Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Home office será tendência no pós-pandemia e empresas estão abertas a discutir o tema

pixabay pixabay

Uma dessas empresas é a MindBe, empresa de tecnologia especializada em CX, que implantou na pandemia o sistema de home office integral e para 100% de seus funcionários. Já está pensando no formato para o pós-pandemia e, para isso, consultou seus colaboradores

Diversas pesquisas realizadas sobre tendências pós-pandemia apontam que hábitos adquiridos na pandemia, relacionados tanto aos aspectos sociais quando às relações de trabalho, devem ser mantidos integral ou parcialmente, principalmente os relacionados ao uso da tecnologia e acesso remoto.

A MindBe, empresa de tecnologia especializada em Customer Experience (CX), que também opera serviços de teleatendimento, localizada em Barueri, na grande São Paulo, está acompanhando atentamente todos esses movimentos. Na pandemia, implantou o sistema de trabalho home office em tempo integral e para 100% de seus funcionários

Passados quatro meses operando neste sistema, o resultado tem sido bastante satisfatório, inclusive, com ganho de produtividade. “Nós, na MindBe, já decidimos que no retorno voltaremos totalmente remodelados operacional e administrativamente e o home office é um dos pontos que serão levados em consideração na nova fase”, diz Vito Chiarella Neto, CEO da MindBe.

Para que o trabalho remoto funcionasse de maneira adequada, várias medidas foram adotadas, como realizar testes personalizados de todas as operações, adquirir insumos (equipamentos) para os operadores que não tinham condições técnicas de efetuar home office, e preparar um plano de ação para cada cliente, pautado em aspectos técnicos e geográficos.

Pesquisa com funcionários

No último mês de maio, a MindBe fez uma enquete com seus funcionários, de todas as áreas, para saber o que pensavam a respeito do trabalho em sistema de home office. Do universo de 500 funcionários, 72% responderam ao questionário.

Quando perguntados como viam o seu desempenho trabalhando em casa, 77% dos entrevistados respondentes disseram que se sentem mais produtivos. As razões para esta percepção podem ser corroboradas pelas respostas dadas em outros pontos, como por exemplo, sobre o suporte de infraestrutura. Sessenta por cento dos funcionários que responderam à enquete avaliaram que as condições de trabalho são boas, assim como o relacionamento com a equipe de trabalho: 49% responderam que esta relação tem sido boa e para 46% é ótima.

“A sondagem que fizemos com nossos funcionários sobre esta situação inédita que estamos vivendo integra o trabalho de acompanhamento diário que fazemos com nossos colaboradores, desde que implantamos o home office”, explica o CEO da MindBe.

Sede da MindBe, em Alphaville, Barueri, SP. Empresa está 100% em home office

Pós-pandemia

A enquete com os funcionários também teve o objetivo de saber qual a percepção da equipe com relação à continuidade do trabalho em sistema de home office no final do isolamento. Para 45% dos entrevistados, as condições são totalmente satisfatórias para continuar o home office depois da quarentena. E 57% dizem que só devem retornar ao escritório entre agosto e setembro.

“Sentir o clima dos funcionários é muito importante para pautarmos nossa estratégia de recursos humanos nestes novos tempos. Em algum momento será encerrado o isolamento social e temos que estar todos sintonizados ”, observa Chiarella.

Sobre a empresa

A MindBe é uma empresa referência em Customer Experience (CX) e Tecnologia para o conceito inovador de Design de Atendimento. Utiliza o Design Thinking como metodologia para inovar o processo na relação das empresas e marcas com o consumidor.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS