Brasil,

TOKIO MARINE SEGURADORA

Decisão sobre contribuições do Sistema S pode beneficiar empresas

Eduardo Natal, tributarista - Divulgação Eduardo Natal, tributarista - Divulgação

Na última sexta-feira, 6 de março, decisão da 1ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) limitou a 20 salários mínimos a base de incidência do salário-educação e das contribuições parafiscais, ou seja, aquelas destinadas às entidades do sistema “S”. A decisão, por unanimidade, foi para o caso de uma indústria química. Por ser uma decisão colegiada, o julgamento serve de precedente para outros casos e pode ser a abertura de um caminho positivo para as empresas desonerarem sua folha de pagamento.

“Em especial para aquelas empresas de grande porte, que calculam essas contribuições parafiscais com base na folha de salários, o que invariavelmente acaba gerando um valor que supera o teto de 20 salario mínimos”, avalia Eduardo Gonzaga de Oliveira Natal, sócio do escritório Natal & Manssur, e mestre em Direito Tributário e Direito do Estado pela PUC-SP. Segundo ele, o limite de 20 salários mínimos foi instituído pelo artigo 4º da Lei 6.950/1981, que nunca chegou a ser revogado, segundo o STJ. “Antes, havia a estipulação limitando a contribuição das empresas a dez salários mínimos. Em 1981, esse limite subiu para 20 salários mínimos. E essa limitação nunca chegou a ser revogada, na visão do STJ”.

O debate sobre a revogação do limite gira em torno do Decreto 2.318, de 1986, que aboliu o teto do artigo 4º, da Lei 6.950, para efeito do cálculo da contribuição da empresa para a Previdência Social. O entendimento do STJ, no entanto, diverge do entendimento da União, já que considera que as contribuições parafiscais não estão atreladas ao financiamento da Previdência.

As contribuições parafiscais são aquelas destinadas ao Sebrae, Incra, Sesi, Senai, Senac etc.

Embora positiva para as empresas, a questão ainda não está encerrada no judiciário. “Mas se trata de muito bom precedente, abrindo a possibilidade de empresas passarem a não ter mais que pagar valores acima do teto, além de pedirem restituição do valor pago a mais, nos últimos cinco anos”, conclui o tributarista.



Publicidade



Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...:
 
https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar e sera atendido. -  Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Comentários  

0 #1 fabio 17-03-2020 13:54
Sistema S
Citar | Reportar ao administrador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: COMENTÁRIOS com LINK são bloqueados automaticamente (COMMENTS with LINKS are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

Mais Itens ::

NEWSLETTER SEGS