Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Micro e pequenas empresas terão papel fundamental na retomada da economia e geração de empregos

Assunto foi discutido nesta segunda-feira (5), em webinar entre instituições financeiras, BID e governo federal

As micro, pequenas e médias empresas representam 99,5% dos negócios no Brasil e são responsáveis por mais da metade dos empregos do país, tendo, portanto, papel fundamental na recuperação da economia pós-pandemia. O tema foi discutido no webinar "MPMEs e a Recuperação Econômica: Desafios para o Setor Financeiro e o Papel do Sistema Nacional de Fomento", transmitido nesta segunda-feira (5) pela Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE). Durante o evento, também foi apresentada a monografia "Apoio às MPMEs na crise da Covid-19" - realizada em parceria entre o BID e a ABDE - e lançada a 8ª edição do Prêmio ABDE-BID.

O evento contou com três painéis de discussão, nos quais especialistas debateram as perspectivas para o futuro da economia. No primeiro, "Perspectivas do financiamento às MPMEs para a recuperação da crise da Covid-19", o presidente da ABDE, Sergio Gusmão Suchodolski, falou sobre a importância de se criarem ações para auxiliar as micro e pequenas empresas: "As MPMEs são as maiores empregadoras do país. Os 31 associados da ABDE trabalham no suporte a essas empresas, não só no crédito, mas nos fundos garantidores. Estamos sintonizados com os temais globais e atuando na última milha para dar suporte aos micro e pequenos empreendedores de todo o Brasil".

Já o ex-diretor do Banco Central e estrategista-chefe da gestora WHG, Tony Volpon, traçou um panorama entre os quadros econômicos atual e pré-crise no Brasil. Volpon explicou que, embora a situação seja preocupante, experiências internacionais apontam uma retomada acelerada após o controle da pandemia. "O exemplo mais claro disso globalmente, hoje, é os Estados Unidos. Tivemos dados do mercado de trabalho na última sexta-feira (2) em que quase 1 milhão de empregos foram criados no último mês".

O segundo painel apresentou a monografia "Apoio às MPMEs na crise da Covid-19", realizado em parceria entre o BID e a ABDE. Os expositores Rodrigo Porto e Andrej Slivnik, trouxeram um raio x sobre os impactos da pandemia nas micro e pequenas empresas e a atuação do Sistema Nacional de Fomento (SNF) para atender os microempreendedores. O estudo destaca que o SNF realizou 95 medidas específicas para as MPMEs - totalizando R$ 130 bilhões disponibilizados em 2020. Deste montante, 65% foi liberado entre abril e outubro do ano passado.

No terceiro painel - "Atuação do Sistema Nacional de Fomento no apoio às MPMEs brasileiras" -, os presidentes do BRDE, Leany Lemos, do Banco da Amazônia, Valdeci Tose, e do Desenvolve SP, Nelson Souza, explicaram as estratégias para auxiliar os microempreendedores durante a crise. "O BID mobilizou quase R$ 10 bilhões para apoiar os pequenos empreendedores no Brasil. São, de fato, muitas iniciativas, graças à parceria com a ABDE e seus associados. Conseguimos oferecer nosso apoio a todo o país com grandes parceiros e com a capilaridade que oferece o SNF", ressaltou o representante do BID no Brasil, Morgan Doyle.

Prêmio ABDE-BID 2021

Durante o evento, foi lançada a 8ª edição do tradicional Prêmio ABDE-BID - promovido pelas duas instituições com o apoio da Organização das Cooperativas Brasileiras (Sistema OCB). O objetivo é impulsionar projetos que contribuam de forma efetiva para debate sobre o desenvolvimento sustentável.

A novidade deste ano será a categoria "Diversidade: aspectos gerais e desafios para o desenvolvimento". Os artigos deverão abordar propostas, cases e avaliações de políticas públicas ou instrumentos financeiros que promovam a diversidade, a inclusão e a redução das desigualdades.

As outras duas categorias serão "Desenvolvimento em Debate" e "Sistema OCB: Desenvolvimento e Cooperativismo de Crédito". As inscrições vão até o dia 4 de julho, e os vencedores serão conhecidos em dezembro deste ano. O vencedor em cada uma das categorias receberá R$ 8 mil, e os que ficarem em segundo lugar ganharão R$ 4 mil.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

<::::::::::::::::::::>
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
<::::::::::::::::::::>
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
<::::::::::::::::::::>

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo