Brasil, 14 de Outubro de 2019

TOKIO MARINE SEGURADORA

BTO: uma alternativa para ganhos em eficiência operacional

Por Severino Benner*

Os processos de outsourcing, ou seja, de terceirização, já estão consolidados no mercado. Um levantamento realizado pela consultoria ISG, em 2017, sobre este segmento – especialmente quando olhamos para os processos de TI – mostrou um aumento de 45% em relação ao mesmo período do ano anterior. Sendo assim, fica evidente os benefícios que muitas empresas têm percebido ao utilizar esse recurso de alto retorno para os negócios.

Existem diversas vantagens na terceirização, entre elas: redução de investimentos - tanto de capital, infraestrutura e software, quanto em treinamento -; aumento da produtividade, receita e da eficiência da operação; redução de riscos e economia de mão-de-obra efetiva. Além disso, a empresa que contrata os serviços de outsourcing mantém o foco em seu core business, ou seja, não se preocupa com distrações e decisões de outras áreas, seu objetivo fica a cargo de buscar o crescimento da organização.

Essa transformação no mercado faz com que as corporações que decidem explorar esse modelo - que otimiza a estratégia, traz eficiência e competitividade para os negócios - fiquem na dúvida de qual solução contratar, por isso, é necessário entender as opções que o mercado oferece. Duas soluções de outsourcing são a Terceirização de Processos de Negócio (BPO) e Terceirização da Transformação do Negócio (BTO). Embora ambas estejam relacionadas à terceirização, possuem conceitos diferentes.

De maneira simplificada, o BPO é quando a empresa terceiriza de forma um pouco mais sofisticada os processos internos que não estão diretamente ligados ao seu core business e se dedica exclusivamente ao que ela sabe fazer de melhor, atingindo um nível superior nas entregas ao cliente e evitando perda de mercado e impactos negativos no faturamento. Já o BTO vai além da simples terceirização, ele envolve identificar problemas na operação terceirizada e transformá-la. A partir disso, trabalha com o intuito de remodelar e automatizar para transformar os processos da empresa, buscando assim ganhos em eficiência operacional.

Vale ressaltar que um dos benefícios do BTO é que ele possui estrutura flexível e escalável em termos de pessoas, processos e infraestrutura, o que permite atender volumes variáveis de demanda. Engloba também o uso de metodologias de consultoria, tecnologias de ponta, análise de dados e workflow. Com isso, contribui com as empresas nos principais desafios que enfrentam, entre eles, eficiência operacional, redução de custos, melhoria no atendimento aos clientes, antecipação de mudanças, otimização do controle e a qualidade das operações medidas por meio de SLAs, tornando-as mais competitivas e rentáveis.

Tendo como exemplo a área de TI - que se desenvolve e evolui muito rapidamente, o que torna difícil ter uma estrutura eficiente e que ofereça agilidade e escalabilidade às operações, acompanhando as novidades em inovações e soluções -, optar por outsourcing é o ideal para empresas. Elas necessitam dos recursos, a experiência e o desejo de atualizar continuamente suas soluções tecnológicas e processos de negócio. Vale reforçar que as empresas de outsourcing têm a qualificação e experiência para propor melhorias de processo e investimentos em inovações.

Percebe-se então que o BTO vai além da entrega do BPO. Mais do que isso, é uma tendência que já está conquistando grande espaço no mercado, pois se tornou uma necessidade para a estratégia de crescimento das empresas que aderem a busca por melhorias e inovação contínuas. O último passo, após avaliar qual é a melhor solução, será escolher uma empresa qualificada para atender às suas necessidades de crescimento. É interessante avaliar cases e referências. Mas, mais do que isso, é preciso verificar como será possível receber o atendimento de maneira a ajudar sua empresa, seus clientes e consumidores a alcançarem os objetivos traçados com segurança, eficiência, precisão e alta qualidade na execução.

*Severino Benner é CEO da Benner.


Compartilhe:: Participe do GRUPO SEGS - PORTAL NACIONAL no FACEBOOK...: https://www.facebook.com/groups/portalnacional/

Separador
IMPORTANTE.: Voce pode replicar este artigo. desde que respeite a Autoria integralmente e a Fonte...  www.segs.com.br
Separador
No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que voce sera atendido. - Importante sobre Autoria ou Fonte..: - O Segs atua como intermediario na divulgacao de resumos de noticias (Clipping), atraves de materias, artigos, entrevistas e opinioes. - O conteudo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informacoes advindas das fontes mencionadas, jamais cabera a responsabilidade pelo seu conteudo ao Segs, tudo que e divulgado e de exclusiva responsabilidade do autor e ou da fonte redatora. - "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligencia para nos permitir interpretar os fatos, sem paixao". (Autoria de Lucio Araujo da Cunha) - O Segs, jamais assumira responsabilidade pelo teor, exatidao ou veracidade do conteudo do material divulgado. pois trata-se de uma opiniao exclusiva do autor ou fonte mencionada. - Em caso de controversia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietaria do Segs e desde ja renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs trata-se de uma Ferramenta totalmente automatizada e controlada por IP. - "Leia e use esta ferramenta, somente se concordar com todos os TERMOS E CONDICOES DE USO".
Separador

Adicionar comentário

Aja com responsabilidade, aos SEUS COMENTÁRIOS em Caso de Reclamação, nos reservamos o Direito, a qualquer momento de Mudar, Modificar, Adicionar, ou mesmo Suprimir os comentarios de qualquer um, a qualquer hora, sem aviso ou comunicado previo, leia todos os termos... CLIQUE AQUI E CONHEÇA TODOS OS TERMOS E CONDIÇÕES DE USO. - O Nosso muito obrigado - Ferramenta Automatizada...IMPORTANTE: Comentários com Link são bloqueados automaticamente (Comments with Links are automatically blocked.)...Sucesso!


voltar ao topo

Notícias ::

NEWSLETTER SEGS