivas são de gradual retomada, apresentando ganhos com o fortalecimento de sua imagem, credibilidade e de suas condições de atendimento à população. O desempenho resiliente do setor brasileiro não ficou nada a dever ao de outros países, mesmo durante a pandemia as empresas colocaram seus funcionários em home office e utilizaram tecnologias para manter a qualidade do atendimento aos clientes. Outro legado do pós-pandemia, certamente, é que sairemos com mais autonomia, independência, tecnologia e criatividade para desenvolvermos o setor em prol dos consumidores.

Com todo esse aprendizado, o ano de 2021 é de excelentes expectativas de recuperação e crescimento. Segundo a Susep, o setor por ela supervisionado (sem Saúde) arrecadou R$ 71,16 bilhões nos três primeiros meses de 2021, o que corresponde a R$ 6,42 bilhões a mais do que no mesmo período de 2020. Em termos percentuais, o primeiro trimestre de 2021 apresentou um crescimento de 9,9% em relação ao mesmo período de 2020. Os seguros de pessoas e de danos cresceram, respectivamente, 11,5% e 12,0% no período. Houve crescimento na grande maioria dos seguros, incluindo linhas de negócio que haviam sido mais impactadas pela pandemia, como os seguros de automóveis.

O seguro de pessoas evidenciou sua importância durante a pandemia, e cresceu 11,%. Por outro lado, também cresceu a contratação de seguros de danos – aumento de quase 12% (R$ 2,20 bilhões). Foram destaques nos seguros de danos, com crescimento acima de 30% no primeiro trimestre de 2021 em relação a 2020, os seguros rural, de responsabilidade civil, patrimoniais e financeiros, que cresceram, respectivamente: 36,9%, 35,4%, 33,0% e 31,5%. Os seguros de lucros cessantes, que integram a linha de negócio dos seguros patrimoniais, foram responsáveis pela arrecadação de R$ 352 milhões em prêmios em 2021, um crescimento de 218% em relação ao mesmo período de 2020.

Isso ainda é o começo de um excelente ano para o mercado, somado ao que vem pela frente com as novidades trazidas pela Circular 621/21, acabando com a padronização dos produtos, e a mudança na lei de licitações, dando mais amplitude às garantias. Temos várias seguradoras novas abrindo suas portas por aqui, muitos corretores se especializando em nichos diferentes, pluralidade de parcerias entre os profissionais, e a ampliação da percepção da importância dos seguros. Temos que trabalhar com foco, conscientes de que atuamos em um setor pujante e privilegiado, e estamos no começo de uma fase de muito crescimento.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo